Meu AdoroCinema
Perdido em Marte
Vídeos
Créditos
Críticas dos usuários
Críticas da imprensa
Críticas do AdoroCinema
Fotos
Filmes Online
Curiosidades
Bilheterias
Filmes similares
Notícias
Média
4,5
2381 notas e 171 críticas
30% (52 críticas)
51% (87 críticas)
13% (23 críticas)
3% (5 críticas)
2% (4 críticas)
0% (0 crítica)
Você assistiu Perdido em Marte ?

171 críticas do leitor

Adilson J.
Adilson J.

Segui-los 2 seguidores Ler as 5 críticas deles

4,5Ótimo
Enviada em 27/10/15

Diferentemente dos últimos dois blockbusters de ficção científica (os ótimos 'Gravidade' e 'Interestelar'), 'Perdido em Marte' faz uso de um gênero incomum em filmes deste tipo: a comédia. Matt Damon está incrível e Ridley Scott é mesmo um gênio. A fotografia também merece destaque.

Priscila N.
Priscila N.

Segui-los 0 seguidor Ler as 12 críticas deles

5,0Obra-prima
Enviada em 21/11/15

Perfeito! Simplesmente o melhor filme do ano. Nota mil! Quem ainda não assistiu, tem que correr pra assistir antes que saia do cinema. Muito bom! Amei

Tassiana
Tassiana

Segui-los 3 seguidores Ler as 41 críticas deles

4,5Ótimo
Enviada em 30/10/15

Embora com muito sarcasmo, com certeza um mecanismo de defesa, Matt Damon consegue passar seu drama ao espectador! Considerando a parceria entre o estúdio e especialistas de várias áreas, além de um roteiro aprovado pela Nasa, e diante da certeza de que existe água em Marte, “Perdido em Marte” é providencial. É muito bom rever Ridley Scott dando a volta por cima (quase uma redenção após tantos fracassos!), especialmente em parceria com Matt Damon, um ator que tem carisma, sabe o que faz e nos convence na pele de Mark Watney com inteligência, concentração e senso de humor. O filme consegue prender a atenção do início ao fim (bom ouvir Starman!), instigando nossa curiosidade. Ao contrário de “Blade Runner”, aqui a tecnologia e a ciência se unem pela salvação. E como diria Bowie na música, “There's a starman waiting in the sky”. Filmaço!

Rodrigo R.
Rodrigo R.

Segui-los 5 seguidores Ler as 60 críticas deles

3,0Legal
Enviada em 03/02/17

Um ótimo elenco e uma produção bem caprichada. Achei a história bem pobre e com conteúdo previsível. Como na grande maioria dos filmes do gênero muita marmelada, situações absurdas acontecem e chega a ser engraçado em certos momentos como por exemplo o personagem de Matt Damon (Mark Watney) plantando e colhendo "batatas" em Marte. Enfim uma série de coisas que não fazem sentido nenhum e um final totalmente clichê, mais no geral legalzinho pra assistir em um Sábado ou Domingo de tarde.

Paulo Renato R.
Paulo Renato R.

Segui-los 22 seguidores Ler as 51 críticas deles

5,0Obra-prima
Enviada em 23/10/15

Emocionante e divertido,The Martian marca o retorno triunfal de Ridley Scott.Após uma tempestade inesperada,Mark Watney acaba ferido e dado como morto,sendo deixado no isolado planeta,tendo então que aprender a sobreviver em um mundo onde nada cresce. Acompanhado de uma trilha sonora nostálgica e muito bem mixada,a trama segue fluida e bem desenvolvida,juntamente com a melhor atuação de Matt Damon em toda sua carreira,onde o ator apresenta a decadência e os efeitos da solidão no personagem. Com cenários maravilhosos e um 3d que realmente funciona,chega a impressionar o filme não ter saído em Imax,o que deixaria a imersão desse universo ainda mais envolvente.Enfim,temos aqui o retorno triunfal do grandioso Ridley Scott,que não têm trabalhado com projetos muito promissores ultimamente. Recomendadissimo!

http://movie-company.blogspot.com.br/2015/10/critica-filme-perdido-em-marte.html

Kamila A.
Kamila A.

