Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Need for Speed - O Filme
    Média
    4,3
    1224 notas e 141 críticas
    distribuição de 141 críticas por nota
    56 críticas
    32 críticas
    29 críticas
    17 críticas
    5 críticas
    2 críticas
    Você assistiu Need for Speed - O Filme ?

    141 críticas do leitor

    Cleivson F.
    Cleivson F.

    Segui-los 10 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 27 de fevereiro de 2014
    Sou viciado em filme de velocidade, e sou viciado nos games de Need For Speed. O conjunto dos dois foi a melhor coisa que poderia acontecer, to louco pra assistir esse filme e sei que vai ser um ótimo filme.
    Fernando D.
    Fernando D.

    Segui-los 4 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 14 de julho de 2014
    Corrida, muita corrida e batidas bem feitas. Disso se trata o filme e muitos momentos irreais de comédia que me levam a descrever o filme como o melhor de corridas clandestinas de todos os tempos. Que me perdoe Fast and Furious, mas Need for Speed mostrou a que veio. Não adianta críticos darem notas baixas, se os usuários sempre estão colocando o filme como ótimo.
    Mateus B.
    Mateus B.

    Segui-los 2 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 26 de outubro de 2013
    Deve ser o melhor filme de corrida do mundo! Nota 5 muito bom!
    Thiago A.
    Thiago A.

    Segui-los 4 seguidores Ler as 2 críticas deles

    5,0
    Enviada em 22 de março de 2014
    Grande filme de corrida, e grande adaptação de uma franquia mais do que consagrada Need for speed. Assisti o filme em 4D e assisti sorrindo até os créditos finais, pois foi tudo que esperei ver, super carros, cenarios paradisiacos, perseguição policial.E tudo muito bem feito, você sente que o filme não é genérico. Quanto a história, achei boa e sincera, nada de roubo, ou provar quem é melhor, e sim uma vingança justa. E o melhor de tudo é que o filme em nenhum momento se segura em cenas picantes, mulheres semi nuas, cenas de tiroteio, ou porradaria, foi feito para amantes de carros Aaron Paul consegue firmar seus pés na industria de Holywood,com uma ótima atuação.E pra mim, o filme pode ser consagrado como o melhor filme sobre carros que eu já assisti.
    B.Boy Jc
    B.Boy Jc

    Segui-los 325 seguidores Ler as 372 críticas deles

    4,0
    Enviada em 27 de dezembro de 2017
    Muito bom filme, o enredo interessante com boas cenas de ação e uma pitada de humor. Adorei, espero que tenha uma continuação!
    Kleber L.
    Kleber L.

    Segui-los 3 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 19 de fevereiro de 2014
    Muito ancioso para ver, concerteza vai ser muito bom!
    Vinícius G.
    Vinícius G.

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 15 de julho de 2014
    Excelente, carrões e corridas do início ao fim, ao melhor estilo do início de Velozes e Furiosos. Hoje em dia, Need for Speed deixa Velozes e Furiosos no chinelo.
    Tiago C.
    Tiago C.

    Segui-los 15 seguidores Ler a crítica deles

    3,0
    Enviada em 17 de março de 2014
    A franquia de jogos Need for Speed ganhou uma versão cinematográfica que se esforça para estar à altura de seu histórico de bons e sinceros jogos de corrida. As emoções que cada um dos títulos lançados proporcionou aos gamers estão presentes no longa-metragem estrelado por Aaron Paul, o bom ator que ficou conhecido do grande público como Jesse Pinkman em Breaking Bad. O filme tinha um desafio: contar uma história que permitisse as manobras espetaculares com carros igualmente fantásticos. É nesse ponto que encontro a sinceridade dos jogos Need for Speed: são jogos de corrida, sem enredos, apenas com a premissa de permitir ao jogador correr de um jeito – e com carros – que na vida real é quase impossível. O filme, então, precisava de um habilidoso protagonista, um rival e motivações. Tobey Marshall (Aaron Paul) tem como seu rival – este termo serve bem para descrever a relação e, aparentemente, a ideia foi fazer alusão ao recente título da franquia de jogos – o ex-piloto da Indy Dino Brewster, interpretado por Dominic West (Abraham Lincoln: O caçador de vampiros), um caricato playboy sem carisma ou inspiração própria. spoiler: A disputa entre eles envolve talento, sucesso, fama (itens alcançados apenas por um deles, Dino) e uma ex-namorada de Tobey que se torna noiva do piloto famoso. E é só, o que não seria suficiente para motivar as disputas que o filme apresenta do meio para o fim. E para chegar nesse ponto, o roteiro transforma um playboy sem graça num verdadeiro vilão, disposto a matar para não perder um racha. Essa transformação soa forçada para quem vê a história se desenrolar, assim como a busca do personagem apelidado de “Garganta” (Scott Mescudi) por reconhecimento de suas habilidades pelos amigos. Alívio cômico do filme, o “Garganta” Maverick seria interessante não fosse o que traz embutido em seu papel: negro, é apresentado como o malandro habilidoso e “desprezado” pelos colegas. Isso é ofensivo, para dizer o mínimo. As piadas poderiam ser feitas a partir de outro mote. Como os jogos não tem história, a escolha dos roteiristas foi montar uma – aparentemente às pressas - e contar com o talento de Michael Keaton (De Leon) e sua empolgação para tirar o filme do chão. O personagem e sua corrida representam o alvo de mocinhos e bandidos. O interesse romântico de Tobey, a britânica Julia Maddon (Imogen Poots) surge como uma esnobe representante comercial e se torna o adoçante na amargura do mocinho sedento por vingança. Personagens descompromissados e às vezes controversos, mas que cumprem o papel que se espera de um grupo envolto de carros e desafios: acelerar, improvisar, e executar manobras que subam o nível de adrenalina de quem os assiste. A direção de Scott Waugh mostra o que ele sabe fazer melhor: cenas de ação com dublês, mesmo que as cenas tenham motivações rasas, como tentar expulsar a gringa patricinha do carro. O filme é divertido para quem o assiste apenas usando as memórias das jogadas em frente à TV, mas não convence quem espera que a sétima arte seja representada por uma história profunda e cativante, mesmo que em meio à gasolina e (pouca) graxa que se enxerga em esportivos de luxo. Por fim, o filme se torna sincero como os jogos: tudo acontece pura e simplesmente para que a borracha queime no asfalto.
    Eliúd J.
    Eliúd J.

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 24 de outubro de 2015
    Filme sensacional. Com apenas um ator famoso, tem ação do começo ao fim. Apaixonado pela loirinha do cara. Haha
    anônimo
    Um visitante
    2,0
    Enviada em 3 de setembro de 2014
    As adaptações entram e saem do cinema,mais por muitas das vezes os espectadores ficam em cima do muro.Onde se perguntam se vai sair um bom filme,ou ruim.Mas sempre tem aquelas adaptações onde vem bem fiel,outas nem tanto.O caso de Need For Speed,é bem fiel.Que logo no começo,os fãs já irão poder a grande semelhança com o game.Corridas clandestinas,em ruas bem iluminadas e coloridas.Mais essa parte já cansa.Pelo o fato,de ser bastante longa e repetitiva.Os carros velozes apontam nas esquinas,com drift,e bons movimentos de câmeras.Sem nenhum diálogos,o elenco envolvido apenas aparecem com movimentos faciais.Logo após,quem acha que a história irá tomar novos rumos,se decepciona mais uma vez.Onde fica apenas na construção de veículos,mulheres e bebidas.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top