Minha conta
    Black Mirror: Michael Kelly fala sobre o episódio em que atuou e compara o personagem ao seu Doug Stamper, de House of Cards
    Por Laysa Zanetti — 1 de nov. de 2016 às 17:47

    "Acho que ambos são convictos em suas ações, e acreditam 100% que o que estão fazendo é o certo."

    Laurie Sparham/Netflix
    De House of Cards a Black Mirror, Michael Kelly agora acumula duas importantes produções da Netflix em seu currículo. O ator integrou o elenco do quinto episódio da atual temporada da antologia, "Men Against Fire" (ou Engenharia Reversa), e falou ao THR a respeito de seu envolvimento com o projeto.

    Kelly contou que foi recebeu o roteiro do seu episódio enquanto estava em turnê pela Argentina para a divulgação de House of Cards, e até então não havia visto a série, apesar de ter ouvido muito dela: "Eu tenho uma criança de sete anos e uma de três, não consigo assistir a muita televisão que não seja de criança." Mas, assim que recebeu o texto do episódio, o ator revela que se identificou imediatamente com o seu personagem - que, de certa forma, também o lembra seu Doug Stamper, de HoC:

    "Eles são similares de formas que, não acredito que qualquer um deles seja uma pessoa ruim. Acho que ambos são convictos em suas ações, e acreditam 100% que o que estão fazendo é o certo (...) Não estou dizendo que concordo com as ações deles, mas entendo de onde elas vêm."

    "Engenharia Reversa" é um episódio com uma mensagem bastante clara a respeito de temas como preconceito e genocídio, e a respeito disso, o ator opinou que as razões que tornam o episódio tão relevantes estão relacionadas à geopolítica atual:

    "Quando você olha para alguém como Donald Trump, que vai banir todos os Muçulmanos do nosso país. É essa retórica, essa negatividade que existe no clímax político agora que faz do episódio tão relevante. Você não pode rotular as pessoas dessa forma. Ou, no mínimo, não é a coisa certa a ser feita, na minha cabeça. Nós somos melhores como raça humana, como pessoas. Nós precisamos ser inclusivos e pensar em todos da mesma forma."

    Se ele gostou da série? Jà até quer mais: "Estou implorando a Annabel [Jones] e Charlie [Brooker] para me deixarem fazer mais um!

    Leia aqui a nossa crítica da terceira temporada.


     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top