Meu AdoroCinema
    Hotel Artemis
    Hotel Artemis
    Data de lançamento 13 de setembro de 2018 (1h 35min)
    Direção: Drew Pearce
    Elenco: Jodie Foster, Sterling K. Brown, Dave Bautista mais
    Gêneros Ação, Suspense, Ficção científica
    Nacionalidades EUA, Reino Unido
    Ver o trailer
    Imprensa
    2,7 15 críticas
    Usuários
    3,6 52 notas e 7 críticas
    Adorocinema
    3,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 16 anos
    Num futuro próximo, no subsolo de um hospital em Los Angeles, os criminosos mais sinistros da cidade recebem cuidados especiais. A enfermeira (Jodie Foster), que controla o lugar, acaba descobrindo que um de seus pacientes está lá para cometer um assassinato.
    Distribuidor Diamond Films
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2018
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 21 462 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Inglês, Francês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    3,5
    Bom
    Hotel Artemis

    América sombria

    por Bruno Carmelo
    Bem-vindo a um cenário estranho. Estamos na Califórnia, mas as ruas abandonadas e destruídas lembram um país pobre durante a guerra. O tempo não é o presente, mas também se encontra tão distante: 2028, dez anos à frente. O local onde se passa grande parte da ação não é um hotel propriamente dito, tampouco um hospital tradicional, e sim um lugar secreto onde são tratados apenas criminosos endinheirados e cadastrados – existem regras a seguir, afinal, mesmo entre os foras da lei. Ninguém conhece o Hotel Artemis, mas todos parecem conhecê-lo ao mesmo tempo. Apesar de ser escondido, o estabelecimento possui um enorme letreiro luminoso com vista para a rua. Durante pelo menos metade da narrativa, o diretor Drew Pearce coloca o espectador diante de uma indefinição, quase um quebra-cabeça. Somos convidados a questionar a lógica dos lugares, das pessoas, de suas motivações. Para isso, faz do...
    Ler a crítica

    Trailers

    Hotel Artemis Trailer (2) Legendado 2:26
    Hotel Artemis Trailer (2) Legendado
    6 471 visualizações
    Hotel Artemis Trailer (1) Original 2:39
    Pela web

    Elenco

    Jodie Foster
    Personagem : A enfermeira
    Sterling K. Brown
    Personagem : Waikiki
    Dave Bautista
    Personagem : Everest
    Sofia Boutella
    Personagem : Nice
    Ficha completa

    Críticas de usuários

    Rodrigo Gomes
    Crítica positiva mais útil

    por Rodrigo Gomes, em 21/12/2018

    4,0Muito bom
    Esse é um daqueles roteiros malucos, que te ganha pela originalidade, sua principal característica. Com um bom elenco ...
    Leia mais
    Nelson J
    Crítica negativa mais útil

    por Nelson J, em 25/10/2018

    1,0Muito ruim
    Filme incrivelmente chato e aborrecido. Cansativo desde o primeiro momento. Um hotel recebe criminosos feridos e há ...
    Leia mais
    Todas as críticas de usuários
    0% (0 crítica)
    43% (3 críticas)
    43% (3 críticas)
    0% (0 crítica)
    14% (1 crítica)
    0% (0 crítica)
    Você assistiu Hotel Artemis ?
    7 Críticas de usuários

    Fotos

    20 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Estreia na direção

    Primeiro longa dirigido por Drew Pearce.

    Inspiração mitológica

    O nome do hotel faz referência a deusa grega Artemis, que nasceu em segredo para que ficasse protegida da ira de Hera, a rainha dos deuses.

