Meu AdoroCinema
    Sequência de Forrest Gump não aconteceu por causa do atentado de 11 de setembro
    Por Roanna Azevedo — 30 de mar. de 2019 às 08:36

    Para o roteirista Eric Roth, seria insensível lançar uma nova história logo após a tragédia.

    Quem diria que o vencedor do Oscar de Melhor Filme em 1995 teria uma sequência? O roteirista Eric Roth revelou que Forrest Gump - O Contador de Histórias (1994) ganharia uma continuação, que acabou nunca saindo do papel por causa do atentado terrorista de 11 de setembro de 2001. Em entrevista ao Yahoo Entertainment, ele contou que finalizou o roteiro do novo longa um dia antes da tragédia que destruiu as Torres Gêmeas, em Nova York, e tirou a vida de quase três mil pessoas. "Quando isso ocorreu... tudo ficou insignificante", justificou o roteirista.

    A sequência do clássico estrelado por Tom Hanks contaria com outros acontecimentos marcantes, assim como seu antecessor, que acompanha eventos históricos sob a perspectiva de um homem com QI abaixo da média. Na continuação, por exemplo, Forrest Gump estaria dentro do carro usado durante a fuga de OJ Simpson da polícia, no ano de 1994. Já em outra cena, o protagonista dançaria com a Princesa Diana, que morreu em agosto de 1997. Roth contou ainda que o filho de Gump (interpretado por Haley Joel Osment) seria diagnosticado com Aids. "Numa parte, os alunos não iam querer ir para a escola com o garoto (por ele ser portador do vírus HIV)”, acrescentou o roteirista.

    Forrest Gump - O Contador de Histórias foi indicado ao Oscar em treze categorias, vencendo seis delas. Além da estatueta de Melhor Filme, a obra também ganhou as de Melhor Diretor (Robert Zemeckis), Melhor Roteiro Adaptado (Eric Roth), Melhor Ator (Tom Hanks), Melhor Edição e Melhores Efeitos Visuais.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Diego
      Não duvido que teria sido uma continuação bem emocionante (embora seja compreensível o porquê de não ter ido adiante).
    Mostrar comentários
    Back to Top