Minha conta
    Casal Improvável
    Nota média
    3,5
    publicações
    • Collider
    • Cinepop
    • Folha de São Paulo
    • O Globo
    • Omelete
    • The Guardian
    • The Playlist
    • Télérama
    • Observatório do Cinema
    • Chicago Sun-Times
    • Cineplayers
    • Cineweb
    • Críticos.Com.Br
    • New York Times
    • Papo de Cinema
    • The Hollywood Reporter
    • Variety
    • Screen Rant
    • Washington Post

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    críticas da imprensa

    Collider

    por Matt Goldberg

    Uma comédia romântica perfeita nos moldes clássicos de "Uma Linda Mulher" e "Meu Querido Presidente", mas com o caráter ousado e malicioso típico das comédias de Seth Rogen. O filme é terno, engraçado e divertido.

    A crítica completa está disponível no site Collider

    Cinepop

    por Renato Marafon

    Com uma direção ágil e segura, Jonathan Levine consegue misturar cenas dramáticas e humor sem nunca parecer piegas, entregando uma produção que diverte e apaixona ao mesmo tempo.

    A crítica completa está disponível no site Cinepop

    Folha de São Paulo

    por Thales de Menezes

    Nas boas sacadas do roteiro, "Casal Improvável" ganha muitos pontos, mas o filme dificilmente existiria sem o entrosamento do casal de atores. [...] "Casal Improvável" fornece duas horas de diversão, sem reparos. No atual cenário da produção cinematográfica, já está bom demais.

    A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

    O Globo

    por Mário Abbade

    Como o tema envolve o confronto entre o idealismo e o cinismo na política, ele insere o típico humor ácido do diretor Billy Wilder na receita, numa clara demonstração de que tem repertório. Tudo embalado em bela atuação da dupla protagonista.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    Omelete

    por Júlia Sabbaga

    A história poderia soar repetitiva se os gêneros estivessem trocados, mas trazer a protagonista feminina como a poderosa que se diverte com o humor de "homem comum" de seu par entrega um novo brilho à trama tradicional de "Uma Linda Mulher".

    A crítica completa está disponível no site Omelete

    The Guardian

    por Kristy Puchko

    O elenco conta com atores com jogadores incrivelmente engraçados. Com uma irreverência, "Casal Improvável" é extremamente engraçado. O romance funciona porque Rogen e Theron compartilham uma química fácil, mas o final diminui a mensagem do filme sobre padrões sexistas e empoderamento feminino.

    A crítica completa está disponível no site The Guardian

    The Playlist

    por Griffin Schiller

    Uma comédia hilária, comovente e relevante, sem medo de assumir suas raízes de comédia romântica. Um filme divertido e muito agradável, que deve deixar um sorriso no rosto do espectador mais cético.

    A crítica completa está disponível no site The Playlist

    Télérama

    por Jérémie Couston

    Ao lado de Seth Rogen, imperial como de costume, Charlize Theron, sempre demonstrando um excelente timing cênico, revela um talento para comédia que nunca tinha mostrado antes.

    A crítica completa está disponível no site Télérama

    Observatório do Cinema

    por Caio Lopes

    Rogen e Theron então fazem do improvável algo surpreendentemente sincero, com trocas de diálogo que podem ser tanto ácidas e politicamente incorretas, quanto genuinamente românticas, e às vezes, as duas coisas ao mesmo tempo!

    A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

    Chicago Sun-Times

    por Richard Roeper

    Há uma certa vulnerabilidade e inteligência no personagem de Rogen. Embora “Casal Improvável" tenha seus momentos relevantes de comentário social, o primeiro sinal de que não devemos levar nada disso a sério é o personagem de Rogen.

    A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

    Cineplayers

    por Bernardo D.I. Brum

    É um filme que pode ser acusado de ser mais do mesmo: água com açúcar e um pouquinho de pimenta.

    A crítica completa está disponível no site Cineplayers

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    É uma história repleta de boa vontade, querendo ser relevante em seu comentário sobre o estado de algumas coisas, mas, ao mesmo tempo, divertido e leve. A combinação não funciona muito bem, mas tem lá seus momentos engraçados.

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    Críticos.Com.Br

    por Luiz Fernando Gallego

    A mulher na presidência americana é um bom tema que rola de modo um tanto fantasioso - mas já é melhor do que não abordá-lo. O elenco é fundamental neste tipo de filme e o casal central está como o diabo gosta.

    A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

    New York Times

    por Manohla Dargis

    "Casal Improvável" não vai salvar a comédia romântica, mas é uma dose de adrenalina de puro prazer para o o gênero. [...] O roteiro é consistente, genialmente engraçado, cheio de brincadeiras e bobagens, e cravado com sinceridade e alguns floreios.

    A crítica completa está disponível no site New York Times

    Papo de Cinema

    por Robledo Milani

    Sem ser engraçado a ponto de beirar o deboche – a graça vem quase que exclusivamente da inadequação do personagem de Rogen ao universo proposto pela namorada – e nem demasiadamente sexy [...], "Casal Improvável" peca, ainda, por uma edição um tanto preguiçosa.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    The Hollywood Reporter

    por John DeFore

    Como sua protagonista feminina, cuja relação com a cultura pop e a diversão terminaram quando ela decidiu mudar o mundo no ensino médio, o filme está, de certa forma, preso nos anos 90, mas pode encantar quem colocar de lado a implausibilidade.

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    Variety

    por Peter Debruge

    Mais assustador do que romântico, mais chauvinista do que empoderado - e com toda a justiça, mais divertido que qualquer comédia em meses - “Casal Improvável” pode se desdobrar contra o pano de fundo da política americana, mas os valores do próprio filme parecem muito retrógrados.

    A crítica completa está disponível no site Variety

    Screen Rant

    por Sandy Schaefer

    Levine combina humor malicioso (graças a seu colaborador frequente, Seth Rogen) com uma história de amor verdadeiro. [...] Embora desperte algumas risadas e sirva como uma comédia romântica decente, "Casal Improvável" é prejudicado pelas tentativas esparsas de fazer uma sátira política.

    A crítica completa está disponível no site Screen Rant

    Washington Post

    por Ann Hornaday

    Para aproveitar "Casal Improvável”, é preciso abandonar a descrença junto com quaisquer apegos sentimentais como diálogo cintilante, estrutura orgânica e química genuína. Bem-vindo ao mundo barulhento e alegre do filme.

    A crítica completa está disponível no site Washington Post
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top