Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Porsche terá que pagar indenização à filha de Paul Walker por acidente que matou o ator
    Por Wallace Nascimento — 25 de out. de 2017 às 11:45

    Acordo firmado no dia 16 de outubro põe fim ao processo movido pela família de Walker desde 2015.

    Chegou ao fim o longo e doloroso processo contra a Porsche movido por Meadow Walker, filha do falecido ator Paul Walker. O astro da franquia Velozes e Furiosos morreu no banco do passageiro de um modelo Carrera GT, enquanto Roger Rodas, seu melhor amigo, dirigia. Os dois foram carbonizados.

    O acordo, assinado em 16 de outubro (segundo documentos recebidos com exclusividade pelo EW!), também resolve o processo movido por Paul Walker III, pai do ator. A briga judicial ocorria desde 2015 porque, segundo a família, Walker ainda estaria vivo se a empresa tivesse instalado equipamentos adequados de segurança no veículo.

    Meadow alegava que, apesar da marca alemã ter total consciência de que o Carrera GT tinha um histórico de problemas de instabilidade e controle, eles não instalaram o sistema eletrônico de controle de estabilidade. A falta do item, projetado especificamente para controlar desvios parecidos com o do acidente, teria sido a principal causa da morte.

    Os valores a serem recebidos pela jovem e pela família não foram divulgados. Paul Walker morreu em Santa Clarita, California, no dia 30 de novembro de 2013.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top