Segui-los 102 seguidores Ler as 341 críticas deles

4,0Muito bom
Enviada em 19/10/15

Um dos grandes questionamentos da humanidade é sobre a possibilidade da existência de vida em outros planetas. Eu acredito que exista essa possibilidade. Não somente por causa da recente descoberta feita por cientistas da NASA de evidências que nos fazem crer que exista água em Marte. Mas, principalmente, porque o mundo lá fora é muito mais evoluído do que o nosso. Para os céticos de plantão, mais uma evidência, desta vez ficcional: tudo o que o astronauta Mark Watney (Matt Damon) passa no decorrer do filme Perdido em Marte, dirigido por Ridley Scott. Durante uma missão a Marte, Watney é deixado para trás por sua tripulação após ser dado como morto depois de ser “levado” por uma tempestade de areia. Num planeta hostil, com poucos recursos (uma vez que ele tem plena ciência de que existe uma remota possibilidade de ele ser resgatado pela NASA, de que o módulo no qual ele se encontra pode enfrentar dificuldades de funcionamento e que as suas provisões irão acabar), Mark usa toda a sua criatividade e perspicácia para sobreviver. Neste ponto, é interessante fazer um adendo. A jornada pessoal vivida por Mark Watney, após passar por uma experiência de quase-morte, em um local completamente isolado, sem a certeza de ser resgatado, é algo muito parecido com o que Chuck Noland (Tom Hanks) viveu em “Náufrago”, filme dirigido por Robert Zemeckis. Ambos, quando confrontados com uma situação extremamente delicada, têm que descobrir, internamente, a sua força mental e física interior, de forma a continuarem a lutar pela sua sobrevivência. E são justamente esses elementos que refletem nos pontos altos de seus respectivos filmes: as atuações de seus atores principais. Entretanto, em Perdido em Marte, não é só Matt Damon que brilha. Ridley Scott fez um filme – surpresa! – com um senso de humor bastante único e peculiar. O roteiro escrito por Drew Goddard com base no livro de autoria de Andy Weir consegue equilibrar muito bem o que Watney vive com o que acontece com quem ficou aqui na Terra, tendo que tomar todas as decisões para tentar trazê-lo de volta são e salvo. Ou seja, o longa é tão emocionante e intrigante nos seus diversos cenários, seja na nave capitaneada por Lewis (Jessica Chastain); seja no planeta vermelho, para onde vão os corajosos como Watney que desejam viver uma experiência imperdível na vida de qualquer pessoa; seja dentro das salas de trabalho da NASA, onde cientistas do mundo inteiro trabalham, diuturnamente, com o objetivo de tentar responder ao questionamento que levantamos no início do nosso texto.

http://cinefilapornatureza.com.br/2015/10/20/perdido-em-marte/

elias j.
elias j.

Segui-los 0 seguidor Ler as 10 críticas deles

4,5Ótimo
Enviada em 19/10/15

Excelente filme para quem gosta de ficção científica. Apresenta também um lado cômico divertido. Excelente roteiro e fotografia e para finalizar mais uma excelente atuação de Matt Damon. Recomendo.

Calebe P.
Calebe P.

Segui-los 8 seguidores Ler a crítica deles

5,0Obra-prima
Enviada em 18/10/15

Perdido em Marte, é um excelente filme que demonstra uma realidade que nós ainda não conhecemos, ao demonstrar um outro planeta, em um outro ambiente desconhecido para nós, o filme tem apenas uma justificativa para acontecer, porém os acontecimentos são incríveis e muitos emocionantes, que mostra como um homem não desiste da vida facilmente e tenta sobreviver mesmo várias coisas dando errado, recomendo esse ótimo filme.

CRAFontes
CRAFontes

Segui-los 7 seguidores Ler as 68 críticas deles

3,5Bom
Enviada em 07/10/15

"Como diz a piada que está correndo a internet, depois de O Resgate do Soldado Ryan, Interestelar e com este Perdido em Marte, Matt Damon comprova que ele dá muito trabalho pra ser resgatado! Neste filme, ele é Mark Watney, um astronauta que é dado como morto após um procedimento de abortamento de missão em meio a uma tempestade de areia no Planeta Vermelho e deixado para trás." (continuação no link)

http://pitacoscinematograficos.blogspot.com.br/2015/10/perdido-em-marte.html

Paulo F.
Paulo F.

Segui-los 5 seguidores Ler a crítica deles

4,0Muito bom
Enviada em 05/10/15

Muito bom recomendo como um excelente filme pra se distrair. Durante a narrativa alternam-se momentos de tensão e de humor. Trata-se de uma homenagem à criatividade e coragem da humanidade. Para os aficionados pela ciência sentem-se, relaxem e divirtam-se. Esqueçam que não havendo atmosfera nem água em Marte, não poderia haver vento, nuvens e relâmpagos, um deslize dos produtores.

Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top