Meu AdoroCinema
A Era do Gelo: O Big Bang
Nota média
2,7
17 publicações
  • Veja
  • Almanaque Virtual
  • CineClick
  • Cinepop
  • Cineweb
  • Folha de São Paulo
  • O Globo
  • Quarto Ato
  • Télérama
  • Variety
  • Zero Hora
  • Critikat.com
  • Omelete
  • Preview
  • Rubens Ewald
  • Screen International
  • The Hollywood Reporter

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

17 críticas da imprensa

Veja

por Maria Carolina Maia

Mais um filme da pré-histórica franquia de animação da Fox? Sim, e acredite: mais uma chance de dar boas risadas com a criançada. Em "A Era do Gelo: o Big Bang", quinto episódio da série, um meteoro ameaça destruir a Terra...

A crítica completa está disponível no site Veja

Almanaque Virtual

por Filippo Pitanga

O colorido agregado pelos cristais dos meteoritos trazem uma nova gama cromática para os desenvolvedores visuais da franquia, e os efeitos especiais da animação continuam muito belos, cada vez mais precisos em pêlos e expressões dos personagens.

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

CineClick

por Iara Vasconcelos

O que faz de "A Era Do Gelo 5: O Big Bang" pouco inspirado são as referências a outras animações recentes. [...] O ritmo também é um problema. O mote principal, que é a descoberta do meteoro mortal, demora muito para ser abordado, e é aí que a trama pode falhar em prender o espectador.

A crítica completa está disponível no site CineClick

Cinepop

por Allan Barbosa

Mesmo que já não tenham mais tanta graça, os personagens ainda são cativantes. As cenas de Sid e seu interesse amoroso podem causar algumas boas risadas. Sendo assim, [...] não chega nem perto de ser tão interessante quanto o primeiro filme e pode até agradar seu público alvo...

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Cineweb

por Nayara Reynaud

O tom pastelão permeia as constantes piadas lançadas por quase todos os membros do elenco [...]. Para ajudar, a versão nacional recorre a um ostensivo leque de gírias do momento que torna a dublagem forçada e, possivelmente, datada.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Folha de São Paulo

por Thales de Menezes

O mais incrível é que as coisas se encaixam, e a trama corre o risco de fazer sentido depois de uma hora e meia. Algo tão descontrolado e porra-louca que nunca entrará para a lista de animações memoráveis desta era. Mas é realmente engraçado.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

O Globo

por Marcelo Janot

Falta ao filme um roteiro um pouco mais bem desenvolvido, que forneça um atrativo também para os adultos, como costumamos ver em animações. Por outro lado, as crianças não terão do que reclamar do ótimo uso do 3-D e do visual ultracolorido...

A crítica completa está disponível no site O Globo

Quarto Ato

por Gabriel Amora

A animação consegue em 100 minutos elevar ao trabalho de exaustão por uma quantidade absurda de piadas que se repetem. [...] Por fim, o Big Bang se diverte com a sua família, especialmente com o Julian, o mamute namorado da Amora. Apesar de ser só mais um passatempo bastante descompromissado.

A crítica completa está disponível no site Quarto Ato

Télérama

por Cécile Mury

Scrat ainda é bastante engraçado, em variações hilárias relacionadas à gravidade artificial [...]. O resto não está à altura de seu potencial burlesco. Entre piadas velhas e repetidas e uma história forçada, a era do gelo chega ao fim.

A crítica completa está disponível no site Télérama

Variety

por Owen Gleiberman

Este filme até pode ser uma forma simples de entretenimento no panorama geral, mas foi feito com uma alegria tão barulhenta que nos contagia de forma positiva.

A crítica completa está disponível no site Variety

Zero Hora

por Roger Lerina

A principal sensação que fica ao final de "A era do gelo: O Big Bang" [...] é a de esgotamento. [...] Em meio à falação sem fim de uma fauna de criaturas secundárias, O Big Bang só encontra alguma graça no silencioso Scrat e sua obsessão pela avelã inalcançável...

A crítica completa está disponível no site Zero Hora

Critikat.com

por Ursula Michel

Da preocupante superficialidade narrativa que leva à monotonia e à repetição, "A Era do Gelo 5" não ousa em nada: nem levar os heróis para uma grande fantasia, nem evoluir os arquétipos, muito menos tentar estabelecer uma relação entre as duas tramas.

A crítica completa está disponível no site Critikat.com

Omelete

por Marcelo Forlani

O roteiro não tem nada de inovador. Recicla ideias já discutidas à exaustão em programas de auditório e sitcoms, mas é rodeado de algumas boas situações, principalmente nos esquetes estrelados por Scrat...

A crítica completa está disponível no site Omelete

Preview

por Edu Fernandes

Com tanta coisa acontecendo, os vilões têm a profundidade de um pires. [...] Aos trancos e barrancos, a animação se desenrola na esperança de um sexto longa. Em uma época em que tantas sequências não-requisitadas são realizadas, não seria bizarro mais uma aventura glacial.

A crítica completa está disponível no site Preview

Rubens Ewald

por Rubens Ewald Filho

Enfim, a sensação  de cansaço já se instalou e explica porque repetem as gags cada vez mais rápidas e recicladas. [...] O novo episódio da série começa como de costume com um prólogo com o Scrat perseguindo sua noz através do espaço sideral...

A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald

Screen International

por Michael Thurmeier

"A Era do Gelo: O Big Bang" é um filme 3D barulhento e colorido que acerta com piadas pastelão e uma aconhegante comédia familiar, mas falha em fazer rir de verdade e em atingir um drama verdadeiro.

A crítica completa está disponível no site Screen International

The Hollywood Reporter

por Michael Rechtshaffen

[...] o mamute Manny, no fim do filme, diz "isso não está funcionando". Esse é um sentimento que provavelmente será compartilhado pela maior parte do público que assistir a este frustrante e caótico quinto filme de uma franquia de animação de grande sucesso.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top