Minha conta
    Espírito Jovem
    Nota média
    2,9
    publicações
    • Omelete
    • Collider
    • Chicago Sun-Times
    • Cineweb
    • New York Times
    • O Globo
    • Observatório do Cinema
    • Screen Rant
    • The Playlist
    • Washington Post
    • Papo de Cinema
    • Boston Globe
    • Screen International
    • The Hollywood Reporter
    • Variety

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    críticas da imprensa

    Omelete

    por Natália Bridi

    Essa é uma história que já foi contada, mas feita com dedicação e entusiasmo contagiantes. É possível se emocionar, bater o pezinho durante as cenas musicais e sair sem medo com um sorriso no rolar dos créditos.

    A crítica completa está disponível no site Omelete

    Collider

    por Jeff Sneider

    Eu fui agradavelmente surpreendido por esta fábula fragmentada sobre uma adolescente tímida [...] Pode ser uma história convencional do azarão, mas ela é bem conduzida por Minghella e pela atriz principal, Elle Fanning.

    A crítica completa está disponível no site Collider

    Chicago Sun-Times

    por Richard Roeper

    “Espírito Jovem” não é tímido em puxar nossas cordas do coração em várias frentes. Lágrimas são derramadas. Abraços são abraçados. As músicas são mais do que apenas músicas. Minghella faz um bom trabalho de capturar a essência do show de talentos e todo o seu apelo voraz e viciante.

    A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    Fanning, como já provou diversas vezes, é uma grande atriz, mas não tem como superar uma personagem que parece crua e nunca faz muito sentido em suas ações. De qualquer forma, ela canta – e como canta! Talvez a grande qualidade aqui.

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    New York Times

    por Jeannette Catsoulis

    “Espírito Jovem” é clichê e agradavelmente diferente. As batidas rítmicas de sua história de ascensão para a fama são confortavelmente familiares. No entanto, o humor pungente transformam a energia pop da trilha sonora em um grito ansioso para ser ouvido.

    A crítica completa está disponível no site New York Times

    O Globo

    por Carlos Helí de Almeida

    O diretor Max Minghella, filho do lendário Anthony Minghella (“O Paciente Inglês”), reconhece que está lidando com um tema clichê e aqui tenta oferecer algo além da velha história do talento imaturo em busca do sucesso em sua arte.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    Observatório do Cinema

    por Caio Lopes

    A fórmula de "Espírito Jovem" nunca deixa de agradar, mas soa excessivamente familiar em seu enésimo replay, e mesmo as boas interpretações de Fanning [...] e Buric [...] são dadas o dever de sustentar personagens tipificadas.

    A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

    Screen Rant

    por Sandy Schaefer

    "Espírito Jovem" é uma história de passagem à fase adulta tão simples quanto exuberante. Assim como as músicas pop mais famosas, ele consegue trazer um fôlego novo à velha fórmula.

    A crítica completa está disponível no site Screen Rant

    The Playlist

    por Jordan Ruimy

    Existe ambição visual, e uma simplicidade que torna o filme fácil de ver, mas este é o problema. Apesar da habilidade notável do diretor, o aspecto convencional do roteiro prejudica tanto o trabalho de Minghella quanto a atuação competente de Elle Fanning.

    A crítica completa está disponível no site The Playlist

    Washington Post

    por Michael O'Sullivan

    Minghella, que também escreveu o roteiro, tem o bom senso de terminar seu filme exatamente no ponto em que muitos outros apenas começariam: no ponto de inflexão do estrelato. [...] O longa traz uma história que é ambivalente sobre o próprio significado e existência de um feliz para sempre.

    A crítica completa está disponível no site Washington Post

    Papo de Cinema

    por Robledo Milani

    Sem uma protagonista com a qual se possa simpatizar ou um diretor que tenha claro o que pretende com sua obra, resta pouco a "Espírito Jovem" além dos bons momentos musicais e a participação surpresa de Zlatko Buric.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    Boston Globe

    por Ty Burr

    O filme te dá uma boa sacudida até as luzes se acenderem e você perceber que ainda quer mais. Parte do problema é o roteiro, que inclui linhas de diálogo muito genéricas.

    A crítica completa está disponível no site Boston Globe

    Screen International

    por Wendy Ide

    A estreia de Max Minghella na direção é uma experiência insatisfatória. Os elementos centrais e as músicas são fortes, mas o roteiro parece um pouco magro, cheio de fios desgastados, que nunca estão devidamente entrelaçados na história.

    A crítica completa está disponível no site Screen International

    The Hollywood Reporter

    por Leslie Felperin

    Embora "Espírito Jovem" tenha um toque de música pop fortemente influenciada pela EDM, do tipo que vende downloads do zilhão em plataformas de varejo digital, esse drama de fazer-de-uma-estrela é antiquado e brega, e não está em um bom caminho.

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    Variety

    por Owen Gleiberman

    O gênero de conto de fadas indie ao qual ele pertence é bem anos 90 ao ponto de ser um pouco chocante. [...] "Espírito Jovem" é muito arrumado, inventado e seguro. Anseia canalizar a alta do grande pop, mas como um filme não tem a imaginação extática para fazer o que o grande pop faz.

    A crítica completa está disponível no site Variety
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top