Minha conta
    Amigos do AdoroCinema se emocionam e se encantam por Logan
    Por Rodrigo Torres — 6 de mar. de 2017 às 18:18

    Blogueiros exaltam o primeiro filme digno à essência do Wolverine. Em sua despedida, muitos elogios a Hugh Jackman.

    Logan é mesmo uma unanimidade. Crítica, público e os Amigos do AdoroCinema aprovaram a despedida de Hugh Jackman de seu papel mais icônico, o Wolverine de X-Men. Sua atuação é muito elogiada, bem como as de Dafne Keen (X-23), Patrick Stewart (Professor Xavier), do diretor James Mangold e basicamente toda a equipe do filme, tão mais maduro que a esmagadora maioria dos exemplares do (sub)gênero dos super-heróis.

    Com isso, a nota média dos nossos parceiros para Logan foi de 4,6/5 — um pouco inferior ao 5/5 da crítica do AdoroCinema e bem semelhante com a do texto em destaque, publicado pelo blog Megalomania Cultural. Confira um trecho da crítica, assinada por Marcos Augusto Soares:

    A grande reflexão do tempo é simplesmente magistral. Elementos do clássico Os Brutos Também Amam (1958) e do recente jogo da Sony com a produtora Naughty Dog, The Last Of Us (2013), são evidenciados, como pode-se olhar nas relações conturbadas e na escolha de um tom triste, de como as escolhas do passado trouxeram consequências fortes, do desejo de serem esquecidas e como elas afetam profundamente as feridas abertas da existência em um mundo cão, catalisado pela trilha sonora crescente, pujante e atmosférica de Marco Beltrami, em meio a pianos e batidas tribais.

    Dafne Keen, a X-23.

    Se você também já tiver conferido Logan nos cinemas, publique também a sua opinião na página do filme. Abaixo, confira as outras críticas selecionadas dos Amigos do AdoroCinema, por ordem descrescente de nota.

    Acidamente Sensível: "As coreografias mostram aquilo que todo o fã de Wolverine gostaria de ver nos cinemas. Cenas de ação de primeiro nível, com sequências extremamente violentas, onde finalmente conseguimos ver o instinto animal que todos esperavam do personagem." Leia a crítica completa, escrita por Guilherme Lima. Nota: 5/5.

    Um Tigre no Cinema: "Não é como sua fonte original, Velho Logan (Old Man Logan): é uma construção de um personagem que cresceu e amadureceu ao longo de dezessete anos. É um filme cheio de ação, dor e tristeza, mas também com uma sensação de satisfação, algo que está no cerne de um ator cuja história se mescla com o personagem." Leia a crítica completa, escrita por Tiago Lira. Nota: 5/5.

    POCILGA: "O filme do Wolverine que sempre sonhei em ver. Selvagem, brutal e intenso e mergulhando sem medo em um personagem atormentado e profundamente marcado pela violência. [...] Não é, porém, um filme sem falhas. Além do ritmo, a opção de recorrer a uma nêmese encarnada que deve ser enfrentada por Logan na forma de uma ameaça física é dispensável." Leia a crítica completa, escrita por Mário Bastos. Nota: 5/5.

    Vamos Falar Sobre: "O filme que nós fãs dos quadrinhos (repito, nós adultos) pedimos, a despedida perfeita para o Wolverine, que muitos só conheceram na pele do Hugh Jackman. E para quem conheceu Wolverine primeiro nas animações, vê-lo no cinema foi incrível, mesmo não gostando muito no inicio, mas a gente se acostumou, e se afeiçoou nestes anos todos!" Leia a crítica completa, escrita por Dany Costa. Nota: 5/5.

    Central 42: "Encarnando Wolverine com a segurança habitual, Hugh Jackman tem a inédita oportunidade de mergulhar nos sentimentos do mutante, retratando-o como uma pessoa visivelmente exausta e impiedosamente afetada (ou maltratada) pelo tempo. Com dificuldades até mesmo para usar suas garras (note os sangramentos e o “defeito” de uma das lâminas), Logan não suporta mais o fardo que se tornou viver, e vê-lo carregar uma bala de adamantium é tão chocante quanto triste." Leia a crítica completa, escrita por Guilherme Khandido. Nota: 4,5/5.

    Ah! E por falar nisso...: "'Não ser aquilo que fizeram de você!' – Este provavelmente é o principal dilema do mutante/cobaia de laboratório conhecido como Wolverine: não ser a máquina de matar que o projeto Arma X fez dele ao revestir de adamantium seus ossos. Pois este também parece ser o lema de sua mais recente aventura nos cinemas. A começar pelo título Logan, ao invés de seu tradicional “nome mutante”, e continuando até o fato de que, apesar de ter um herói dos quadrinhos como protagonista, este não é – e nem precisa ser – apenas mais um filme de super-herói." Leia a crítica completa, escrita por Fabiane Bastos. Nota: 4,5/5.

    Música e Cinema: "Recheado de referências a westerns. É um road movie clássico. Sua história densa e envolvente faz com que o fantasioso mundo dos mutantes fique em segundo plano diante do drama de Logan em sua jornada. Neste filme, vemos mais Logan do que Wolverine (e isso é ótimo)." Leia a crítica completa, escrita por Leonardo Caprara. Nota: 4,5/5.

    Ops, Já Vi!: "Uma despedida ao personagem de um jeito autoral e como realmente o personagem e os fãs mereciam vivenciar. Suas referências estruturam os diálogos, cheio de partidas e novos recomeços. E o nosso "carcaju" favorito, descobriu em tempo, que você pode ser muito mais do que realmente te fazem acreditar." Leia a crítica completa, escrita por Bruna Castilho. Nota: 4,5/5.

    7 Marte: "Ainda que em sua proposta Logan se difira dos demais longas estrelados pelo Hugh Jackman, seus defeitos o impedem de ser uma obra tão memorável quanto se propõe a ser. Pode-se dizer com segurança que esta é a melhor aventura-solo do Wolverine já lançada, mas sabemos que isso não significa muita coisa. Porém, se for para fazer uma comparação mais justa, é possível afirmar que este não é o melhor dos filmes sobre os X-Men, mas certamente é superior à maioria deles." Leia a crítica completa, escrita por Daniel Medeiros. Nota: 4/5.

     

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top