Meu AdoroCinema
O Exorcista
Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "O Exorcista" e da sua filmagem!

O diretor da continuação

O diretor John Boorman chegou a se oferecer para dirigir O Exorcista, mas posteriormente desistiu do projeto, por considerar a história cruel demais. Ele, entretanto, aceitou dirigir O Exorcista II - O Herege (1977), lançado quatro anos depois.

Ela não acredita no demônio

A atriz Ellen Burstyn aceitou atuar em O Exorcista estabelecendo uma única condição: que sua personagem não dissesse a frase "I believe in the devil!" ("Eu acredito no demônio!"), contida no roteiro original. Os produtores atenderam o pedido e esta frase foi retirada da história.

Atrizes Cotadas

As atrizes Jane Fonda e Shirley MacLaine chegaram a ser sondadas sobre a possibilidade de interpretarem a personagem Chris MacNeil.

Mistério...

Durante as filmagens, oito pessoas da produção morreram de forma não-explicada.

A benção do padre

Eventualmente, o diretor William Friedkin consultava o Reverendo Thomas Birmingham sobre a possibilidade de exorcizar o set de filmagens. Em todas as vezes, o reverendo recusou o pedido, dizendo que isto causaria ainda mais ansiedade no elenco. Mas por diversas vezes ele visitou os sets para benzê-los e tranquilizar o elenco.

Pólo norte

O quarto onde grande parte do filme foi rodada teve que ser constantemente refrigerado, para que se pudesse capturar com exatidão a respiração gélida dos atores. Para tanto, foram usados quatro aparelhos de ar condicionado, todos ligados simultanemente.

Profissão perigosa

Na sequência em que a personagem de Ellen Burstyn é arremessada para longe por sua filha possuída, a atriz bateu violentamente com o coccix contra a cama e gritou de dor no mesmo instante. Esta cena foi filmada e mantida no filme.

Endereço do autor

O endereço do apartamento mostrado no filme foi habitado por William Peter Blatty, autor do livro (igualmente assustador) em que se baseia a história, quando ainda era um estudade da Georgetown University.

A voz do demo

Inicialmente, a voz do demônio seria da própria Linda Blair. Entretanto, após 150 horas de trabalho em cima do som do filme, o diretor resolveu substituí-la pela voz de Mercedes McCambridge que, para fazer a voz do demônio, comeu ovos crus, tomou muito álcool e fumou diversos cigarros.

A atriz McCambridge chegou a processar a Warner Bros., para que seu nome como a dona da voz do demônio entrasse nos créditos do filme.

Pioneiro do terror

O Exorcista foi o primeiro e único filme de terror a ser indicado ao Oscar de melhor filme.

Versão estendida

Foi relançado nos cinemas americanos em 2000, com uma nova cópia, som digital e 11 minutos de cenas extras inseridas ao longo do filme.

Uma série aterrorizante

O Exorcista foi o primeiro de uma série de quatro filmes baseados nos personagens. Os demais foram O Exorcista II - O Herege (1977), O Exorcista III (1990) e O Exorcista - O Início (2004).

Prêmios

OSCAR
1974
Ganhou
Melhor Roteiro Adaptado
Melhor Som

Indicações
Melhor Filme
Melhor Diretor - William Friedkin
Melhor Atriz - Ellen Burstyn
Melhor Ator Coadjuvante - Jason Miller
Melhor Atriz Coadjuvante - Linda Blair
Melhor Fotografia
Melhor Direção de Arte
Melhor Edição

GLOBO DE OURO
1974
Ganhou
Melhor Filme - Drama
Melhor Diretor - William Friedkin
Melhor Atriz Coadjuvante - Linda Blair
Melhor Roteiro

Indicações
Melhor Atriz - Ellen Burstyn
Melhor Ator Coadjuvante - Max von Sydow
Melhor Revelação Feminina - Linda Blair

Curiosidades de filmes mais lidas dos últimos 30 dias
  • Relatos Selvagens (2014)
  • Liga da Justiça (2017)
  • Thor: Ragnarok (2017)
  • O Impossível (2012)
  • Como Eu Era Antes de Você (2016)
  • Depois Daquela Montanha (2017)
  • It - A Coisa (2017)
  • Pai em Dose Dupla 2 (2017)
  • Doutor Estranho (2016)
  • Jogos Mortais: Jigsaw (2017)
  • Estrelas Além do Tempo (2016)
  • Vingadores 3: Guerra Infinita (2018)
  • Victoria e Abdul - O Confidente da Rainha (2017)
  • Pica-Pau: O Filme (2017)
  • Gosto Se Discute (2017)
  • O Quarto de Jack (2015)
  • Tempestade: Planeta em Fúria (2017)
  • Cinquenta Tons Mais Escuros (2017)
  • Uma Razão para Viver (2017)
  • A Cabana (2016)
Back to Top