Minha conta
    Retrospectiva 2015: 10 decepções nos cinemas e na TV
    Por Renato Hermsdorff — 21 de dez. de 2015 às 17:42

    O filme que “flopou”, a série que não engatou, ...

    O acordo que limita o lançamento de um filme a até 35% das salas não foi respeitado.
    9. O acordo que limita o lançamento de um filme a até 35% das salas não foi respeitado. +
    Ok, você fez questão de assistir a Star Wars – O Despertar da Força no dia da estreia. E talvez tenha voltado no dia seguinte para rever o filme. Mas e depois? Por mais que a gente faça questão de ver (e rever) um filme no cinema, não é legal que ele ocupe mais de 1,3 mil salas de um parque que conta com pouco menos de três mil (no caso de Star Wars 7/ número de salas do Brasil). Em dezembro do ano passado, a Agência Nacional do Cinema (Ancine) firmou um acordo (não é exatamente uma lei) com 23 empresas exibidoras e seis distribuidoras estabelecendo que nenhum lançamento de um único filme poderia ultrapassar 35% das salas de cinema do Brasil. Em 2015, portanto, a palavra deveria valer, mas não foi respeitada. Diversidade é bom.
    Leia mais
    ... o diretor que vacilou, o produtor que só quis seu dinheiro, o acordo que não foi cumprido... Para além dos fracassos de bilheteria (que você confere aqui), chegou a hora de relembrar as maiores "pisadas de bola" no campo do cinema e na quadra da TV em 2015.
    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Retrospectiva 2015: As 20 personalidades mais populares no AdoroCinema
    • Retrospectiva 2015: As melhores entrevistas exclusivas do AdoroCinema Vol. 2: Nacional
    • Retrospectiva 2015: As melhores entrevistas exclusivas do AdoroCinema Vol. 1: Internacional
    • Retrospectiva 2015: Saiba quais foram as revelações do cinema
    • Retrospectiva 2015: Os 30 melhores cartazes de cinema e séries
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top