Minha conta
    Happy Hour - Verdades e Consequências
    Nota média
    2,1
    publicações
    • Carmattos
    • Cinema com Rapadura
    • Cinepop
    • Cineweb
    • O Globo
    • Papo de Cinema
    • Observatório do Cinema

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    críticas da imprensa

    Carmattos

    por Carlos Alberto Mattos

    Um divertido mosaico de ideias em torno da muito burguesa noção de fidelidade conjugal. E também sobre a distância que separa as teorias libertárias (“É preciso dar espaço para o desejo”) da prática no plano das relações.

    A crítica completa está disponível no site Carmattos

    Cinema com Rapadura

    por Robinson Samulak Alves

    Sem soar pedante, o filme consegue passear bem entre estilos, mas se perde nas escolhas narrativas.

    A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

    Cinepop

    por Karolen Passos

    "Happy Hour – Verdades e Consequências" é uma dessas produções que começam sem pé e terminam sem cabeça, mas insere alguns debates no meio da dramaturgia para não deixar a sensação total de vazio.

    A crítica completa está disponível no site Cinepop

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    Um longa que atira para diversos lados geralmente errando seus alvos, tentando transportar para o cenário nacional aquele tipo de comédia existencialista que os argentinos tem feito, mas que também mostra sinais de cansaço até no seu país.

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    O Globo

    por Daniel Schenker

    Albergaria conta com interpretações empenhadas e inspirada trilha de Darío Skenazi, mas apresenta situações pouco críveis – como a súbita e duradoura fama de Horácio – e demonstra dificuldade em entrelaçar os assuntos.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    Papo de Cinema

    por Leonardo Ribeiro

    Essa mescla de variações de comicidade – humor insólito, intelectualizado, pastelão – a pitadas mais dramáticas é feita de modo titubeante, sem ritmo, expondo um acúmulo de situações e temáticas secundárias que se conectam fragilmente ao arco principal.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    Observatório do Cinema

    por Caio Lopes

    Talvez sua falta de disciplina na escrita seja a causa para um roteiro tão atrapalhado e indeciso, que ainda não possui nenhuma noção de ritmo interno – a introdução estufada e acelerada, seguida de um meio repetitivo, faz o todo parecer interminável.

    A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top