Minha conta
    Stranger Things: Irmãos Duffer são acusados de assédio moral nos bastidores da série da Netflix
    Por Rodrigo Torres — 12 de mar. de 2018 às 19:19

    "Ficamos profundamente chateados em saber que alguém se sentiu desconfortável em nosso set", responderam os autores.

    Matt e Ross Duffer, criadores, showrunners, diretores e roteiristas de Stranger Things, foram acusados por um assistente de câmera da série de "perseguir e abusar verbalmente de várias mulheres" nos bastidores da atração da Netflix. "Houve gritaria, insultos, ameaças e pessoas foram demitidas ou forçadas a se demitir por causa deles", constava nos comentários da postagem original de Peyton Brown no Instagram, segundo a Variety.

    A Netflix já se manifestou sobre o caso, dizendo que "não observou transgressão" no comportamento dos cineastas durante a produção. Os próprios Irmãos Duffer também se posicionaram: "Ficamos profundamente chateados em saber que alguém se sentiu desconfortável em nosso set", afirmaram, em declaração conjunta.

    "Achamos importante não descaracterizarem o nosso set, onde acreditamos fortemente em tratar a todos de maneira justa independente de gênero, orientação, raça, religião ou qualquer outra coisa. Seguimos totalmente comprometidos em fornecer um ambiente de trabalho seguro e colaborativo para todos em nossas produções", declararam os Irmãos Duffer.

    Stranger Things retorna para a terceira temporada em 2019, com os Irmãos Duffer no comando apesar das fake news de que eles teriam menor participação e (ao menos a princípio) a despeito dessas acusações de assédio moral.

     

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top