Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Um Limite Entre Nós
Nota média
3,6
31 publicações
  • Cinepop
  • Washington Post
  • Boston Globe
  • Cinema com Rapadura
  • Cineweb
  • Collider
  • Estado de São Paulo
  • New York Times
  • O Globo
  • Papo de Cinema
  • Preview
  • Rolling Stone
  • Rubens Ewald
  • Screen International
  • The Guardian
  • CineClick
  • Cinemação
  • Observatório do Cinema
  • Almanaque Virtual
  • Ccine10
  • Chicago Sun-Times
  • Cinema em Cena
  • Cineplayers
  • Folha de São Paulo
  • Screen Rant
  • Télérama
  • The Hollywood Reporter
  • The Playlist
  • Variety
  • Veja
  • Critikat.com

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

31 críticas da imprensa

Cinepop

por Raphael Camacho

"Cercas" possui cerca de 140 minutos, e praticamente nem sentimos. Podemos dizer que é um teatro filmado, com poucos cenários e impactantes diálogos. É uma história forte, muito bem escrita e com atuações espetaculares de dois dos melhores atores norte-americanos em atividade. Bravo!

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Washington Post

por Ann Hornaday

Ecoando tanto uma sabedoria antiga quanto uma urgência firme, "Um Limite Entre Nós" parece ser filme criado há eras atrás para o momento que vivemos agora.

A crítica completa está disponível no site Washington Post

Boston Globe

por Ty Burr

Como diretor e dramaturgo visual, Denzel Washington poderia ter aberto muito mais a peça do que ele faz para o cinema. E, de fato, isso teria arruinado o material. "Um Limite Entre Nós" permanece, literamente, perto do lar...

A crítica completa está disponível no site Boston Globe

Cinema com Rapadura

por Diogo Rodrigues Manassés

A alegoria é brilhante, o que justifica o título original, em detrimento do brasileiro. O acerto no desfecho lírico é o encerramento que a fita merece, após uma sessão em que o espectador acompanha um roteiro soberbo interpretado por um excelente elenco.

A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

Cineweb

por Neusa Barbosa

Neste duelo sutil entre marido e mulher de longo tempo, arma-se todo um contexto histórico e social das relações entre homens e mulheres naqueles dias, confrontados com um contexto racial e social desfavorável.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Collider

por Matt Goldberg

Washington é sempre excelente interpretando personagens complicados. Embora ele brilhe nos papéis de ação, seus personagens mais memoráveis são aqueles moralmente questionáveis. [...] Mas nada disso funcionaria sem Davis para interagir com ele.

A crítica completa está disponível no site Collider

Estado de São Paulo

por Luiz Fernando Zanin Oricchio

Uma imersão muito intensa no proletariado afro-americano daquela época. Troy Maxson é essa encruzilhada de contradições. Sofre o apartheid de classes com acréscimo do racismo; seus valores, no entanto, são os do sucesso e, diríamos hoje, da “meritocracia”.

A crítica completa está disponível no site Estado de São Paulo

New York Times

por A. O. Scott

[...] "Um Limite Entre Nós" é muito mais do que teatro filmado. Denzel Washignton, como diretor, sabiamente resistiu à tentação de forçar muitos elementos cinematográficos sobre a peça.

A crítica completa está disponível no site New York Times

O Globo

por Daniel Schenker

Denzel Washington propõe ao espectador o exercício de escuta da boa e verborrágica peça de Wilson. Assume a base teatral ao valorizar o texto e as atuações e ambientar a trama em espaços reduzidos. Mas poderia ter radicalizado essa linha.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Papo de Cinema

por Matheus Bonez

Ainda que a direção de Washington preze demais pelo roteiro e deixe de lado uma decupagem cinematográfica mais aprofundada, a alma do filme são os personagens. Por isso, o elenco não poderia ser menos afinado do que está, especialmente por Washington e, mais ainda, Viola Davis.

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

Preview

por Suzana Uchôa Itiberê

É o terceiro longa dirigido por Denzel Washington, que desta vez não escapa dos enquadramentos teatrais na transposição da peça para o cinema. Em compensação, o texto é primoroso e rende diálogos intensos.

A crítica completa está disponível no site Preview

Rolling Stone

por Peter Travers

O trabalho soberbo de Washington e Viola e a força poética de Wilson transformam este filme sobre as dores do ser humano e da comunidade negra norte-americana nos anos 1950 em uma experiência vital.

A crítica completa está disponível no site Rolling Stone

Rubens Ewald

por Rubens Ewald Filho

Há, porém problemas. O filme é teatro filmado e nem tenta disfarçar isso. É longo demais com 2 horas e 19, sem alívios cômicos e ainda por cima tem uma pequena conclusão final. Até para mim que já tinha visto a peça [...], me deu a impressão de que haviam feito uma versão mais longa.

A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald

Screen International

por Tim Grierson

[...] "Um Limite Entre Nós" é um tratado profundamente emocionante sobre casamento, pobreza e os esforços que os filhos precisam fazer para confrontar as longas sombras dos homens que os trouxeram ao mundo.

