Minha conta
    Uma Razão para Viver
    Nota média
    2,5
    publicações
    • The Playlist
    • Chicago Sun-Times
    • Collider
    • Observatório do Cinema
    • Boston Globe
    • Cineweb
    • Screen International
    • ScreenCrush
    • Variety
    • Washington Post
    • Folha de São Paulo
    • O Globo
    • Papo de Cinema
    • The Hollywood Reporter
    • New York Times

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    críticas da imprensa

    The Playlist

    por Gregory Ellwood

    Garfield tem que nos fazer prestar atenção neste personagem e torcer por ele apenas pelas expressões vistas em seu rosto. Isso se torna ainda mais difícil porque não dá para fazer todas as imagens serem um close-up.

    A crítica completa está disponível no site The Playlist

    Chicago Sun-Times

    por Richard Roeper

    "Uma Razão para Viver" é uma história inspiradora, bem contada, e essencialmente uma biografia [...] de um assunto muito meritório, com apenas algumas explosões de estilo estilístico e um par de surpresas menores, na melhor das hipóteses.

    A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

    Collider

    por Adam Chitwood

    O filme traz uma história de amor adorável, e embora ele abuse dos efeitos românticos até quase esquecer do drama, Serkis executa um trabalho admirável atrás da câmera e Garfield e Claire Foy trazem atuações muito boas.

    A crítica completa está disponível no site Collider

    Observatório do Cinema

    por Giovanni Rizzo

    O roteiro do filme é amarrado por diversas situações que descaracterizam aquele personagem como um pobre coitado, ou qualquer coisa do gênero, uma batalha por apenas continuar fazendo aquilo que ele já fazia.

    A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

    Boston Globe

    por Peter Keough

    Inspirador, mas as emoções mais profundas e complexas são inexploradas. Não é culpa do desempenho de Foy; Ela traz profundidade, humor e convicção ao seu papel como esposa devotada. Garfield, por outro lado, trabalha poderosamente, mas não consegue superar a superficialidade do personagem...

    A crítica completa está disponível no site Boston Globe

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    A vida exemplar de Robin, porém, é apresentada com um verniz de beleza e alegria, como se a pólio fosse apenas um catalisador para transformar o protagonista numa pessoa melhor e divertida. As cenas soam um tanto forçadas, ora para fazer rir, ora, para chorar.

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    Screen International

    por Wendy Ide

    A falta de distância emocional entre os cineastas e o sujeito - produtor Jonathan Cavendish é o filho de Robin e Diana - pode explicar a abordagem de celebração. Isso é compreensível, talvez, mas resulta em falta de luz dramática e sombra, e uma ausência de textura na caracterização.

    A crítica completa está disponível no site Screen International

    ScreenCrush

    por Erin Oliver Whitney

    Embora o filme seja uma estreia decente de Serkis como diretor, ele está longe de ser memorável. A culpa disso é principalmente do material, superficial e dependente demais de clichês para despertar qualquer sentimento.

    A crítica completa está disponível no site ScreenCrush

    Variety

    por Guy Lodge

    Este filme biográfico fervorosamente romântico e inesperado entre o paciente de poliomielite Robin Cavendish e sua firme esposa, Diana, mantêm os olhos úmidos e o lábio superior rígido até o final -, mas seus gestos vastos de inspiração raramente chegam até o coração.

    A crítica completa está disponível no site Variety

    Washington Post

    por Alan Zilberman

    A história do roteirista William Nicholson ("Evereste") salta de um grande episódio da vida de Robin para outro, mas com nenhum desses episódios mergulhando em sua vida interior, "Uma Razão para Viver" continua a ser um filme superficial que força as lágrimas do público.

    A crítica completa está disponível no site Washington Post

    Folha de São Paulo

    por Alexandre Agabiti Fernandez

    O filme não vai muito além de suscitar e manter a compaixão do espectador. A narrativa privilegia os bons momentos, os instantes vitoriosos, de amor conjugal, felicidade familiar e camaradagem entre Cavendish e os amigos.

    A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

    O Globo

    por Susana Schild

    A passagem para a tela em tom de conto de fadas retira boa parte da sua credibilidade. Nesta estreia na direção de Andy Serkis, o casal retratado é perfeito demais para ser verdade, ou seja, não se queixa, não lamenta, não sofre. E, mais grave, não convence.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    Papo de Cinema

    por Robledo Milani

    Andy Serkis deixa claro ter se cercado dos cuidados necessários para essa sua estreia atrás das câmeras, tendo deixado de lado apenas o mais importante: o olhar de quem, de fato, deseja contar uma história, e não apenas enfileirar uma série de fatos.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    The Hollywood Reporter

    por Stephen Dalton

    "Uma Razão para Viver" claramente aponta para as emoções dolorosas do coração como a biografia de Stephen Hawking [...]. No entanto, isso é muito uma cópia grosseira, e suas nobres intenções são prejudicadas por um roteiro triplo, personagens planos e um tom implacavelmente sentimental que eventualmente começa a rastejar.

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    New York Times

    por Jeannette Catsoulis

    Não fornecendo nenhum indício de trabalho cauteloso e da tensão mental de sua dificuldade, este filme delicado (produzido pelo filho do casal, Jonathan Cavendish, e dirigido por seu amigo, o ator Andy Serkis) é um circuito fechado de lembranças cor-de-rosa.

    A crítica completa está disponível no site New York Times
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top