Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Hollywood repercute eleição de Donald Trump nos Estados Unidos
    Por Lucas Salgado — 9 de nov. de 2016 às 09:30
    facebook Tweet

    Ex-apresentador do Aprendiz Celebridades é o novo presidente norte-americano.

    Drew Angerer/Getty Images
    Os Estados Unidos foram às urnas nesta segunda-feira e escolheram seu próximo presidente: Donald Trump. Sim, o ex-apresentador do Aprendiz Celebridades. E, de maneira geral, Hollywood não ficou nada feliz com a escolha. Reunimos algumas das principais repercussões no Twitter sobre a eleição americana.

    E pra abrir os comentários, vamos com o próprio Capitão América. "Esta é uma noite embaraçosa para América. Deixamos um propagador de ódio liderar nossa grande nação. Deixamos um bully liderar o caminho. Estou devastado", destacou Chris Evans.


    Mark Ruffalo foi outro Vingador a se manifestar: "Sabe o que fazemos agora? Terminamos de construir o que começamos e LUTAMOS DE VOLTA! Levantem suas cabeças, irmãos e irmãs."


    O ator e comediante Patton Oswalt também se manifestou: "Eleição 2016 update: Dirigindo até Barstow e pagando para um motorista de caminhão me socar até ficar inconsciente."


    Conhecido pelo trabalho em Modern Family, Jesse Tyler Ferguson afirmou: "Tirando esta noite para lamentar pelas minorias, mulheres, imigrantes, muçulmanos e pela comunidade LGBTQ. Mas amanhã acordarei pronto para a luta."


    O diretor Judd Apatow lembrou dos atuais ocupantes da Casa Branca e lamentou: "Após os incríveis Obamas vai ser terrível ver aquela família horrível na Casa Branca. É como um filme de John Waters."


    Responsável pelo recente Warcraft - O Primeiro Encontro de Dois MundosDuncan Jones preferiu ser irônico. "Obrigado América por zelar pelos meus interesses como homem branco, rico e de educação privada! Já era hora do meu povo estar no comando!", afirmou.


    Já o diretor Rian Johnson, do próximo Star Wars: Episódio VIII, usou uma imagem para manifestar seus descontentamento. Ele postou o símbolo da Aliança Rebelde como forma de resistência. 



    Lenda da comédia, Carl Reiner revelou que a vitória de Trump lhe deu mais um motivo para viver: "Donald Trump me deu, aos 94 anos, uma grande vontade e desejo de viver até os 98 para poder votar em qualquer um que concorrer contra ele."


    Confira outras reações de famosos:















    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top