    Últimas notícias

    Clímax: Novo filme de Gaspar Noé ganha cartaz nacional (Exclusivo)
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    terça-feira, 4 de dezembro de 2018
    O terror dançante estrelado por Sofia Boutella chega aos cinemas brasileiros em 2019.
    "Hotel Artemis mistura conto de fadas com um filme de Michael Mann", explica o diretor Drew Pearce (Exclusivo)
    NOTÍCIAS - Entrevistas
    sábado, 15 de setembro de 2018
    A história estrelada por Jodie Foster está em cartaz nos cinemas.
    11 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Ricardo M.
      HOTEL ARTEMIS possui uma proposta não muito inovadora, mas chama a atenção pela forma como se desenrola, uma vez que utiliza o pretexto caótico da sociedade atual para se ambientar, além de apontar, ponderadamente, diversas regras enquanto desenvolve seus personagens principais, inclusive a protagonista. Isso funciona bem graças ao elenco que consegue nos conquistar pela simpatia nos momentos de humor, suspense e ação; incluindo aí a boa trilha sonora que de atual não tem nadaOs curiosos nomes dados aos personagens/quartos refletem muito do estilo de agir de cada um, ou mesmo o que representam, tornando um aperitivo a mais para os mais atentos. Apesar da história ilógica na maior parte do tempo, toda a situação cria sentido a partir da segunda metade, deixando a costura ser feita e laços desfeitos, culminado em um desfecho com possibilidade de continuação. Embora seja rotulado como longa de ação, este item poderia ser melhor aproveitado com uma duração maior do filme, já que a única boa cena é protagonizada pela ótima personagem de Sofia Boutella em um corredor.
    • Andries Viljoen
      A sensação é de imenso desapontamento e não faltam motivos para isto: a premissa era extremamente original, transportando o espectador a um hotel especializado em curar os mais perigosos bandidos; o contexto futurista também era notável em como reproduzia a revolução de 1992 em Los Angeles (sobre a violência policial contra a população negra), porém agora por causa da privatização da água; o elenco é um misto de nomes sólidos e consagrados (Jodie Foster e Jeff Goldblum) com talentos em ascensão (Dave Bautista e Sterling K. Brown).Com tanto a seu favor, é até compreensível a dedicação do diretor estreante Drew Pearce em retratar aquela cidade 10 anos no futuro e o funcionamento do hotel durante o primeiro ato, mas não o restante: uma preparação sem fim para um clímax que nunca acontece (ou melhor, que termina rápido demais) e personagens e relacionamentos superficiais que não mexem com o espectador em face a suas consequências. Não existe prazer, por exemplo, em assistir à breve exibição do talento marcial de Sofia Boutella, a determinação de Dave Bautista em proteger o hotel título e a recordação chorosa de Jodie Foster sobre algo que toca sua emoção, é verdade, mas não a nossa.Sem contar também que as ações paralelas desenvolvidas parecem dessincronizadas em um esforço fútil do roteiro em tentar amarrar, e recorde onde Zachary Quinto estava antes de encontrar Waikiki e a Enfermeira. A frustração típica de uma boa ideia mal planejada e executada.
    • Andries Viljoen
      HOTEL ARTEMIS (2018) não é simplesmente um hotel, é um hospital para criminosos. Mas só para os associados que pagam esse plano de saúde. E desde que não quebrem nenhuma das regras da Enfermeira, a responsável por manter o estabelecimento em pleno funcionamento há 22 anos, que contraditoriamente carrega, em uma mão, um tablet super tecnológico, e em outra, um toca-fitas portátil com uma seleção de músicas dos anos 70 para ninguém botar defeito. Algo bem parecido ao luxuoso abrigo de malfeitores de John Wick, Hotel Artêmis traz Jodie Foster de volta.
    • Andries Viljoen
      Esse Hotel Artêmis tem uma clara inspiração no hotel Continental do filme de John Wick, tem as mesmas regras como não poder entrar armado, trata de criminosos, poderia ser até um Spin Off , a diferença e que Artêmis e praticamente um hospital futurista para bandidos. O elenco e muito bem encabeçado, começando pela Enfermeira interpretada pela Jodie Foster, que sofre de Agoraphobia (medo de sair do lugar) e vive aprisionada ao Artêmis, o legal que todos tem nomes de pontos turísticos, e o mais engraçado e o apelido do personagem do Dave Bautista, Everest, que ajuda a enfermeira. O filme só carece de um pouco mais de ação, vc espera uma grandiosa cena com o desenrolar do filme, mas ele fica sempre no quase, tirando uma cena bem coreografada da Sofia Boutella que interpreta a Nice, onde ela luta sozinha contra uma gangue no corredor, por ter sido bailarina , ela consegui com muita plasticidade se esgueirar pelo corredor estreito. Hotel Artêmis e um filme bacana, que faltou um pouco de ação nas horas exigidas.don't you fucking cross my line.Drew Pearce conseguiu um feito sensacional. Juntar Jodie Foster, Jeff Goldblum, Zachary Quinto, Charlie Day e Sterling K. Brown, entre outros, para o seu filme de estreia como diretor já seria algo incrível por si só. Fazer isso para contar uma história original, no cenário lotado dos cinemas de hoje, e ainda conseguir uma distribuição grande, então, é digno de muito reconhecimento.Sendo assim, que bom que Hotel Artêmis consegue ser um filme envolvente, divertido e tenso, como se propõe a ser. O cenário futurista é instigante, os personagens são bem construídos (dentro do tempo do filme, que é curto), a tensão se desenrola de forma natural, e as cenas de ação e os diálogos mostram um conforto com a direção que não é comum em diretores de primeira viagem.Hotel Artêmis pode não ser memorável e inesquecível, mas é uma grata surpresa e uma boa variação para quem sempre