Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Shailene Woodley diz que não quer terminar A Série Divergente na TV
    Por Rodrigo Torres — 8 de set. de 2016 às 18:06
    facebook Tweet

    Lionsgate decidiu transformar Ascendente em série de TV após o fracasso de seu antecessor, Convergente.

    Hollywood surfou um verdadeiro tsunami de adaptações de livros para o público jovem adulto nesse novo século. Esse hype que nasceu em Harry Potter, se sustentou durante a Saga Crepúsculo e caiu ao fim de Jogos Vorazes fez uma grave vítima nos últimos meses: A Série Divergente.

    O terceiro filme da franquia deu prejuízo nas bilheterias e só rendeu críticas negativas. O fracasso geral de Convergente levou a Lionsgate a cortar o orçamento do quarto e último filme e a optar por terminar a cinessérie na televisão, com uma série derivada. Para surpresa e desagrado do elenco.

    Shailene Woodley nao escondeu seu descontentamento há algumas semanas. Em entrevista mais recente, ela foi perguntada sobre o status da produção. E deixou claro: "Da última vez que eu soube, eles estavam tentando transformá-lo numa série de TV. Eu não assinei [contrato] para fazer uma série de TV."

    A Tris da Série Divergente até relativizou. Ela disse que entende que "o estúdio e todo mundo envolvido podem ter mudado de ideia" e decidido transformar A Série Divergente: Ascendente em "algo diferente". "Mas eu não estou necessariamente interessada em fazer uma série de TV", disparou Shailene Woodley, com uma resposta digna de meme.

    A Série Divergente: Convergente fez US$179 milhões em todo o mundo. Ou seja, nem se pagou, já que apenas o custo de produção foi de aproximadamente US$110 milhões.

     

     

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top