Meu AdoroCinema
Guardiões da Galáxia
Nota média
3,8
26 publicações
  • Almanaque Virtual
  • A Tarde
  • Críticos.Com.Br
  • Cinepop
  • Cineweb
  • Chicago Sun-Times
  • CineClick
  • Cinema com Rapadura
  • Cinema com Rapadura
  • Cinema em Cena
  • Cinemascope
  • Estado de São Paulo
  • Gazeta do Povo
  • O Globo
  • Omelete
  • Papo de Cinema
  • Screen International
  • The Hollywood Reporter
  • Preview
  • Cineplayers
  • Folha de São Paulo
  • Revista Interlúdio
  • The Guardian
  • Variety
  • Estado de Minas
  • Zero Hora

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

26 críticas da imprensa

Almanaque Virtual

por Filippo Pitanga

Mesmo tendo tecnologia de ponta, explosões e efeitos 3D muito bem encaixados, o show de estilo e referências advém mais da parte artesanal: brilhante trilha sonora retrô (explicada pelo walkman levado junto na abdução do protagonista no passado), muitos cenários feitos à mão, figurino inventivo e cool, além da total quebra de expectativa em cena...

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

A Tarde

por Chico Castro Jr.

Há a interação cômica instável entre os personagens que começam se detestando e terminam unidos. Há o vilão poderosíssimo (Ronan, O Acusador, interpretado por Lee Pace) com um outro, ainda mais poderoso, controlando tudo da sombra. Há os efeitos espaciais emprestando realismo a planetas estranhos, criaturas alienígenas e batalhas espaciais de tirar o fôlego. E por aí vai.

A crítica completa está disponível no site A Tarde

Críticos.Com.Br

por Octavio Caruso

“Guardiões da Galáxia” é o único filme da Marvel que eu genuinamente tenho vontade de assistir novamente [...] Os desajustados heróis desconhecidos acabaram eclipsando os medalhões da empresa, garantindo meu interesse em revê-los em próximas aventuras.

A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

Cinepop

por Wilker Medeiros

Com um final emocionante, fortes doses de humor e muita aventura, além de possuir batalhas épicas e empolgantes, do ponto vista visual e coreográfico, Guardiões da Galáxia já é um dos maiores acertos da Marvel.

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Cineweb

por A redação

"Guardiões da Galáxia" pode, ser no fundo, apenas uma fantasia de Quill, que tenta superar a perda da mãe. Mas, aos poucos, transforma-se numa ópera cômica espacial que nunca se leva a sério e até faz um comentário pertinente sobre a convivência harmônica entre seres de diversas origens.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Chicago Sun-Times

por Glenn Kelly

["Guardiões da Galáxia"] é um divertido e relativamente original faroeste espacial. Pense em “Firefly” na casa dos 15 anos, com muitas reverências a "Star Wars". E diálogos super irreverentes que são, na maioria das vezes, genuinamente engraçados.

A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

CineClick

por Daniel Reininger

Com roteiro redondo, ainda mais humor do que outras produções da Marvel e cenas de ação espetaculares, "Guardiões da Galáxia" empolga do começo ao fim. Embora seus protagonistas sejam estranhos, o espectador se importa com cada um deles.

A crítica completa está disponível no site CineClick

Cinema com Rapadura

por Thiago Siqueira

No final das contas, “Guardiões da Galáxia” é insanamente divertido e irreverente, mas jamais esquece de seu próprio conteúdo, costurando humor, nostalgia e drama de maneira orgânica e anárquica. Ao mesmo tempo em que brinca com chavões da ficção científica, com tiradas hilárias, a produção respeita seus personagens e os riscos apresentados, em um equilíbrio que vai agradar aos cinéfilos em geral...

A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

Cinema com Rapadura

por Arthur Grieser

O tom leve e descontraído predomina de tal maneira que, mesmo nos momentos mais dramáticos, há sempre uma atmosfera pouco carregada de tensão, sendo logo seguida por alguma piadinha ou tirada bem humorada. É aquela história que você acompanha sabendo, lá no fundo, que no final tudo se resolverá de alguma forma e acabará bem. O que vale é a diversão.

A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

Cinema em Cena

por Pablo Villaça

Cumprindo bem a função de envolver o espectador em um mundo habitado por personagens que nem de longe são tão célebres quanto aqueles vividos por Robert Downey Jr., Chris Hemsworth, Chris Evans e Mark Ruffalo, "Guardiões da Galáxia" é uma excelente introdução a uma franquia que não só promete funcionar bem sozinha, mas que também exibe potencial para complementar aquelas estreladas por seus primos mais famosos.

A crítica completa está disponível no site Cinema em Cena

Cinemascope

por Lívia Fioretti

Entre um mix de comédia e drama, amor e sexo, piadas sem graças e hilárias o filme vale a pena ser conferido por todos aqueles que se interessam pelo mundo dos quadrinhos, sendo ele Marvel ou DC. Ou que curta guaxinins falantes e árvores ambulantes, tudo é válido.

