Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Tempo e o Vento
    Média
    4,3
    302 notas e 32 críticas
    distribuição de 32 críticas por nota
    8 críticas
    6 críticas
    12 críticas
    3 críticas
    3 críticas
    0 crítica
    Você assistiu O Tempo e o Vento ?

    32 críticas do leitor

    Bianca A.
    Bianca A.

    Segui-los 2 seguidores Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 29 de setembro de 2013
    Não vou comentar nenhuma cena, nem nada que possa revelar algo a aqueles que nao conhecem a historia deste filme, mas quero ressaltar a maestria de interpretação da Fernanda Montenegro, que me emocionou em todas as cenas que participou, a ternura com que ela olha para o seu Capitão Rodrigo trasmite todo o amor que Bibiana sentiu por este homem, Fernanda mostrou porque é uma atriz de primeira linha.Já o Thiago Lacerda simplesmente tirou o Capitão Rodrigo da minha imaginação e colocou nas telas. Era exatamente assim que eu imaginava Rodrigo durante todas as tantas vezes que lia o livro. O Tempo e O Vento foi o primeiro livro madulto que li,Rodrigo o primeiro homem por quem me apaixonei, a miniserie é lebrança mais antiga que tenho, e hoje revivi todas estas emoções no cinema. Enfim, gostaria apenas de dizer que este é um dos maiores lançamentos do ano, e quem nao assistiu, não deve perder tempo, porque vale muito a pena! Fotografia linda, paisagens maravilhosas de deixar qualquer gaúcho orgulhoso do seu pampa, também compõe este trabalho maravilhoso!
    Danilo J.
    Danilo J.

    Segui-los 11 seguidores Ler as 5 críticas deles

    5,0
    Enviada em 28 de setembro de 2013
    Uma obra adaptada de uma grande clássico da literatura brasileira merece carinho na hora de ir para as telonas e nesse ponto, "O tempo e o vento" não me decepcionou. Por se tratar de uma obra vasta e extensa, as mais de duas horas de filme parecerão arrastadas. Mas a belíssima fotografia e as grandes atuações valem o ingresso. Fernanda Montenegro esteve magistral nesse filme, conduzindo muito bem a narrativa e ela prova mais uma vez por que ela é uma das grandes atrizes do Brasil. Thiago Lacerda esteve perfeito como o capitão Rodrigo, não deixando a desejar no papel que já foi de Tarcísio Meira. Marjorie Estiano merece - E MUITO - ser elogiada pela ascensão como atriz: a sua Bibiana na juventude teve toda a doçura e delicadeza que a personagem pedia. Também foi ótimo ver grandes atores como Luiz Carlos Vasconcelos, Cyria Coentro - que também esteve excelente na novela das seis e no filme do Gonzaga - Cléo Pires, que foi uma surpresa positiva como Ana Terra, Leonardo Medeiros, César Trancoso, entre outros. Saí do cinema emocionado e isso me bastou.
    anônimo
    Um visitante
    3,0
    Enviada em 11 de julho de 2014
    O cinema nacional,é mesmo ao mesmo tempo que traz,péssimas comédias sem nenhum tipo de roteiro,consegue trazer boas histórias,que são bem trabalhadas.O Tempo e o Vento,é uma mistura agradável de boas atuações,com uma história bacana.Típica fotografia e figurino de novela das 6,a trama que no começo parece bem parada,consegue despertar interesse do meio para o fim.
    Fernando M.
    Fernando M.

    Segui-los 18 seguidores Ler as 51 críticas deles

    3,5
    Enviada em 14 de fevereiro de 2015
    "O Tempo e o Vento" é mais televisão que cinema. Mas, e daí? "O Tempo e o Vento" tem excesso de trilha sonora. Mas, e daí? "O Tempo e o Vento" foi um dos mais emocionantes filmes brasileiros que eu já vi até hoje. Gostei muito de Bibiana. Fernanda Montenegro está sempre excelente, e eu confesso que sou fã dessa atriz de invejável talento, que vai se tornando cada vez mais incrível com o passar da idade.... Com tons bem convincentes está Thiago Lacerda fazendo o bonachão Capitão Rodrigo Cambará. No mais, o filme excede em certos maneirismos (como colocar lua, pôr-do-sol, amanhecer, várias vezes) e passa rápido demais os fatos e as personagens de quase 150 anos de história, desenvolvendo quase nada algumas personagens secundárias... Mas a história respira emoção, respira poesia, denuncia entrega dos atores aos personagens. Nas imagens, nas músicas, nos olhares, nos gestos. É difícil segurar a lágrima diante de tanta poesia visual. "O Tempo e o Vento", do jeito que está, tinha tudo para ser uma excepcional minissérie da Globo. Dá a sensação que o filme poderia ser mais longo, poderia ter mais gás, virar até mesmo uma trilogia, ter se desenvolvido mais. Mas não. Jayme Monjardim prova que, fazendo cinema, ele continua sendo um grande diretor de telenovelas. E fez muito bem.
    isabellaroga
    isabellaroga

    Segui-los 5 seguidores Ler as 24 críticas deles

    3,5
    Enviada em 4 de outubro de 2013
    Belíssima fotografia e excelente direção! Fernanda Montenegro está magistral e Tiago Lacerda trouxe de volta o capitão Rodrigo! Para que leu o livro ou assistiu a série, fica a impressão de que tudo ficou muito corrido. Porém o conteúdo e as performances superaram estes obstáculos! Vale a pena!
    Pati Lima
    Pati Lima

