Minha conta
    American Gods: Showrunner é afastado após atrasos e problemas nas filmagens
    Por Renato Furtado — 12 de set. de 2018 às 13:07

    Jesse Alexander foi demitido. Mas não oficialmente.

    Os deuses da televisão, ao contrário dos críticos, não parecem ter muito apreço por American Gods. Após perder seus showrunners originaisBryan Fuller e Michael Green, a série está oficialmente sem um comandante pela segunda vez seguida: de acordo com informações do The Hollywood Reporter, Jesse Alexander, que assumira o seriado baseado na obra de Neil Gaiman após a saída dos criadores originais, foi afastado da produção por causa do caos instaurado no set de filmagens.

    Segundo o periódico estadunidense, Alexander só não foi demitido porque o Starz, canal produtor da série, não quer a publicidade negativa que seria acarretada pelo segundo desligamento seguido de um showrunner. Optando por não agravar ainda mais o frágil estado das coisas nos bastidores de American Gods, a emissora decidiu abafar a pressão como uma maneira de tentar corrigir o curso da embarcação. Ao que tudo indica, porém, a missão não será nada fácil.

    American Gods mergulha de cabeça nas alegorias na primeira temporada (Crítica)

    Fontes internas ligadas ao projeto revelaram ao The Hollywood Reporter que os roteiros estão sendo reescritos pela sétima vez, duro processo que acarretou em um atraso de seis semanas no cronograma de filmagens. Além disso, a Fremantle, produtora do drama, entrou em rota de colisão com o canal Starz; o orçamento já foi excedido em níveis exorbitantes; Gaiman, autor da obra original, aumentou sua influência sobre as decisões criativas; e até mesmo os atores já refizeram parte dos scripts que receberam para dar sequência à produção.

    O cenário, portanto, é de pura anarquia. Apesar disso, no entanto, a emissora de American Gods mostrou-se confiante, em um comunicado oficial apoiado pela Fremantle, acerca da produção da segunda temporada da obra: "American Gods possui uma mitologia profunda e complexa e um estilo visual único que transforma esta séria em uma das mais ambiciosas produções na televisão, e nós permanecemos comprometidos a entregar o melhor para o nosso público. Acreditamos que quando os fãs virem as primeiras imagens da segunda temporada na New York Comic-Con, a espera terá valido a pena".

    Com tantos contratempos e problemas, será preciso aguardar para ver se as produtoras realmente conseguirão ajeitar os rumos da série e agradar ao exigente Gaiman. Coestrelada por Ian McShane e Ricky Whittle, a segunda temporada de American Gods tem previsão de estreia para o ano que vem. Até segunda ordem, é claro.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top