Minha conta
    Meus 15 Anos
    Média
    2,5
    239 notas
    Você assistiu Meus 15 Anos ?

    19 Críticas do usuário

    5
    4 críticas
    4
    3 críticas
    3
    6 críticas
    2
    0 crítica
    1
    5 críticas
    0
    1 crítica
    Daniel Cônsolo Soares ..
    Daniel Cônsolo Soares ..

    Seguir usuário Ler a crítica

    1,0
    Enviada em 28 de junho de 2017
    Com um roteiro fraco, previsível e clichê, esse filme nos presenteia além de tudo um show de atuações rasas e quase inócuas, Uma direção sem compromisso, acompanhada de uma fotografia que de primeira parece ser interessante mas que depois se torna comum e algumas vezes irritante. Uma edição descontrolada que usa diversas vezes uma aceleração do tempo completamente inútil e desnecessária. A direção de arte desse filme é quase inexistente, nenhuma cena é bonita aos olhos, com exceção de UMA, apenas UMA cena perto de sua melhor parte, o final. Conclusão clichê e completamente previsível. O filme não é para mim, mas eu estou criticando como FILME, é exatamente igual como se eu criticasse clássicos como: Poderoso chefão ou Cidadão Kane.
    João H.
    João H.

    Seguir usuário 48 seguidores Ler as 4 críticas

    3,0
    Enviada em 24 de junho de 2017
    Estou quase chegando aos meus 25 anos, mas convidei meu lado adolescente para entrar em uma festa de debutante que já vinha sendo aguardada há algum tempo. Trata-se do filme “Meus 15 Anos”, dirigido por Carolina Fioratti e adaptado do livro de Luiza Trigo. E esse é um dos casos raros em que a peça audiovisual supera o original literário.

    O livro é bastante clichê, focado na garota rica que tem uma festa de 15 anos como sempre sonhou e que percebe que seu melhor amigo é, na verdade, seu grande amor. O filme, por sua vez, rompe um pouco esse clima monótono ao transformar Bia numa garota isolada socialmente, que perdeu a mãe ainda jovem e que nega a vontade de ter uma festa.

    Mesmo tendo muitas modificações, o filme procurou seguir a direção do livro no sentido de trazer uma narrativa fácil e previsível ao espectador. Como alguns críticos mencionaram, a “estética clean” e o clima “simpático e jovial” remetem a diversos filmes norte-americanos voltados ao público teen.

    Muito se tem falado sobre a presença da Larissa Manoela em seu primeiro papel como protagonista no cinema; no entanto, os holofotes deveriam mesmo brilhar sobre Daniel Botelho, o ator que deu vida ao carismático Bruno. Com os sentimentos potencializados (convívio social perturbado, abandono, paixão não correspondida, etc.) em uma interpretação refinada, torna-se automática a identificação com o garoto.

    Os demais personagens são retratos imitados da adolescência, a fase em que muito se molda para se encaixar nos grupos mais populares. Existe uma tentativa forçada de transformar uma das “mocinhas” em “vilã”, mas que não convence totalmente. O verdadeiro antagonista continua sendo Tiago, o garoto por quem Bia é apaixonada.

    A presença de Pyong Lee foi uma forma somente de atrair o público da internet, visto que qualquer ator com o mínimo de experiência se encaixaria melhor no personagem. Já a presença de Anitta, diferente do que inicialmente se aparenta, ultrapassou a expectativa midiática e se tornou simbologia para a força feminina.

    Com um final sinceramente surpreendente – além de ser diferente do final do livro, ainda não é o esperado por muitos dos espectadores –, o filme traz um equilíbrio de acertos (diálogos cômicos, núcleos bem construídos, relações afetivas comoventes) e erros (passagens inverossímeis, ações sem justificativa, falta de identidade).

    Num geral, é um filme 3 estrelas, das 5 que costumam compor a constelação da crítica. Sem palavrões ou cenas comprometedoras, pode ser apreciado por crianças, adolescentes ou adultos sem que se entedie. Como um telefilme do Disney Channel.

    PS: Poucos percebem o casal lésbico do filme, numa sutil defesa a todos os tipos de amor.
    Vitor P
    Vitor P

    Seguir usuário 11 seguidores Ler as 13 críticas

    3,5
    Enviada em 16 de junho de 2017
    Não sou o publico alvo do filme, mas ainda sim assisti e vou dar minha opinião sobre. É um filme para adolescentes, se trata de uma menina com poucos amigos e que ganha uma festa de 15 anos, é um produto típico, formula MUITO batida, não há como negar que o roteiro é preguiçoso parece que tudo é entregado mastigado para que os espectadores engulam sem pensar em absolutamente nada, porém o que mais me incomodou foi a presença desses youtubers, não sei se é implicância minha, porém, mais uma vez empurram esses retardados guela abaixo (que por sinal vende, e muito) sem graça e sem motivação apenas pra gerar receita e chamar publico, ainda melhor que “internet o filme – esse sim é uma bomba completa”. Outro ponto é Anitta, meia jogada, perdida, já que não atua bem só faz uma participação aturável sem afetar muito o andamento da coisa. Já um ponto positivo é Larissa Manoela, a menina sabe brilhar e essa vai longe, sem dúvidas. Existem alguns erros de continuidade com a questão dos óculos, mas nada que afete o filme, a fotografia impecável, resumindo, não assista a esse filme esperando uma critica social foda ou algo do tipo, é apenas um filme para família, mais pra uma relação com pai e filha e algo mais humano, passatempo.
    Thales H.
    Thales H.

