Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Dama e o Vagabundo
     A Dama e o Vagabundo
    24 de junho de 1955 / 1h 15min / Animação, Família, Comédia Musical
    Direção: Hamilton Luske, Clyde Geronimi, Wilfred Jackson
    Elenco: Aloysio de Oliveira, Selma Lopes, Sônia Barreto
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Usuários
    4,3 275 notas e 79 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Dama (Barbara Luddy/ Selma Lopes) é uma cadelinha da raça cocker spaniel, que vive na mordomia e no acolhimento da casa de seus donos, a aristocrata "Querida" (Peggy Lee/ Sônia Barreto) e seu esposo Jim (Lee Millar/ Ênio Santos). Ela sempre recebeu carinho e tudo que queria, só que com Querida grávida, ela começa a se sentir em segundo plano. É justamente nessa fase que ela conhece Vagabundo (Larry Roberts/ Aloysio de Oliveira). Ele é um cachorro de rua, vira-lata e que tem se virar para sobreviver. Até que um dia a dona de Dama viaja e deixa o bebê recém-nascido sob os cuidados de Tia Sarah (Vera Felton/ Estelita Bell) , uma mulher que tem dois malvados gatos siameses. Eles armam uma tremenda confusão e culpam a cadelinha, que para se proteger tem de fugir. Dama então se perde na cidade, e vai depender da ajuda de Vagabundo para sobreviver e também para voltar aos seus donos humanos.
    Título original

    Lady and the Tramp

    Distribuidor DISNEY / BUENA VISTA
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 1955
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 5 curiosidades
    Orçamento 4 000 000 $
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -
    A Dama e o Vagabundo Trailer Original 3:47
    A Dama e o Vagabundo Trailer Original
    14694 visualizações
    Pela web

    Comentários do leitor

    anônimo
    Um visitante
    3,5
    Enviada em 14 de novembro de 2015
    Um dos carros-chefe da Disney.A história sobre uma família da classe média alta,que adota uma cadelinha,que coloca o nome de 'Dama',engraçado,mas válido.Uma das animações que tem cenas lembradas até hoje em certas ocasiões. Um clássico. -Nota 7/10
    Jhonathan C.
    Jhonathan C.

    Segui-los 1728 seguidores Ler as 415 críticas deles

    3,0
    Enviada em 29 de janeiro de 2013
    Uma marca dos cinemas e da animação. Uma história extrovertida e admirável de A Dama e o Vagabundo. O filme peca nas cantorias, como a dos dois gatos e a do restaurante, que foram desnecessárias. Porém, marcou pela simplicidade da história, levando em conta que foi lançado em 1955.
    Rodrigo o que?
    Rodrigo o que?

    Segui-los 8 seguidores Ler as 167 críticas deles

    4,5
    Enviada em 21 de outubro de 2020
    Um filme leve, rápido, doce e encantador que se torna incrível graças a uma linda e suprendente animação.
    Thales H.
    Thales H.

    Segui-los 12 seguidores Ler as 100 críticas deles

    4,5
    Enviada em 21 de julho de 2020
    Um dos melhores clássicos da Disney. Um romance bem leve em que tudo funciona muito bem. Um ótimo filme.
    79 Comentários do leitor

    Fotos

    34 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    A briga de Peggy Lee na justiça

    Peggy Lee acabou processando a Disney mais tarde alegando que ainda retinha os direitos das cópías legais. Ela ganhou na justiça pouco mais de 2 milhões de dólares, mas antes houve uma longa batalha com o estúdio, que só se resolveu em 1991.

    A primeira animação em Widescreen

    Esse é o primeiro longa-metragem de animação feito em widescreen. Ele foi feito simultaneamente tanto na versão widescreen CinemaScope como no padrão comum da Academia. Esse foi também o filme mais longo que a companhia já criou.

    As técnicas do animador Wolfgang

    Antes de animar a cena de briga entre o Vagabundo e o rato, o animador Wolfgang Reitherman manteve ratos em uma gaiola perto da sua mesa para estudar suas ações.

    Últimas notícias

    A Dama e o Vagabundo: 5 cenas do live-action idênticas ao original
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quarta-feira, 18 de novembro de 2020
    Disney+ coloca aviso de racismo em filmes clássicos
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    segunda-feira, 19 de outubro de 2020
    Animações infantis como Dumbo, Aristogatas e A Dama e o Vagabundo estão inclusos no alerta de discriminação racial na plataforma.
    Disney+: Dumbo, Aristogatas e outros desenhos recebem aviso de "representação cultural ultrapassada"
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quarta-feira, 13 de novembro de 2019
    Mensagem aparece na tela principal dos títulos.
    25 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Rodrigo o que?
      Esse filme é maravilhoso 😍
    • Vinicius S.
      First
    Mostrar comentários
    Back to Top