Minha conta
    Jon Hamm é um holograma no intrigante trailer de Marjorie Prime
    Por Renato Furtado — 26 de jul de 2017 às 17:25

    Longa foi um dos grandes destaques do Festival de Sundance 2017.

    Segundo a análise do The Hollywood Reporter, Marjorie Prime é uma meditação sobre a morte e os mistérios da memória, a contemplação mais profunda sobre a tecnologia desde Ela e traz a melhor performance de Jon Hamm após o fim de Mad Men. Bem, ainda não se o novo filme de Michael Almereyda (Experimentos) é tudo isso, mas o certo é que o trailer do longa — aclamado e premiado no Festival de Sundance 2017 — é intrigante e enigmático o suficiente para justificar os elogios da crítica.

    Na ficção científica Marjorie Prime, Lois Smith interpreta a personagem-título, uma senhora de 86 anos que começa a utilizar um programa de computador para se conectar com a imagem holográfica de seu falecido marido, Walter (Hamm). No entanto, Tess (Geena Davis) teme que a a relação da mãe com a aplicação tecnológica distancie ainda mais o mundo real do alcance dela.

    Críticos de diversos veículos como ScreenDaily e The Playlist aprovaram o filme, elogiaram as performances de todo o elenco e compararam a trama do longa — também assinada por Almereyda —às narrativas da série Black Mirror. No festival estadunidense, a ficção científica venceu o Prêmio Alfred P. Sloan, concedido à melhor obra cujo tema principal é a tecnologia.

    Coestrelado por Tim Robbins, Marjorie Prime ainda não tem previsão de estreia.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top