    Segui-los 14 seguidores Ler as 84 críticas deles

    3,5
    Enviada em 5 de outubro de 2013
    Gostei do filme. Já pelo trailer e pela história se entende que tem estilo antigo; imagens, situações, então não vá esperando tecnologia nem um filme muito agitado. Mas é uma bela história e não só para mulheres. Pra mim pelo menos o cinema brasileiro tem surpreendido muito, mas ainda existe muito preconceito. Se fosse um filme estrangeiro narrando a mesma história da mesma forma, mas com atores famosos poderia ser melhor "visto". O TEMPO E O VENTO: ótimas atuações, como é bom falar de amor...
    Mr. Hendrickson
    Mr. Hendrickson

    Segui-los 38 seguidores Ler as 9 críticas deles

    5,0
    Enviada em 1 de outubro de 2013
    Um épico impecável, orgulho para o cinema nacional! ... Ainda me encontro estupefato ao lembrar de "O Tempo e o Vento" que assisti na pré-estreia . Entre fotos e entrevistas com o diretor e alguns atores, cheguei a sala do cinema meio eufórico, ao me sentar a poltrona fui impactado com imagens lindas de uma fotografia impecável combinado com excelente som, completado com os dialogos perfeitos dos atores. Esta combinação toda me fez gritar, em pensamento, adjetivos nada apropriados, para descrever o que estava sentindo. Ahh meus amigos, uma experiência inacreditável, a cada cena meu olhos não acreditavam no que via na fotografia do filme, nos diálogos a admiração era espantosamente deliciosa, quando entrava a trilha sonora o golpe era fatal, as lágrimas corriam por meus olhos. Esta emoção toda era inexplicável, apesar da historia ser linda não foi ela a responsável por me impactar e sim toda a competência do diretor Jayme Monjardim em conseguir extrair de mim um sentimento tão difícil que poucos filmes conseguiram, arrisco dizer que neste conjunto, fotografia/som, foi o mais perfeito que já vi. "O Tempo e o Vento" é repleto de imagens lindas com tomadas fechadas ambientalizado no sul do Brasil, adaptado do romance de Érico Veríssimo tem no cinema praticamente os mesmos diálogos da mini-serie que a globo exibiu da década de 80 e eles ainda permanecem atuais, lindos e cômicos. Os personagens sao interpretados magnificamente por todos os atores, inclusive os secundários, completando a magia deste épico. Para mim um dos melhores filmes de minha vida. Tive a satisfação de conversar com Monjardim após a sessão de pré-estreia em Curitiba, afinal eu não poderia ir embora sem dar honra e agradecimento a quem contribuiu para aqueles momentos incríveis de sensações inexplicáveis. Nesta pequena conversa falei a respeito do que senti e o agradeci por contribuir para nosso cinema, me agradeceu atenciosamente comentando a respeito do receio de competir com as comédias nacionais desta nova leva, neste aspecto minha satisfação foi positiva segundo ele. Há muito o que se falar sobre este filme, mas para isto temos que sentar em uma roda de chopp com bastante tempo disponível. "O Tempo e o Vento", O épico nacional, uma obra de arte do cinema digno de Oscar. ... Só sei que foi assim!
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 15494 seguidores Ler as 1 618 críticas deles

    2,5
    Enviada em 4 de março de 2016
    Nota 2,5 graças a nossa maior atriz brasileira Fernanda Montenegro que tem uma boa atuação e a bela fotografia e só, pois o roteiro é muito ruim, sem beira e e sem neira, desenvolvimento da história é triste em todos os sentidos, ou seja o filme é fraquinho, fraquinho!
    Miguel Neto
    Miguel Neto

    Segui-los 33 seguidores Ler as 98 críticas deles

    4,5
    Enviada em 4 de maio de 2014
    O filme é fantástico, um dos melhores filmes nacionais que vi em todos os tempos. Cenografia excelente, paisagens deslumbrantes (não sei se é digital), atuações curtas, mas memoráveis, estória fantástica. Ponto negativo colocaria apenas a trilha sonora, nada a ver inserção de músicas gravadas em cenas que poderiam ser naturais (coral, baile, etc). A música final em inglês, embora seja bonita, não tem nada a ver com o filme. Minha opinião vai de encontro com a opinião de muitas outras pessoas, sempre acontece uma perda quando tentamos colocar uma grande obra literária em duas horas de filme. Todo mundo sabe disso antes de ver o filme. A reação dos puristas já era esperada, as críticas são justificadas, porém nós estamos no Brasil e não em Hollywood. O filme começa triste quando a gente tem a ideia de quando dinheiro público entrou no filme, mas é um filme sério, fiel à época, sem cenas desnecessárias de sexo de palavrões bem comum nos nossos filmes. O filme seria uma boa ideia para ser o “Senhor dos Anéis” brasileiro, poderia ser dividido em algumas partes conforme as épocas, contribuindo ainda mais para a preservação de nossa cultura (mas não foi). Poderia ter melhorado o sotaque dos personagens (mas não foi). Poderia ter sido tudo muito diferente, mas não foi e nem por isso o filme perde. Uma curiosidade, a Fernanda Montenegro criticou uma vez, a entrada de modelos no mercado dos atores (embora ela tenha se retratado mais tarde), entre eles estava o Tiago Lacerda que formou um lindo par com ela nesse filme.
    Almir S.
    Almir S.

    Segui-los 63 seguidores Ler as 214 críticas deles

    1,5
    Enviada em 4 de janeiro de 2014
    RUIM. A primeira parte realmente são boas, até Cleo Pires conseguiu atuar bem, mas daí em diante o filme fica chato pra caramba, com cenas cortadas, corridas, a personagem da marjorie fala só uma duzia de palavras no filme todo, O Thiago Lacerda continua um ator muito chato. Um final muito do sem graça. Perdi meu tempo com a esperança de ver um filme brasileiro emocionante.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top