Minha conta
    De Repente, Num Domingo
    De Repente, Num Domingo
    Data de lançamento desconhecida / 1h 55min / Policial
    Direção: François Truffaut
    Roteiro Jean Aurel, François Truffaut
    Elenco: Fanny Ardant, Jean-Louis Trintignant, Jean-Pierre Kalfon
    Título original Vivement dimanche !
    Usuários
    3,0 2 notas e 3 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Em Paris, Julien Vercel (Jean-Louis Trintignant) trabalha como agente imobiliário. Apesar de ser enfadonho e não lhe acontecer problemas, sua vida sofre uma mudança brusca quando Claude Massoulier é assassinado com um tiro de espingarda. Acontece que a vítima era amante de Marie-Christine Vercel (Caroline Sihol), a mulher de Julien, e quando ela é também morta ele se torna o principal suspeito de ambas as mortes. Ironicamente Barbara Becker (Fanny Ardant), que era sua secretária e tinha sido despedida, passa a ser a única pessoa que realmente crê na inocência de Julien. Enquanto o mantém escondido, ela investiga o caso por conta própria e acaba se deparando com situações bem surpreendentes.

    Pela web

    Elenco

    Fanny Ardant
    Personagem : Barbara Becker
    Jean-Louis Trintignant
    Personagem : Julien Vercel
    Jean-Pierre Kalfon
    Personagem : Massoulier (the priest)
    Philippe Laudenbach
    Personagem : Maitre Clement
    Ficha completa

    Fotos

    20 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Vários

    - Último filme de François Truffaut como diretor;- Este é o 2º filme em que o diretor François Truffaut e a atriz Fanny Ardant trabalharam juntos. O anterior fora A Mulher do Lado (1981).

    Prêmios

    BAFTAIndicaçãoMelhor Filme EstrangeiroCÉSARIndicaçõesMelhor Diretor - François TruffautMelhor Atriz - Fanny Ardant

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade França
    Distribuidor -
    Ano de produção 1983
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Francês
    Formato de produção 35 mm
    Cor Preto & Branco
    Formato de áudio Mono
    Formato de projeção 1. 66
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • ADEMAR
      Filme menor de FRANÇOIS TRUFFAUT, com muitas pontas esparsas, que não conseguem se encaixar. Tentou fazer um filme, no estilo de seu grande mestre ALFRED HITCHCOCK, porém, deu-se mal. Filme são feitos, para serem digeridos, lidos com coerência e não ficarmos na elocubração, para advinhar o que o diretor, quer passar-nos. Está mais para os filmes policiais piegas de JEAN-LUC GODARD.
    Mostrar comentários
    Back to Top