    Seguir usuário 23 seguidores Ler as 100 críticas

    3,5
    Enviada em 8 de setembro de 2020
    Mais um filme teen clichê, mas mesmo assim é bom, não excelente, mas bom. E só isso já é o bastante para esse tipo de filme.
    Jessica Souto
    Jessica Souto

    Seguir usuário 16 seguidores Ler as 43 críticas

    3,0
    Enviada em 29 de dezembro de 2017
    Pensei que fosse beeeem chato, mas é ate interessante! engraçadinho em alguns momentos, porém, não deixa de ser uma historia bem clichê.
    Danny Sincerona
    Danny Sincerona

    Seguir usuário 10 seguidores Ler as 175 críticas

    3,5
    Enviada em 3 de agosto de 2020
    Eu tenho que admitir... posso não ser fã da Larissa Manoela, mas que ela é uma boa atriz isso eu não posso negar. A garota é realmente boa no que faz.
    Eu fiquei bem surpresa com o conteúdo do filme, pois não foi nada do que eu esperei. Achei que seria bem filme adolescente da sessão da tarde, mas não foi nada disso. Ele traz muita comédia apesar de ter bastante drama também.
    São quase duas horas de filme, mas ele tem uma pegada tão leve e gostosa que passa voado e quando você vê o filme já acabou.
    Teve dois pontos que eu achei bem interessante nesse filme. Um é que a mocinha não tem bem o baile que todos esperavam que ia acontecer, o que quebra essa regra que geralmente tem em vários filmes. Outro ponto, ela não termina com o príncipe encantado, ela se prioriza acima de tudo o que é muito legal, apesar de esperarmos filme inteiro para que ela abra os olhos e enxergue o amigo dela, mas tudo bem.
    Apesar de parecer com um romance, o filme é muito mais que isso. Ele fala do amadurecimento de uma pessoa, que cada coisa tem o seu tempo e que dependendo da suas escolhas você vai ter que seguir um caminho. E eu achei fantástica essa lição de moral.
    Eu sei que isso não tem nada ver, mas o que que a Anitta tem que as pessoas tanto amam ela? Tudo bem que ela é uma boa cantora, mas só isso. Para mim ela não é nenhuma Beyonce para que todos fiquem se matando por ela, e é isso que acaba acontecendo no filme, as pessoas faltam se matar quando a Anitta aparece. Gente pelo amor, cade o amor próprio?
    Bom para finalizar eu tenho que parabenizar o SBT, pois todos os filmes que eu já assisti que foi distribuído por eles, foi mil vezes melhor do que os filmes da Globo que nunca conseguem me agradar.
    Jairo D.
    Jairo D.

    Seguir usuário 1.104 seguidores Ler as 305 críticas

    1,5
    Enviada em 12 de novembro de 2017
    "Meus 15 Anos" é um capítulo cansativo e chato de uma hora e quarenta de uma novelinha do SBT. Uma Pena!
    É clichê ao extremo. É mediano em todas as suas pretensões, investidas e atuações.
    Tudo o que é mostrado não é novidade e já foi AMPLAMENTE esmiuçado por ótimas produções hollywoodianas.
    Mas, não é para se ter tanto espanto assim, pois, estamos diante de uma produção nacional. Onde esta é tomada em sua maior parte, por COMÉDIAS protagonizada por atores/atrizes que REPETEM suas caras e bocas na grande tela. E o mesmo acontece aqui.
    Se esta ""película"" se destina a um público alvo, os adolescentes, estes mesmo devem rever os seus conceitos.
    Nallanda
    Nallanda

    Seguir usuário 1 seguidor Ler as 15 críticas

    4,0
    Enviada em 1 de julho de 2017
    Antes de assistir eu esperava que fosse mais um filme bobinho, mas não era, realmente me surpreendeu, a trama é boa e a produção excelente
    Lucas
    Lucas

    Seguir usuário 9 seguidores Ler as 170 críticas

    1,0
    Enviada em 12 de janeiro de 2022
    Adorocinema deu 3 para um lixo desses tsc tsc tsc sem comentários a melhor parte desse filme é quando ele acaba.
    anônimo
    Um visitante
    1,0
    Enviada em 15 de outubro de 2017
    Puro clicêeee, dá pra saber o q vai acontecer desde os primeiros momentos do filme, além de atuações péssimas, é realmente a mesma coisa q É Fada, porém sem fada e uma trama somente um pouco diferente, mt ruim
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top