Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Retorno de Johnny English
    Críticas AdoroCinema
    4,0
    Muito bom
    O Retorno de Johnny English

    BOM HUMOR NADA SECRETO

    por Roberto Cunha

    Sequências são sempre um grande desafio para quem faz e, muitas vezes, para quem assiste. Precedido por Johnny English, de 2003, o agente secreto mais atrapalhado do MI7 britânico sai da geladeira em 2011 e, felizmente, com condições de esquentar os cinemas com boas risadas.

    Depois de uma fracassada missão em Moçambique, que gerou um hilário tique nervoso (com vinheta sonora) em English (Rowan Atkinson), a chefona Pamela (Gillian Anderson) resolve chamá-lo para um novo trabalho. Agora, ele precisa evitar que um importante político seja assassinado por obra de uma poderosa droga capaz de dominar a mente das pessoas. Mas tem alguma trêta na própria organização e disposto a desvendar quem poderia ser o agente duplo, English acaba sendo acusado pelos verdadeiros traidores.

    Essa é a aventura com ritmo frenético e divertido que você vai encarar na sala escura. Isso fica claro, aliás, logo no começo nas cenas protagonizadas por ele no mosteiro e na abertura bem elaborada, parodiando os clássicos de 007. A curtição com Bond é uma constante, seja nos inventos incríveis a disposição do maluquete ou no merchandising da Toshiba, que dá uma zoada no trabalho do MI7 com o slogan "Espionando para você".

    Como não poderia ser diferente, um dos grande trunfos desta comédia está no ator, eternizado pelo trabalho "quase" mudo como Mr. Bean. E esse estilo de atuar ele empresta para o personagem atual, como acontece na sequência da reunião onde English sentado numa cadeira sem emitir uma única palavra vai arrancar risos da plateia sentada na poltrona.

    Cheio de sequência de boa ação, como perseguições e boas lutas coreografadas, destacam-se também Rosamund Pike (007 - Um Novo Dia Para Morrer) convincente como uma espécie de English Girl e a luta dele com ele mesmo sob o domínio da droga Vortex. 

    Não espere arroubos de criatividade no roteiro e tenha em mente até que vai encontrar situações previsíveis. A diferença é que elas não deixam de funcionar. Os momentos de confronto com a matadora de aluguel são um belo exemplo do esperado que surpreende.

    Então esqueça os problemas e refresque a cuca porque a boa palhaçada vai começar. Resta a você escolher o seu lugar. Afinal, o agente trapalhão está de volta com seu humor nada secreto.

    Ah! Não saia antes dos créditos finais porque tem uma sequência "musical" muito boa com English e, digamos, uma faca na cozinha.

    Assista o trailer, veja imagens e curiosidades em O Retorno de Johnny English.

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top