Minha conta
    O Rei e Eu
    Média
    3,7
    24 notas
    Você assistiu O Rei e Eu ?

    4 Críticas do usuário

    5
    1 crítica
    4
    2 críticas
    3
    0 crítica
    2
    1 crítica
    1
    0 crítica
    0
    0 crítica
    Josmar D.
    Josmar D.

    Seguir usuário 11 seguidores Ler as 56 críticas

    2,5
    Enviada em 25 de setembro de 2014
    me desculpe os intelectuais mas não consegui gostar desse filme..... bem que tentei mas não consegui. tenho vários filmes com YUL BRYNNER , todos ótimos ,em particular só esse que não gostei o suficiente para dar 10. achei a imagem ( FOTOGRAFIA ) linda o cenário e tal mas o filme em si um tanto fraco.não sou cinéfilo profissional , sou só uma pessoa comum que assiste filmes todos os dias e coloca sua opinião da maneira mais simples possível aqui no site, diga-se de passagem com alguns possíveis de portugues que desde já peço desculpa.
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Seguir usuário 47.010 seguidores Ler as 2.343 críticas

    4,5
    Enviada em 11 de agosto de 2020
    Ótimo! Considerado como um dos melhores musicais de todos os tempos! vencedor de cinco óscar, melhor ator para Yul Brynner, melhor figurino, direção de arte, melhor som e trilha sonora, todos merecidos. vale- se destacar as cores vivas que transborda esse linda história de poder e libertação. Clássico!
    Miguel Neto
    Miguel Neto

    Seguir usuário 63 seguidores Ler as 98 críticas

    4,5
    Enviada em 6 de abril de 2014
    Depois de muitos e muitos anos assisti esse clássico novamente, lembro-me desse filme das antigas sessões da tarde ou até de um seriado para TV que passava na minha adolescência.
    O filme é um clássico feito totalmente em estúdio, embora muitas vezes os cenários não pareçam naturais nota-se o esmero em sua confecção.
    Algumas vezes é musical, algumas vezes comédia e outras vezes um romance. Hoje o Sião não existe mais, mas de qualquer maneira nota-se a visão caricata que os ocidentais tinham (e ainda tem) sobre o oriente.
    O capricho dos figurinos orientais com riqueza de detalhes e dos vestidos enormes da Deborah Kerr são uma atração à parte (hoje em dia até cômico).
    O ponto alto do filme é a apresentação da Cabana do Pai Thomaz adaptado para o teatro Siamês, só essa parte já vale o filme.
    O filme vale cada minuto de todas as suas 2 horas e meia de produção.
    Rita C.
    Rita C.

    Seguir usuário Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 20 de abril de 2015
    Amo este filme desde a primeira vez que o assisti, e comprei uma cópia em DVD para ter a lembrança das maravilhosas atuações de Yul Brynner e Débora Kerr!!!
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top