Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The Returned terá tom e roteiro independentes da produção original, a série francesa Les Revenants
    Por Rodrigo Torres — 10 de jan. de 2015 às 00:01
    facebook Tweet

    A promessa é do showrunner Carlton Cuse, enquanto o elenco comenta a dificuldade de lidar com o tema fantástico da série.

    Bates Motel terá uma promissora companhia na estreia de sua terceira temporada, na segunda-feira do dia 9 de março: The Returned, remake norte-americano da aclamada série francesa Les Revenants que vem intrigando o seu elenco. Segundo depoimentos dos próprios atores, a incapacidade de se entender o fenômeno ao centro da trama (o retorno dos parentes mais queridos dos habitantes de uma cidadezinha) é a maior dificuldade durante as filmagens.

    "Como você reage a algo que não é possível?", questiona Jeremy Sisto, intérprete de um terapeuta que atua em casos de depressão: "É difícil dizer como seria uma reação natural. É difícil saber se você fez um bom trabalho após filmar uma cena, pois não há nada com o que você possa comparar em sua vida real". Por outro lado, quando perguntado sobre o que faria se uma pessoa querida retornasse do além, Sisto respondeu prontamente: "Eu chamaria a polícia".

    Mark Pellegrino, protagonista da série como um pai de família que perde as filhas gêmeas, utiliza o exemplo da série para projetar esse acontecimento impossível: "Cada personagem reage de um modo único ao retorno das pessoas às suas vidas. Todo mundo lida com o choque de maneiras diferentes". Intérprete de uma das gêmeas, India Ennenga pensa no ponto de vista dos mortos: "O que complica a ideia de pessoas retornarem dos mortos é você não saber como eles vão agir. Eu gosto de pensar que meus avós poderiam retornar, mas, se eles não reagirem de forma calorosa, isso pode gerar inúmeros problemas.

    Produtores executivos e showrunners da série, Carlton Cuse e Raelle Tucker preferiram falar da série, enfatizando que não pretendem consertar ou melhorar aspectos da série original, mas tomar um rumo próprio. "O ponto de partida é o mesmo, mas nossa série fica bastante diferente a partir do sexto episódio", revela Cuse, ressaltando que The Returned não se tornará uma série de gênero e repleta de incidentes como Les Revenants.

    Cuse também disse que desconhece o que está sendo desenvolvido para segunda temporada de Les Revenants, e que, portanto, sua série tomará um rumo completamente independente em possíveis anos seguintes. Por fim, ele respondeu a uma comparação com a sua série de maior sucesso: "A série é um quebra-cabeças como Lost. Nós a estamos montando como telhas, mas não em ordem linear. A trama [enquanto ponto de convergência] dos personagens é a similaridade de suas narrativas".

    Mary Elizabeth Winstead é um dos rostos conhecidos em The Returned, série que terá o desafio de provar sua relevância diante do alto parâmetro que tem à frente; a versão original foi consagrada com o Emmy de melhor série dramática em 2013. Enquanto o trailer da refilmagem não é revelado, relembre a prévia de Les Revenants.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top