A crítica completa está disponível no site Screen International

The Guardian

por Catherine Shoard

Uma cinematografia imersiva e escapismo de cinema não estão em debate aqui. Este filme é construído como um demonstrativo das habilidades de seus protagonistas e, visto por esse ângulo, é perfeito.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

CineClick

por Daniel Reininger

Um filme repleto de poderosos diálogos e monólogos, mas que parece demais uma peça filmada. Ao invés de aproveitar as ferramentas que o cinema disponibiliza para proporcionar uma visão maior da história, a produção acaba presa ao formato teatral e sua estrutura se mostra desinteressante.

A crítica completa está disponível no site CineClick

Cinemação

por Daniel Cury

“Um Limite Entre Nós” possui atuações primorosas.  Considerando que é praticamente um teatro filmado, e o teatro é a grande “arte do ator”, o filme não poderia seguir por outro caminho.

A crítica completa está disponível no site Cinemação

Observatório do Cinema

por Giovanni Rizzo

Uma obra em que sua força reside muito mais nas palavras que são pronunciadas do que nas imagens que são construídas. […] O filme é estruturado em torno das atuações, de como essas interações surgem na tela.

A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

Almanaque Virtual

por Ana Carolina Garcia

Viola Davis é a coadjuvante que engole a tudo e a todos a cada cena, transmitindo para o espectador a força e a dor de sua personagem sem perder a doçura de sua essência. Com isso, Davis ofusca até mesmo Denzel Washington.

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

Ccine10

por Pedro Vieira

Washington e Davis conseguem brilhar na tela […] Apesar do ótimo elenco, o filme encontra seu grande problema no momento de criar uma atmosfera para a execução de sua narrativa, fazendo-a saltar do melodrama para o quase cômico em diversos momentos.

A crítica completa está disponível no site Ccine10

Chicago Sun-Times

por Richard Roeper

O que funciona: os diálogos brilhantes e a intesidade crua das performances. É um privilégio assistir ao trabalho de Denzel Washington e Viola Davis.

A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

Cinema em Cena

por Pablo Villaça

Desafiando o público a acompanhar por mais de duas horas um protagonista imperfeito, frequentemente frustrante e sempre ressentido, "Um Limite Entre Nós" pinta um retrato difícil de um homem incapaz de reconhecer o que de bom possui e que, no processo, impede que aqueles ao seu redor tampouco o façam.

A crítica completa está disponível no site Cinema em Cena

Cineplayers

por Rafael W. Oliveira

"Um Limite Entre Nós" serve perfeitamente como ponte para que o elenco, ou melhor, para que Washington se banhe em sua facilidade para dominar um texto que já é de seu conhecimento, e em menor escala, para que Viola Davis brilhe nos poucos instantes em que algo lhe é dado.

A crítica completa está disponível no site Cineplayers

Folha de São Paulo

por Ricardo Calil

O filme é uma mistura muito hábil de drama racial e doméstico, mostrando como as feridas causadas pelo racismo dividiram não apenas uma nação como também muitas famílias negras.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Screen Rant

por Sandy Schaefer

Washington e Davis estão muito confortáveis em seus respectivos papéis aqui, permitindo construir atuações cheias de nuances. [...] Mas "Um Limite Entre Nós" tem dificuldade em construir uma história tão poética e marcante no cinema quanto era nos palcos.

A crítica completa está disponível no site Screen Rant

Télérama

por Samuel Douhaire

A direção lembra muito, infelizmente, o teatro filmado. Tagarela demais, longo demais, "Um Limite Entre Nós" é salvo pelos papéis secundários: Viola Davis impressiona como esposa ridicularizada. A sutileza de Jovan Adepo e Russell Hornsby traz um belo contraponto à afetação de Washington.

A crítica completa está disponível no site Télérama

The Hollywood Reporter

por Todd McCarthy

"Um Limite Entre Nós" é uma adaptação emocionante, fiel e impecavelmente interpretada da celebrada peça de August Wilson [...] Mas se uma representação direta de todo o drama e emoção de uma peça de teatro faz bom cinema é outra questão...

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

The Playlist

por Rodrigo Perez

Esta é essencialmente uma peça de teatro filmada, estática, e talvez uma das adaptações menos cinematográficas a chegar aos cinemas nos últimos anos, o que é uma pena vista a quantidade de talentos envolvidos.

A crítica completa está disponível no site The Playlist

Variety

por Owen Gleiberman

"Um Limite Entre Nós" possui passagens fortes e emocionantes, mas, na tela, a peça acaba sendo adaptada como algo muito episódico e um pouco esquisito.

A crítica completa está disponível no site Variety

Veja

por Miguel Barbieri Jr.

Embora longo (mais de duas horas!) o drama toca, como pano de fundo, na questão da segregação racial e investe suas fichas num enérgico acerto de contas entre marido e mulher.

A crítica completa está disponível no site Veja

Critikat.com

por Fabien Reyre

"Um Limite Entre Nós" é, formalmente pelo menos, o que se poderia esperar de pior desse tipo de adaptação: uma longa, longuíssima peça de teatro filmada que, depois da introdução nas ruas de Pittsburgh, apresenta apenas uma interminável sucessão de batalhas verbais.

A crítica completa está disponível no site Critikat.com
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top