Minha conta
    Aranhaverso: Entenda a ligação de Peter Parker com o novo filme animado do Homem-Aranha
    Por Renato Furtado — 12 de dez. de 2017 às 13:15

    Longa, produzido pela dupla dinâmica Phil Lord e Chris Miller, traz Miles Morales vestindo o traje do Cabeça de Teia.

    O novo filme do Homem-Aranha, a animação Aranhaverso, não traz um dos elementos principais da franquia: Peter Parker. Neste longa, produzido pela dupla dinâmica Phil Lord e Chris Miller, o uniforme do Cabeça de Teia é envergado por Miles Morales (Shameik Moore) e o herói original não faz parte deste novo capítulo da saga. Mas a verdade é que não é bem assim que a banda toca: em entrevista ao Omelete durante a Comic-Con de São Paulo, os produtores confirmaram que Parker está, sim, no filme.

    O trailer apresentado durante o evento certamente foca no personagem de Morales, que, nas HQs, recebe os poderes do Homem-Aranha após ser picado por uma aranha infectada pelo sangue de Peter Parker, morto em uma batalha contra o Duende Verde. No entanto, o vídeo de divulgação também aposta na frase "Entre em um universo onde mais de um veste a máscara". Ao comentarem sobre esta sentença, Lord e Miller confirmaram que Peter Parker torna-se uma espécie de mentor para Morales em Aranhaverso.

    Este encontro entre os dois Cabeças de Teia é proporcionado pelo fato de que Morales é sugado para dentro de uma Nova Iorque alternativa, onde tanto o jovem Homem-Aranha quanto o velho estão vivos e podem ter a chance de lutar juntos contra o crime. A imagem do túmulo que surge no trailer também é outro indicativo de que, na linha temporal em que Morales nasceu, Parker realmente falece e que, de alguma forma, o portal para a dimensão alternativa é aberto para unir os dois.

    O encontro entre Parker (à esq.) e Morales.

    Lord e Miller afirmaram ainda que esta produção não tem nada a ver com a iteração live-action do melhor amigo da vizinhaça, que no momento é "propriedade" exclusiva do Universo Cinematográfico Marvel. Como a Sony não pode utilizar Tom Holland, o estúdio decidiu investir no caminho da animação, criar seu próprio universo - que será desenvolvido nas produções seguintes à Aranhaverso - e mudar o foco para outro Homem-Aranha. Quanto a este ponto, os produtores também confirmaram que Morales é, sem sombra de dúvidas, o protagonista do projeto dirigido por Bob Persichetti e Peter Ramsey.

    Deixando claro que a estética das HQs é a principal referência estética de Aranhaverso e que pretendem continuar explorando movimentos de câmera pouco usuais para uma animação, os produtores também falaram sobre o tom do filme: de acordo com os mesmos, Aranhaverso terá mais ação e aventura do que comédia - gênero que, com a participação de Lord e Miller, certamente terá seu espaço.

    Com o ganhador do Oscar Mahershala Ali (Moonlight) no elenco de dubladores, Homem-Aranha no Aranhaverso estreia no dia 20 de dezembro de 2018.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top