Minha conta
    ¿A quién te llevarías a una isla desierta?
    Média
    2,6
    5 notas e 2 críticas
    distribuição de 2 críticas por nota
    0 crítica
    0 crítica
    2 críticas
    0 crítica
    0 crítica
    0 crítica
    Você assistiu ¿A quién te llevarías a una isla desierta? ?

    2 críticas do leitor

    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 22184 seguidores Ler as 1 298 críticas deles

    3,0
    Enviada em 5 de maio de 2019
    Na última noite juntos, as vidas de quatro colegas de apartamento de longa data mudam repentinamente quando um segredo é revelado durante uma celebração.

    um filme espanhol que me surpreendeu mais pelo desfecho do que pela história em si, nada acontece de muito interessante até o momento em que quatro amigos estavam fazendo uma última festa de despedida e numa simples brincadeira Segredos começam a aparecer e as coisas começam a mudar nesse ponto que a história fica interessante⭐⭐⭐
    Phellype M
    Phellype M

    Segui-los 1019 seguidores Ler as 424 críticas deles

    3,5
    Enviada em 24 de maio de 2020
    Eita filme "gigante" no sentido "mensagem"! As produções espanholas vem tendo um grande destaque na minha opinião, seja as suas séries ou filmes, com os atores sendo bem conhecidos e amado pelo público! Temos aqui um filme com um roteiro surpreendente! Apesar de ter um começo lento e monótono, os diálogos crescem e se transformam após uma brincadeira, são revelados segredos e mágoas de um grupo de "amigos", que afinal tudo se complica... O mais legal dessa história, é poder ver, depois de 5 anos, o reencontro de dois deles, e saber o que cada um trilhou na sua jornada individual, é Incrível notar, como um título de um filme, pode dizer muita coisa! E que esse filme, não é mais só um drama, mas sim algo que aprendemos na vida real, e nos faz refletir, as nossas amizades, escolhas e circunstâncias da vida, e momentos, e que tudo acontece por uma razão! Mágoas, perdas e desilusões fazem parte da história de cada um de nós.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top