Meu AdoroCinema
Gente Grande 2
Críticas AdoroCinema
1,0
Muito ruim
Gente Grande 2

Mais do mesmo

por Roberto Cunha

Muita gente produz filmes no melhor estilo "faça você mesmo", meio que na linha do movimento punk. Alguns não conseguem chegar a lugar algum, outros sobrevivem no circuito de festivais e uns faturam alto. O ator Adam Sandler é um caso desses e através de sua produtora Happy Madison já emplacou vários títulos, como foi o caso de Gente Grande (2010), que tinha lá algum frescor e é a razão para esse Gente Grande 2 chegar no circuito três anos depois. Queridinho da América e por aqui também, para quem curte o trabalho dele sem restrições, o programa tá garantido. Mas quem faz ressalvas, deveria fazer um pequeno esforço e tentar ler um pouco mais para depois não dizer que não foi avisado.

Gente Grande 2 - FotoNa história (?) de agora, os velhos amigos Lenny (Sandler), Eric (Kevin James), Kurt (Chris Rock) e Marcus (David Spade) estão juntos novamente, agora, morando no mesmo lugar dos tempos de infância. Seus casamentos continuam de pé, seus filhos cresceram, mas outros jovens dominam os antigos refúgios da juventude. Sob o oportuno pretexto de abordar questões como a covardia, o bullying, o conflito de gerações, as picuinhas dos relacionamentos e um fiapinho de drama sobre ter mais filhos, o roteiro do próprio Sandler (e mais dois parceiros) não poupa esforços ao apelar para o escatológico e as grosserias, já contidas no longa anterior. O humor é tosco, de gosto duvidoso, com direito a um "combo" arroto, espirro, peido, além de piadinhas com mães, sogras, gays e mulheres gostosas. E tudo, vale dizer, jogado na tela meio desconectado.

Gente Grande 2 - FotoA cena com um alce é absurda e os mais exigentes encontrarão falhas nas proporções do bicho em relação a casa invadida por ele. Mas quem morre de rir com mijadas gigantescas na cara e muitos gritos "à la" Macauley Culkin em Esqueceram de Mim, não perde por esperar. Ainda na seara da podreira, Rob Schneider, de vários momentos asquerosos do original, foi substituído por Nick Swardson, assumindo várias sequências bizarras. A produção tem muitas participações especiais e para os amantes da música, uma festiva "anos 80" garante a audição da clássica "Cherry Pie" (Warrant), passando por Bryan Adams, Frankie Goes To Hollywood, Billy Idol, até "Centerfold", do J. Geils Band, que faz uma ponta. E se saudade não tem idade, prepare-se para relembrar ícones, como Prince, Boy George, Bruce Springsteen, Meat Loaf, Hall & Oates, Hulk Hogan, Michael Jackson, Tina Turner e por aí vai...

Gente Grande 2 - FotoResistir a tentação de produzir uma sequência não é tarefa fácil, ainda mais quando o original rendeu mais de 270 milhões de doletas mundo afora. O parceiraço do protagonista e diretor Dennis Dugan, em mais de 20 anos de carreira, nunca tinha dirigido uma continuação. Gente Grande 2 taí para provar que manter certas tradições é difícil. Assim, se a ideia de Sandler e amigos (sim, é tudo chapa dele) era oferecer mais do mesmo, a missão está cumprida. Lá fora, por exemplo, bombou de novo. Aqui, só vocês poderão dizer se existem motivos para isso e que o autor dessas linhas, que mal esboçou uma gargalhada na sala escura, precisa renovar seu estoque de risos. Boa sessão! ;)

Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema

Comentários

  • Anonymous 2.0
    Eu sei que os trabalhos recentes do Sandler estão bem sem graças, mas eu até que gostei um pouco do primeiro filme, e estava afim de ver essa continuação, mesmo sabendo que mais do mesmo :/
  • Victor N.
    Eu odeio o Adam Sandler, nunca chegará aos pés dos mestres Jim Carrey e Seth Rogen.
  • Eliandra C.
    Caro Roberto Cunha...sim, você precisa renovar seu estoque de risadas! O filme, ao contrário do que você achou, é engraçadíssimo...não parei de rir um minuto, assim como todos da sala!
  • Roberto C.
    Maravilha, Eliandra C.!! ;) Muito bom para você e pra galera da sala! \0/
  • Leandson R.
    Também faz parte de uma continuação oferecer "mais do mesmo". Até porque, se não fosse, assistiríamos outro filme. Sempre confiro o adorocinema, porém, as críticas apresentadas aqui são, por vezes, sem fundamento e refletem apenas o gosto pessoal do autor do texto.
  • Pedro V.
    eu sinceramente adorei o filme, essa idéia dos adultos não quererem crescer acho mto engraçado...discordo totalmente do Roberto Cunha...
  • Paulo S.
    Olha, fazia muito tempo que eu nao assistia a um filme tão ruim assim... Lamentável! Quase fui embora no meio da sessão. Enfim, aos adeptos do Zorra Total, está ai um prato cheio! Abs.
  • Jefferson P.
    Ri demais, muito melhor que o primeiro que achei mais ou menos.
Mostrar comentários
Back to Top