A crítica completa está disponível no site Cinemascope

Estado de São Paulo

por Luiz Carlos Merten

O segredo de Gunn é que o filme dele engloba tudo. É sério e é paródico, tem ação e efeitos, humor, amizade, romance, sacrifício, traição. É uma aventura e uma sucessão de dramas familiares.

A crítica completa está disponível no site Estado de São Paulo

Gazeta do Povo

por Rodolfo Stancki

"Guardiões das Galáxia" é, até aqui, o melhor título adaptado das histórias da Marvel. Sem precisar se ater ao cânone dos quadrinhos, que praticamente ninguém leu, a trama se inspira na saga "Star Wars" para criar uma aventura despretensiosa e recheada de gags hilárias.

A crítica completa está disponível no site Gazeta do Povo

O Globo

por Mario Abbade

["Guardiões da Galáxia"] vai surpreender até o mais implicante com o subgênero. O longa dirigido por Gunn é entretenimento de primeira qualidade. Nunca o casamento entre humor e ação em um filme da Marvel esteve tão azeitado.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Omelete

por Érico Borgo

Graças às excelentes piadas [...] que entram a cada cena com tempo preciso, este é o filme mais divertido da Marvel até hoje. Mesmo nas sequências mais frenéticas de ação, cujo 3D funciona a contento, há sempre espaço para a comédia.

A crítica completa está disponível no site Omelete

Papo de Cinema

por Matheus Bonez

Entretenimento puro é a chave de "Guardiões da Galáxia". O roteiro usa e abusa de tiradas engraçadas a todo momento, que são realçadas pela trilha sonora recheada de rock dos anos 1970 e 1980 e pelo competente elenco, que parece estar se divertindo tanto quanto o público do outro lado da tela.

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

Screen International

por Mark Adams

Uma aventura espacial incrivelmente livre, repleta de ação, humor e efeitos especiais espetaculares, "Guardiões da Galáxia" poderia se tornar o salvador deste verão nas bilheterias.

A crítica completa está disponível no site Screen International

The Hollywood Reporter

por Justin Lowe

Um conjunto bem dosado supera o desafio de lançar um filme de heróis com estilo próprio, emoção em abundância e sem economia de humor.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

Preview

por Mariane Morisawa

Seria melhor ir mais fundo na homenagem aos filmes dos anos 80, com sua mescla de aventura, drama e humor, e esquecer os efeitos visuais digitalizados.

A crítica completa está disponível no site Preview

Cineplayers

por Bernardo D.I. Brum

O roteiro que James Gunn dirige faz como nas obras supracitadas e explora o desajuste e o contraste pelo humor que a ficção/fantasia científica podem proporcionar – diferenças culturais, referências populares ao mundo dos espectadores...

A crítica completa está disponível no site Cineplayers

Folha de São Paulo

por Douglas Lambert

"Guardiões" existe em duas frentes. É um ótimo episódio da série que a Marvel continua lançando no cinema, ao mesmo tempo que, isolado, é um filme apenas regular.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Revista Interlúdio

por Bruno Cursini

O resultado dessa investida jamais será melhor mas, certamente, mais simpático do que aqueles de seus irmãos/concorrentes e, talvez, isso se dê (desconheço completamente os gibis que lhe deram origem) pelo fato de não termos aqui personagens icônicos desse universo, fazendo com que o estúdio pudesse manter-se fiel aos personagens ou, se julgasse necessário, alterá-los ao seu bel- prazer, sem temer a fúria de fãs histéricos.

A crítica completa está disponível no site Revista Interlúdio

The Guardian

por Steve Rose

Filmes como este geralmente são descritos como "filmes pipoca", mas uma comparação melhor seria com a poeira intergaláctica: ele é divertido, estranho, explosivo e cheio de cores artificiais.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

Variety

por Scott Foundas

Um filme da Marvel surpreendentemente brincalhão e divertido, o possível começo de uma nova franquia para o diretor James Gunn é longo demais, atrapalhado e às vezes muito ávido em agradar, mas o humor ágil mantém o ritmo interessante - assim como a ótima atuação de Chris Pratt...

A crítica completa está disponível no site Variety

Estado de Minas

por Walter Sebastião

"Guardiões da Galáxia" aposta prioritariamente no visual, com a direção de arte assumindo o comando e submetendo todos os demais elementos. E o faz até com competência técnica, dando uma “cara” ao filme (que fica ótima em cartazes e fotos), não na tela. Isto é: cria-se, de fato, um visual que enche os olhos, mas não um clima que ambiente a história.

A crítica completa está disponível no site Estado de Minas

Zero Hora

por Roger Lerina

"Guardiões da Galáxia" tenta aliar aventura e comicidade – mas o roteiro assinado pelo diretor James Gunn em parceria com Nicole Perlman, primeira mulher a escrever um filme da Marvel, não chega a decolar em nenhum desses registros. As características dos personagens, o ritmo picaresco da narrativa e as forças maléficas agindo nas sombras remetem aos títulos da série Star Wars. Faltam a "Guardiões da Galáxia", porém, a inteligência e o frescor da saga de George Lucas – a despeito da efetiva graça de algumas piadas.

A crítica completa está disponível no site Zero Hora
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top