Minha conta
    Rio Festival Gay de Cinema: Romance americano Five Dances é o grande vencedor
    Por AdoroCinema - Assessoria — 15 de jul. de 2013 às 13:30

    Five Dances, romance sobre um dançarino que se apaixona por um colega, foi eleito o melhor filme do festival tanto pelo júri oficial quanto pelo público.

    por Bruno Carmelo

    Depois de dezenas de sessões diferentes, em três salas de cinema, o Rio Festival Gay de Cinema chegou ao fim. O festival apresentou longas-metragens e curtas-metragens de diversas nacionalidades, todos bastante aplaudidos pelo público, que lotou a maioria das sessões. De modo geral, as ficções tenderam ao romantismo e ao otimismo, enquanto os documentários emprestaram um olhar sociológico à comunidade LGBT.

    Em cerimônia realizada na noite de domingo, foram atribuídos os prêmios da edição 2013 do festival. O grande vencedor foi o romance Five Dances (leia a nossa crítica), sobre um dançarino que chega à cidade grande e acaba se apaixonado por um colega de profissão. O filme americano venceu o prêmio do júri e do público. O documentário Camp Beaverton: Meet the Beavers levou o prêmio especial do júri (espécie de "segundo lugar"). Dois filmes brasileiros também foram citados: Eu Te Amo Renato (leia a nossa crítica) levou uma menção honrosa do júri, enquanto A Volta da Pauliceia Desvairada (leia a nossa crítica) foi considerado a Escolha do festival.

    Five Dances

    Veja a lista completa de vencedores:

    LONGAS-METRAGENS Melhor filme - júri popular Five Dances, de Alan Brown Melhor filme - júri oficial Five Dances, de Alan Brown Prêmio especial do júri Camp Beaverton: Meet the Beavers, de Beth Nelsen e Ana Grillo Menção honrosa do júri Eu Te Amo Renato, de Fabiano Cafure Escolha do festival A Volta da Pauliceia Desvairada, de Lufe Steffen

    CURTAS-METRAGENS Melhor filme - júri popular O Segredo dos Lírios, de Brunna Kirsch e Cris Aldreyn Melhor filme estrangeiro - júri oficial Prora, de Stephane Riethauser Melhor filme brasileiro - júri oficial Um Diálogo de Ballet, de Filipe Matzembacher e Márcio Reolon Prêmio especial do júri Love and Anger, de Brian Benson Menção honrosa do júri Queen of the Desert, de Alex Kelly Menções do júri A Caroneira, de Tiago Vinícius Vaz e Otavio Chamorro Mendoza Me Leve para Sair, de José Agripino Quem tem Medo de Cris Negão, de René Guerra

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top