Meu AdoroCinema
Amor a Toda Prova
Sessões Vídeos Créditos Críticas dos usuários Críticas da imprensa Críticas do AdoroCinema Fotos
Filmes Online Curiosidades Bilheterias Filmes similares Notícias
Críticas AdoroCinema
3,0 Legal
Amor a Toda Prova

De Volta à Pista

por Francisco Russo

Relacionamentos são complicados. Para o bom convívio é preciso que haja a combinação das mais variadas nuances de personalidade do casal. Não é preciso que combinem em tudo, mas é necessária uma certa tolerância aos defeitos do outro – caso contrário, têm data e hora marcadas para terminar. Fora isto, há ainda os momentos adversos que a vida proporciona, que por vezes fazem com que tudo seja repensado, até mesmo aquilo que parecia até outro dia ser tão certo e duradouro. A vida é assim, com altos e baixos que, acima de tudo, servem de teste sobre quem você realmente é. Cal Weaver (Steve Carell) está passando por um destes momentos.

Pego de surpresa pelo pedido de divórcio da esposa, com quem vive há quase 25 anos, Cal é ainda atingido pela notícia de que foi traído. Deprimido, ele deixa os filhos e a casa em que vive para morar sozinho. Vaga pelos bares contando sua triste história a quem quiser ouvir (ou não). Até que, um dia, recebe a ajuda de Jacob Palmer (Ryan Gosling), um conquistador profissional que passa a lhe ensinar a arte da sedução. Passa por uma recauchutagem visual, aprende alguns truques sobre como conduzir um papo e voilá. O número de mulheres que passa a visitar sua cama aumenta exponencialmente, mas é isto que ele deseja? Não. Cal permanece triste, só que mais bonito, como seu filho diz.

Por outro lado, há Jacob. Belo, bem vestido, rico e charmoso, vê uma mulher que lhe interesse e logo a toma como alvo – e, na maioria das vezes, acerta na mosca. Tem uma lista quilométrica de amantes, mas nenhuma que realmente o tenha balançado. Também porque não deixa, já que pouco fala de si. Trata-se de uma espécie de autoproteção, uma tentativa de não envolver emoções no ato sexual. Ele leva uma vida satisfatória até conhecer o outro lado: o famoso poder do amor e suas inevitáveis virtudes e problemas.

Amor a Toda Prova é um filme de certa forma deslocado no atual cenário de Hollywood. Não apenas pelo gênero, a comédia dramática, mas por ficar no meio termo entre dois caminhos que poderia seguir. A história aponta para a essência do ser humano, a necessidade que tem em encontrar alguém com quem dividir a vida e as dificuldades em fazer com que esta tarefa dê certo. Só que, em vários momentos, toma caminhos de forma a provocar o riso fácil. Esta mistura nem sempre funciona e faz com que o filme seja menos do que poderia ser caso tivesse optado por uma das direções. Não se aprofunda como deveria – Namorados para Sempre que o diga - nem faz rir tanto assim.

Ainda assim, é um bom filme por vários motivos. Um deles é a bela caracterização dos atores principais. Steve Carell investe em seu lado mais dramático, já visto em filmes como Pequena Miss Sunshine e Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada, enquanto que Ryan Gosling compõe bem o garanhão pego de surpresa pelo cupido. Há uma série de piadas sarcásticas e referências ao próprio cinema que fazem com que a história flua bem, além de um bom gancho perto do final, que une subtramas aparentemente desconexas.

Amor a Toda Prova é, acima de tudo, a história de um homem obrigado a se reinventar para descobrir quem ele realmente é. Mesmo que tenha que voltar à pista e enfrentar as maravilhas e armadilhas de ser solteiro nos dias atuais.

Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema

Comentários

  • RMR

    Bom filme.... Dá para se distrair e se divertir.

  • Erlick Badu

    Não é fantástico. Mas nos faz querer chegar ao final, e eu, ultimamente, tenho parado no meio ou até no início de muitos filmes.

  • Mauricyo A.

    Muito bom... quase duas horas de filme que valem a pena!

  • Regiane B.

    Esse filme é tão sensacional que se tornou um dos meus favoritos. Eu aconselho à vê-lo.

Mostrar comentários