Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Cemitério Maldito: Adaptação da clássica obra de Stephen King ganha trailer final
    Por Katiúscia Vianna — 1 de abr. de 2019 às 13:28
    facebook Tweet

    Jason Clarke e John Lithgow estrelam o terror.

    Os primeiros vídeos promocionais de Cemitério Maldito já revelaram que a nova adaptação traz uma diferença crucial, em comparação com o livro clássico de Stephen King: não é o pequeno Cage Creed (Hugo Lavoie) que morre e volta a vida sendo possuído por um espírito maligno, será sua irmã mais velha, Ellie (Jeté Laurence). Agora, o trailer final do longa aponta como isso vai balançar a trama.

    Sob o comando de Kevin Kölsch e Dennis Widmyer, as imagens inéditas mostram como a matriarca Rachel (Amy Seimetz) sofre para aceitar as mudanças em sua filha, enquanto Louis (Jason Clarke) está determinado em superar qualquer obstáculo para ter sua "vida normal". Mas é como seu vizinho, o personagem de John Lithgow, afirma: "às vezes, morte é melhor." 

    Cemitério Maldito teve sua estreia adiada nos cinemas brasileiros, chegando apenas em 9 de maio. O AdoroCinema teve a chance de visitar o set de filmagens, então confira nossas entrevistas exclusivas com as duplas Jason Clarke/John Lithgow e Kevin Kölsch/Dennis Widmyer — clicando aqui e aqui, respectivamente.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Patrick Moreira Leonardo
      Concordo, eu não entendo por que foram matar a menina se quem morre no livro é o Cage. É tão difícil assim adaptar mantendo as referências do livro?!
    • Gibran Felipe Cobra Teske
      Mas o próprio Stephen King aprovou e gostou o que é bem raro
    • Eduardo W.
      Parece muito fraco! É complicado transmitir o que a obra do Stephen King trasmite, ainda mais quando a adaptação é tão ruim, o que se percebe pelo trailer que tem pouquíssimas semelhanças com o livro.
    • Vidamell Vida R.
      eu não gosto muito do género de terror, mas esse filme me chama muita a atenção.
    Mostrar comentários
    Back to Top