Meu AdoroCinema
No
facebookTweet
Sessões Vídeos Créditos Críticas dos usuários Críticas da imprensa Críticas do AdoroCinema Fotos
No
Data de lançamento 28 de dezembro de 2012 (1h 57min)
Direção:
Elenco: Gael García Bernal, Antonia Zegers, Alfredo Castro mais
Gêneros Histórico, Drama
Nacionalidades Chile, Eua
Ver o trailer
Imprensa
4,0 15 críticas
Usuários
4,3115 notas e 17 críticas
Adorocinema
4,5

Sinopse e detalhes

Chile, 1988. Pressionado pela comunidade internacional, o ditador Augusto Pinochet aceita realizar um plebiscito nacional para definir sua continuidade ou não no poder. Acreditando que esta seja uma oportunidade única de pôr fim à ditadura, os líderes do governo resolvem contratar René Saavedra (Gael García Bernal) para coordenar a campanha contra a manutenção de Pinochet. Com poucos recursos e sob a constante observação dos agentes do governo, Saavedra consegue criar uma campanha consistente que ajuda o país a se ver livre da opressão governamental.
Distribuidor IMOVISION
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 2012
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 2 curiosidades
Orçamento -
Idiomas Espanhol
Formato de produção -
Cor Colorido e Preto & Branco
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -

Críticas AdoroCinema

4,5
Ótimo
No

Mundo publicitário

por Francisco Russo
Por mais que cada ditadura possua sua particularidade, certas características são universais: repressão, terror, medo, violência, desaparecimento... O Chile sob o comando de Augusto Pinochet sofreu todas estas violências, retratadas de modo devastador no imperdível Desaparecido - Um Grande Mistério (1982). No, novo filme do diretor Pablo Larrain, retorna ao tema sob outro enfoque. Ao invés de analisar o governo Pinochet, vai direto a um evento raro, talvez único, quando um ditador aceita a realização de um plebiscito popular para decidir sobre sua continuidade no poder. Diante de uma oportunidade desta, como se portar? Aproveitar os 15 minutos de propaganda livre na TV nacional para denunciar as atrocidades cometidas? Manter-se fiel ao espírito socialista e pregar seus ideais para a população? Estas seriam as opções óbvias, mas nenhuma delas foi escolhida – ao menos não ao pé da letra. "...
Ler a crítica
<strong>No</strong> Trailer Legendado 2:17
11 898 visualizações
<strong>No</strong> Trailer (2) Original 1:38
2 116 visualizações
Recomendado para você

Elenco

Gael García Bernal
Gael García Bernal
Personagem : René Saavedra
Antonia Zegers
Antonia Zegers
Personagem : Verónica
Alfredo Castro
Alfredo Castro
Personagem : Lucho Guzmán
Marcial Tagle
Marcial Tagle
Personagem : Alberto Arancibia
Ficha completa

Críticas da imprensa

  • Folha de São Paulo
  • Estado de São Paulo
  • Cinema com Rapadura
  • Instituto Moreira Salles
  • Cineweb
  • Preview
  • Zero Hora
  • The Hollywood Reporter
  • Variety
  • O Globo
  • Críticos.Com.Br
  • A Tarde
  • Cineplayers
  • CineClick
  • Screen International
15 Artigos de imprensa

Críticas de usuários

Willian M.
Crítica positiva mais útil

por Willian M., em 10/04/2015

4,5Ótimo

Ditaduras, governos autoritários e mudança de poder sempre rendem boas histórias, há aos montes e em vários filmes, sobre... Leia mais

Cadu Pereira
Crítica negativa mais útil

por Cadu Pereira, em 23/03/2013

3,0Legal

Em NO fui enganado. Tudo bem, que "enganado" é um termo muito forte. Fui induzido pelo trailer acreditando que seria um filme... Leia mais

Todas as críticas de usuários
18% 3 críticas
65% 11 críticas
18% 3 críticas
0% 0 crítica
0% 0 crítica
0% 0 crítica
17 Críticas de usuários

Fotos

17 Fotos

Curiosidades das filmagens

Oscar

É o representante do Chile para a disputa do Oscar 2013 de melhor filme estrangeiro.

Agenda

Participante do Festival de Biarritz Amérique Latine 2016.

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Ana V.

    Mais um Comunista...

    Drama e Gael Garcia. É comigo mesmo!! \o/ Verei!!

  • Jaime J.

    o que poderia ser uma narrativa simples de um período negativo da história (ao estilo documentário), se mostra uma bela surpresa pois apresenta, pelo menos, 02 histórias simultaneas: Aquela relacionada aos dois lados (SI e NO) e também a percepção e dificuldades das pessoas em se organizar. Mesmo sabendo o "final".....ele consegue nos prender do inicio ao fim, sem apelar, ao "lado bom, lado ruim" e sim ao drama que é envolver, convencer e alinhar um discurso onde as pessoas querem a mesma coisa, porém de formas diferentes.  Belo filme!

  • Carol P.

    Por favor, me explieque Pinochet socialista.

Mostrar comentários