Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Game of Thrones: Roteiristas falam sobre os problemas de ritmo da 7ª temporada
    Por Laysa Zanetti — 21 de mar. de 2019 às 11:24
    facebook Tweet

    "Não lemos muitos desses comentários."

    Com sete episódios ao invés dos habituais 10, a sétima temporada de Game of Thrones acumulou algumas críticas negativas mais audíveis que outras, sobretudo em relação à passagem de tempo e ao ritmo dos acontecimentos. Enquanto em um mesmo episódio personagens apareciam em duas ou três locações diferentes, alguns fãs na internet começaram a fazer piadas envolvendo jet packs e teletransporte. 

    Em entrevista concedida à Entertainment Weeklly, o showrunner D.B. Weiss revelou que não se apega a críticas: "Não lemos muitos desses comentários. Se alguém diz que 'não gosta da forma como fazemos isso', eu não tenho ideia da porcentagem de pessoas assistindo que compartilha dessa opinião", revelou. "Se essa opinião calhar de ressurgir mais audível na internet, eu ainda não terei ideia — poderia ser 1% de pessoas fazendo isso se tornar um acontecimento na internet por 10 minutos, e então parece que é mais de 1%. Mas não há como dizer — e eu não estou interessado em descobrir — o quão precisamente estes pensamentos representam o espectro de pessoas que assistem à série. Se você começar a pensar nessas coisas, você vai enlouquecer."

    Bryan Cogman, coprodutor e roteirista, completa, assumindo os saltos temporais: "Tivemos que fazer uma escolha de apenas 'fazer as coisas acontecerem' na temporada anterior. Você pode se sentar em casa e fazer as contas do quanto tempo levava para ir de barco do Ponto A para o Ponto B, e era isso. Sempre existe alguma coisa em que alguém vai insistir, e acho que esta revolta foi melhor do que outras."

    O roteirista Dave Hill, que assinou um dos episódios mais criticados neste sentido na sétima temporada — "Eastwatch" —, acalmou os ânimos prometendo que a temporada final será mais equilibrada:

    "Obviamente, não queremos nenhuma crítica negativa. Mas com todas as coisas que estávamos balanceando para arrumar o terreno para a temporada 8, às vezes tínhamos que acelerar o passo em questão de poucos episódios. Tínhamos muitos cortes temporais que a maioria dos espectadores não pegou. Poderíamos ter tido uma cartela dizendo 'Três Semanas Depois', mas não tivemos. Às vezes quando movemos peças no tabuleiro, precisamos trapacear um pouco. Para a [temporada final], tentamos manter mais a lógica temporal ao invés de jet packs."

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Vidamell Vida R.
      nussa
    Mostrar comentários
    Back to Top