reclama de só haverem remakes e continuações passando nos cinemas.Tinha tudo para ser um ótimo filme, perfeito até, então continuaram a adicionar mais dramas irrelevantes para história, como toda a história de background da enfermeira, e continuaram e continuaram e no fim, simplesmente um filme mediano que tinha tanto potencial! Tudo que precisavam era deixarem ele mais simples e sem historinhas de fundo para transformarem bandidos e assassinos em mocinhos com consciência pesada! Caracas até o chefe da cidade começa a contar seus podres!!!!A ideia é boa, acontece que a execução está longe disso! Apesar da cenografia e atuação da Jodie Foster excelentes, fiquei decepcionada. Esperava que o roteiro fosse melhor e mais explorado, a fotografia também deixou a desejar. O importante é lembrar que... Sofia Boutella é diferente! Essa mulher é uma máquina de atuar! Que poder que essa mina tem! Ela arrebenta na atuação!A ideia de Hotel Artêmis funcionar como um hospital , para criminosos é interessante e criativa , mas o resultado é catastrófico . São personagens demais e sub-tramas demais, sem desenvolvimento e finalização , perdidos no meio do caos de uma Los Angeles futurista , semi-apocaliptica . A proposta para que os contraventores não precisassem ir para hospitais convencionais e correr o risco de serem presos , mesmo com a escassez de água , acaba escorrendo pelo ralo , porque são mortos dentro do local ultra secreto e de segurança máxima , onde pagaram altíssimo preço por sigilo , segurança e tecnologia de alta definição . Fatores bem reais no nosso tempo presente . Judie Foster é uma atriz maravilhosa , mas não esteve em sua melhor performance, seu personagem estava muito caricato e repetiu a mesma fobia de seu personagem em Nim's Island . É consequência desse tipo de originalidade, que os blockbusters e as franquias acabam se multiplicando e caindo no agrado do público .O filme se arrasta em sua trama, com diálogos e cenas desnecessários, alguns personagens que não acrescentam nada e o filme se passar quase todo num mesmo ambiente, que não é vistoso, se torna quase claustrofóbico. Uma ideia bem genial que se desenvolve fracamente porém com ótimo atores e uma ótima trilha sonora em um background que nada afeta na história o que demonstra mais uma vez a qualidade ruim do roteiro.Assistir um filme que tem um cenário bem misterioso, e personagens que agrada num primeiro momento, mas que no fim acaba sendo bem mais fraco do que aparentava. O começo do filme mostra uma situação um tanto tensa num futuro quase apocalíptico, mesmo que a justifica para isso seja bem simples, rasa e até um tanto sem importância para o filme, o ato inicial é que leva o protagonista para o Hotel. Logo o Hotel se torna o principal cenário do filme, os poucos personagens são apresentados, e muito bem apresentados, todos são bandidos de uma forma ou outra, e tem segredos que o filme parece deixar bem no mistério, tudo parecia levar a uma mistura de desconfianças e antigas atitudes que deveriam ficar somente no passado. Tudo é bem sinistro, com certa violência e tudo é regrado. E nesse ponto que o filme começa a mostrar problemas. As regras, que limitam os personagens não são claras, parecendo que eles podem fazer qualquer coisa, ou nenhuma coisa, é muito implícito até as reviravoltas começarem. Muitos mistérios do passado são fracamente explicados, não há uma forte identificação com o presente, e todo mistério sobre os motivos que levaram todos ao Hotel parecem vazios ou quase inúteis para o roteiro. Cenas de ação tomam cerca do ambiente e a porrada come solta, mesmo que isso signifique quebrar as regras, seja lá quais forem. O final do filme acaba deixando um sentimento de que tudo foi resolvido de qualquer forma, com ou sem todas as mortes esperadas, e com os principais personagens seguindo seus destinos, não ligando muito bem todo o mistério inicial com as soluções apresentadas. No geral, um filme que introduz bem um clima de mistério, suspense, segredos e tensão, mas que acaba se resolvendo de formas muito simples, quase sem empolgação, e parece que tudo não passou de uma simples aventura dentro de um Hotel macabro.Cheio de estilo. Hotel Artemis é visualmente lindo, bem fotografado, dirigido, com um design de produção elegante e futurista na medida, além de bons segmentos na ação, porém fica nisso. Tudo fora disso não funciona, o roteiro e suas subtramas desnecessárias, a falta de clímax e um desenvolvimento e claro os personagens desinteressantes. Porém, Sofia Boutella e Jodie Foster carregam esse filme nas costas, suas personagens funcionam e tem um arco bom, girl power! O resto do elenco fica só na promessa mesmo. O longa de Drew Pearce não é ruim, porém é apático e sem sal, falta algo, falta clímax, é mais um distopia bonitaUma boa ideia, acontece que muito mal executada e planejada. Igual ao Esquadrão Suicida então... trailer espetacular, já o filme...Badass!
    • Senhor Ivan
      Filme bonito de se ver.Diferente de tudo aquilo que o tema já ofereceu.Traz drama,comédia e ação na medida certa.Personagens divertidos,destaco a presença de Jodie Foster,Sterling Brown e Dave Bautista.No mais,a trilha sonora é amável.>Assistido em 04 de Outubro de 2018-Dou nota 6/10
    • Luiz Ant?nio N.
      Em um futuro próximo, no subsolo de um hospital em Los Angeles, os criminosos mais sinistros da cidade recebem cuidados especiais. A enfermeira, que controla o lugar, acaba descobrindo que um de seus pacientes está lá para cometer um assassinato.Muito bom principalmente para quem gosta de filme com muita violência e um clima de mistério, fora que a Jodie Foster da um show nesse filme, achei muito bom ⭐⭐⭐
    Mostrar comentários
    Back to Top