Meu AdoroCinema
    Expresso do Amanhã
    Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Expresso do Amanhã" e da sua filmagem!

    Obra original


    Baseado na graphic novel francesa "Le Transperceneige", de Jean-Marc Rochette e Jacques Loeb. Joon-ho Bong a descobriu em 2004, durante a pré-produção de O Hospedeiro (2006), e ficou fascinado com a ideia de pessoas lutando pela sobrevivência em um trem.

    Filmando em película

    Expresso do Amanhã foi um dos últimos filmes gravados em película na Coréia. Com a falta de estúdios para o desenvolvimento, os cineastas coreanos estão mudando para o formato digital.

    Nova língua


    Primeiro filme em inglês de Joon-ho Bong.

    Filmagens


    Filmado inteiramente no Barrandov Studios, em Praga, República Tcheca.

    Nova parceria

    Hong Kyung-Pyo trabalhou com Joon-ho Bong em Mother - A Busca Pela Verdade (2009). Ele é o único coreano nesta equipe internacional.

    Iluminação

    Durante a cena com tochas, não havia nenhuma outra luz além da proporcionada pelo fogo.

    Deslizando sobre um peixe

    Para Chris Evans a cena em que ele desliza sobre um peixe era ridícula. Joon-ho Bong teve de convencê-lo de que era uma das reviravoltas.A ideia foi inspirada em O Poderoso Chefão (1972).

    Desenhos no trem

    Os desenhos na parte de trás do trem foram ilustrados por Jean-Marc Rochette, o artista responsável pela graphic novel Le Transperceneige.

    Elenco

    Chris Evans entrou em contato com Joon-ho Bong para uma audição, após descobrir que estavam montando o elenco.

    Trens animalescos

    De acordo com os cineastas, os trem-bebês como Yona desenvolveram habilidades auditivas animalescas.

    Do masculino para o feminino

    Primeiramente, Joon-ho Bong escreveu o papel de Mason, um ser pacífico, com John C. Reilly em mente, mas, em seguida, adaptou o personagem para Tilda Swinton, embora ele deixe intencionalmente no roteiro falas de Mason sendo referidas na forma masculina.

    Bloco de proteína

    Joon-ho Bong explicou que o 'bloco de proteína' do filme foi realmente feito com a combinação de alga, emaranhado, açúcar e gelatina. O ator Jamie Bell odiou, já Tilda Swinton adorou.

    Estrutura corporal

    Joon-ho Bong tinha ressalvas em escalar Chris Evans no papel principal por causa de seu físico muscular. Ele sentiu que como um residente da seção mais pobre do trem, Curtis [Evans] não deveria aparentar a estrutura corporal atual do ator. Figurinos e minuciosos ângulos de câmera mantiveram o físico de Evans 'escondido'.

    Homenagem

    Edgar, interpretado por Jamie Bell, foi nomeado em homenagem ao diretor Edgar Wright.

    O ator perfeito

    Joon-ho Bong não encontrava o ator perfeito para interpretar Wilford, até o produtor Chan-wook Park recomendar Ed Harris.

    Comprimento do trem

    O trem que encontrava-se no set tinha mais de 500m de comprimento.

    Pai e filha

    Esta não é a primeira vez que Kang-ho Song e Ko Ah-Sung interpretam pai e filha. Eles também apareceram juntos no filme de Joon-ho Bong, O Hospedeiro (2006).

    Aquecimento global

    Joon-ho Bong queria destacar o perigo premente do aquecimento global, definindo o ano em que CW-7 é disperso como 2014.

    Na Áustria

    A última cena do filme foi filmada na Áustria.

    Distopias

    Este é o terceiro filme distópico de John Hurt, que já estrelou em 1984 (1984) e V de Vingança (2006).

    Maquiagem demorada

    Tilda Swinton passava mais de duas horas na preparação de sua maquiagem.

    Celebridades no set

    Emma Levie era uma estudante universitária holandesa, que Joon-ho Bong contatou após assistir a um curta-metragem no Festival de Cinema de Toronto. Levie ficou surpresa ao ver celebridades como Chris Evans e Ed Harris quando chegou ao set.

    Não foi dessa vez

    Jake Gyllenhaal e Dustin Hoffman fizeram teste para o filme.

    Os óculos de Tilda

    Os óculos utilizados por Mason pertenciam a Tilda Swinton. Quando Joon-ho Bong a visitou, eles encontraram o objeto em uma caixa de brinquedos infantil.

    Transportes semelhantes

    O diretor Joon-ho Bong diz que teve a ideia principal, a partir de um submarino de propulsão nuclear dos anos 70. O trem e o submarino têm velocidade média similar de 50 km por hora.

    Com medo

    Jamie Bell estava com medo de gravar uma determinada cena de ação por pensar ser perigosa. No entanto, Joon-ho Bong demonstrou-a por si mesmo mostrando ser segura.

    Homenagem a Gilliam

    O nome do personagem de John Hurt é Gilliam, uma homenagem a Terry Gilliam, diretor de longas como Brazil, o Filme (1985), Os 12 Macacos (1995) e O Teorema Zero (2013).

    Mesma música

    A música "Midnight, the Stars and You" também tocou em O Iluminado (1980).

    Dupla Fantástica

    Tanto Jamie Bell quanto Chris Evans interpretaram membros do Quarteto Fantástico. Evans como Tocha Humana no longa de 2005 e Bell como Coisa no reboot de 2015.

    Conceito

    A ideia da professora estar grávida veio de Ko Ah-Sung.

    Duração

    As filmagens duraram 72 dias.

    Tóxico

    A premissa do longa é semelhante ao segmento 'The Second Renaissance', de The Animatrix (2003). Ambos os filmes mostram os seres humanos causando seu próprio aniquilamento ao liberarem um gás transportado na atmosfera. Em "The Animatrix", a intenção era bloquear a fonte de energia das máquinas (o sol). Neste filme, é para deter o aquecimento global.
    Curiosidades de filmes mais lidas dos últimos 30 dias
    • O Rei Leão (2019)
    • Toy Story 4 (2019)
    • Homem-Aranha: Longe de Casa (2019)
    • Annabelle 3: De Volta para Casa (2019)
    • Turma da Mônica - Laços (2017)
    • A Cinco Passos de Você (2019)
    • Vingadores: Ultimato (2019)
    • Aladdin (2019)
    • Superação - O Milagre da Fé (2019)
    • Cinquenta Tons de Cinza (2015)
    • John Wick 3 - Parabellum (2019)
    • X-Men: Fênix Negra (2019)
    • Mistério no Mediterrâneo (2019)
    • Dor e Glória (2019)
    • Nasce uma Estrela (2018)
    • Rei Arthur - A Lenda da Espada (2017)
    • MIB: Homens de Preto – Internacional (2019)
    • Cinquenta Tons de Liberdade (2018)
    • Rocketman (2019)
    • Como Eu Era Antes de Você (2016)
    Back to Top