Minha conta
    Rúcula com Tomate Seco
     Rúcula com Tomate Seco
    23 de novembro de 2017 No cinema | 1h 35min | Comédia
    Direção: Arthur Vinciprova
    |
    Roteiro Arthur Vinciprova
    Elenco: Arthur Vinciprova, Juliana Paiva, Camila Amado
    Imprensa
    1,2 3 críticas
    Usuários
    2,7 7 notas, 2 críticas
    Assistir em streaming
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Não recomendado para menos de 14 anos

    Depois de ficarem separados por um tempo, Pablo (Arthur Vinciprova) e Suzana (Juliana Paiva) acabam se reencontrando num motel. É aí que começam a conversar e questionar os motivos qu e levaram o fim do relacionamento.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
    Netflix
    Netflix
    Por assinatura

    Trailer

    Rúcula com Tomate Seco Trailer 3:02
    Rúcula com Tomate Seco Trailer
    1.396 visualizações

    Últimas notícias

    Pai em Dose Dupla 2 é a maior estreia da semana
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 23 de novembro de 2017

    Elenco

    Arthur Vinciprova
    Personagem : Pablo
    Juliana Paiva
    Personagem : Suzana

    Comentários do leitor

    Marcus Cezar Meyer Sukevicius
    Marcus Cezar Meyer Sukevicius

    29 seguidores 155 críticas Seguir usuário

    0,5
    Enviada em 11 de setembro de 2020
    Apesar de gostar muito de Juliana Paiva, atriz expressiva, ela sozinha não consegue segurar a fraquíssima trama. O filme se arrasta de forma enfadonha, alternado cenas do presente e do passado sem chegar a lugar algum. Muito difícil para se conseguir ver o filme todo.
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 27 de novembro de 2017
    Gostei muito, me identifique com as situações do filme, romântico, poético e com várias dituações cômicas sai leve do cinema. Muito bom.

    Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Quatro em um

    Baseada na peça de mesmo nome escrita por Arthur Vinciprova, que também dirige, produz e atua no filme.

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade Brasil
    Distribuidor -
    Ano de produção 2017
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 1 curiosidade
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes : Melhores filmes do ano 2017, Melhores filmes Comédia, Melhores filmes de Comédia de 2017.

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      - 164º filme de 2.019 - Visto em 28/05...- Eu, às vezes, dou uma chance para as comédias nacionais, com exceção dos filmes (?) protagonizados pelos chatos e insuportáveis Fábio Porchato, Ingrid Guimarães, Leandro Hassum, Marcelo Maladnet e Paulo Histriônico Gustavo (se eles são humoristas, eu sou o Lionel Messi)! E, em quase todas as vezes, a decepção é grande, e esse filme não é uma exceção dessa regra! Já falei aqui que a Juliana Paiva é uma boa atriz (e único motivo que me levou a assistir esse filme, na resenha do filme O Homem Prefeito, 133º filme de 2.019, visto no dia 30/04, e vou repetir o que escrevi sobre ela: Ela é simplesmente apaixonante! Uma da mulheres mais bonitas do Brasil, sensual na medida certa e aparentando ser uma simpatia de pessoa, ela já é uma das melhores atrizes dessa geração com o nome consolidado na televisão! Tomara que apareça mais vezes no cinema! Não sou escritor nem roteirista, mas tenho a ideia de uma série que, se um dia eu conseguir escrevê-la, gostaria que ela fizesse o papel principal, juntamente com a Giovanna Lancelotti ou a Agatha Moreira!)! Então, não dá para entender o porque dela ter aceitado esse papel ruim num filme extremamente forçado! Ou ela é ou era namorada ou muito amiga do diretor ou ela ganhou muito dinheiro, o que não me parece ser o caso aqui! E falando no diretor do filme, o desconhecido Arthur Vinciprova (que também é o ator principal e roteirista, além de desempenhar outras funções no filme, ruim em todas essas funções), me parece que ele tentou fazer um Entre Lençóis (2.008), voltado pra comédia romântica e não conseguiu! Aliás, passou bem longe de conseguir algo positivo nesse filme! Tirando a Juliana Paiva, e as boas e engraçadas participações de Camila Amado e Daniel Dantas, tudo é ruim e extremamente forçado nesse filme, sobre um ex casal que se reencontra depois de meses separados, vão para um motel, discutem a relação em meio a flashbacks do relacionamento, e acabam ficando juntos no final, mesmo depois de revelações de traições, que o protagonista é ruim de cama e por aí vai! A participação do péssimo Lucas Lucco no final é a rúcula mais azeda de uma pizza ruim! Fuja...- Nota: 1,5/10 (tão ruim quanto a pizza que dá nome ao filme)...
    Back to Top