Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The Blacklist: James Spader fala sobre os maiores desafios de Red na 7ª temporada (Entrevista Exclusiva)
    Por Ygor Palopoli — 26 de mar. de 2020 às 22:00

    Seria o fim para Raymond Reddington?

    Depois de seis anos mantendo uma audiência considerável, a série policial The Blacklist, estrelada por James Spader, está passando por uma forte mudança em sua trama, o que engajou os fãs ainda mais em relação às expectativas nesta sétima temporada. Enquanto Raymond 'Red' Reddington mostra que na verdade não era nada daquilo que fingia ser, o cerco aperta em volta do personagem.

    E durante uma entrevista concedida com exclusividade ao AdoroCinema, juntamente a alguns outros veículos ao redor do mundo, Spader falou um pouco mais sobre os bastidores deste importante arco, teceu algumas comparações a outros de seus papeis mais antigos e também explicou melhor como a personagem de Megan Boone passará a ter uma dinâmica diferente na trama. A série retorna ao AXN neste dia 26.

    O primeiro assunto da entrevista foi justamente como ficaria a situação de Red a partir de agora, ao passo que Spader se aprofundou em suas questões emocionais: "Sua vida foi tomada pelo perigo por tanto tempo que eu acho que isso se tornou algo constante para ele. E por mais que Elizabeth Keene pareça estar jogando o seu jogo agora, acho que ele está em perigo. A temporada está sendo construída ao que eu acho que será um fechamento bastante climático". 

    The Blacklist: série poderá ser cancelada na 7ª temporada - Mix de ...

    E por mais que Red seja uma verdadeira ingónita, mesmo após seis temporadas, nem mesmo o próprio James Spader consegue entendê-lo completamente até hoje: "Eu sinto que conheço Red muito bem, mas eu preciso dizer que ele enfrenta novas circunstâncias com tanta frequência, que eu admito até mesmo ficar surpreso. Mesmo depois de tanto tempo". 

    No entanto uma das questões mais importantes neste momento é sobre o grande final da série. Quando questionado a respeito de sua proximidade, ou de como ele será, Spader foi sincero e categórido: "Eu sei como a série termina. Eu sei em linhas gerais como a série vai terminar e os roteiristas e eu temos conversas semanais há algum tempo. Quando falamos sobre o que está acontecendo atualmente na série, nós estamos sempre olhando para frente e conversando sobre os efeitos disso no inevitável fim.".

    Também se enganam aqueles que acham que Spader ficou cansado de interpretar Red por quase uma década na televisão: "Nunca, nestes sete anos, eu estive entediado do Raymond Reddington. E essa é a razão pela qual a série é do jeito que é. Porque Reddington nunca está na tela a não ser que algo muito decisivo esteja acontecendo", falou.

    The blacklist': James Spader volta sem 'superpoderes' na sexta ...

    Para os fãs de Katarina Rostova, a notícia também é boa: ela terá um papel de muito mais destaque nesta sétima temporada, segundo James: "Sua participação será muito importante na temporada 7. E seu efeito colateral dentro da trama é extremamente profundo. O efeito que ela terá em todos na série é muito profundo, e haverá muito a que se aprender na sétima temporada. Digo, ainda, que o que você aprende na sétima temporada vai criar outras questões, que vou deixar vocês verem para entenderem".

    Respondendo nossa pergunta sobre as maiores dificuldades de se interpretar um personagem tão denso por tanto tempo, e como o Red se diferere do Alan Shore, por exemplo, de Boston Legal, Spader foi bastante reflexivo e até mesmo um tanto inesperado:

    "A maior dificuldade em interpretar Raymond Reddington nos últimos sete anos é o alarme tocando de manhã para que eu saia da cama e vá trabalhar. Eu não sou uma pessoa "da manhã". Nunca fui, e eu nunca, nunca, vou conseguir ser. Eu costumava achar que a atuação era um trabalho noturno. Eu amava fazer filmes durante a noite, e fiz muitos deles. Mas quando fui para a televisão, onde eles predominantemente filmam não apenas durante o dia, mas muito, muito cedo, percebi que nunca vou me acostumar. Mas posso dizer, mesmo assim, que tem sido um prazer tremendo interpretar Raymond por sete anos", brincou.

    The Blacklist' Bosses Break Down the Season 7 Midseason Finale ...

    "E sobre Raymond Reddington contra Alan Shore... Alan Shore não era perigoso para mais ninguém além dele mesmo. Já Raymond Reddington é um homem perigoso que também é perigoso para os outros. O medo que os dois sentem é muito diferente. Raymond não tem nenhum medo de coisas que são muito comuns de serem temidas para a maioria das pessoas. Mas ao mesmo tempo, ele possui receios absurdamente obscuros, muito pessoais para ele. Acho que o seu maior medo é o das coisas das quais ele é capaz, e como isso vai afetar os outros ao seu redor".

    Como isso afetará os outros ao redor? Isso a gente descobre na sétima temporada.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Joker Lies
      Sou fã desse cara.
    Mostrar comentários
    Back to Top