Minha conta
    Ella e John
    Média
    3,6
    56 notas
    Você assistiu Ella e John ?

    8 Críticas do usuário

    5
    1 crítica
    4
    2 críticas
    3
    4 críticas
    2
    0 crítica
    1
    1 crítica
    0
    0 crítica
    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 22.209 seguidores Ler a crítica deles

    3,5
    Enviada em 20 de maio de 2018
    Usando o antigo furgão da família, John e Ella Spencer fazem sua última viagem. De Boston, eles planejam cruzar os EUA até a famosa casa de Ernest Hemingway, nas Florida Keys, isso tudo antes que o Alzheimer dele e o câncer dela os atinjam de vez.

    um filme simplesmente maravilhoso com atuações impecáveis e uma história que comove do começo até o fim acho que Todos deveriam assistir para se emocionar com essa grande história de amor⭐⭐⭐🌟
    Nelson J
    Nelson J

    Segui-los 35.207 seguidores Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 14 de abril de 2018
    Ótimos atores, Donald e Helen fazem um casal já no inverno da vida. Ela tem doença terminal e ele sofre com a demência, mas juntos pegam seu trailer e saem em uma última viagem até Key West. Tipico road movie, com revelações sobre o passado e as dificuldades da velhice, com doses de bom humor e drama. Vale a pena.
    Crismika
    Crismika

    Segui-los 618 seguidores Ler as 429críticas deles

    4,5
    Enviada em 16 de julho de 2021
    Um delicado roadie movie da melhor idade que aborda o tema de como a velhice pode ir nos tirando a liberdade de fazer as coisas por conta própria, infelizmente. Permeado por uma belíssima trilha sonora e uma fotografia de encher os olhos, o filme caminha de maneira leve e dócil da aventura dos protagonistas, levando a um final daqueles que te enchem os olhos de lágrimas. Enfim um grande filme delicioso de assistir, principalmente pela atuação de duas grandiosas estrelas como Helen Mirren e Donald Sutherland numa química perfeita. SUPER RECOMENDO!!!
    Denisovith
    Denisovith

    Segui-los Ler as 2críticas deles

    3,0
    Enviada em 4 de junho de 2018
    O roteirista está muito desatualizado: o final deveria estar em acordo com a física quântica, que já mostrou claramente que não somos só matéria mas sim energia. Portanto, o problema de saúde da velhice não se cura por meio do suicidio. O roteirista foi imensamente infeliz no final infeliz dado ao filme.
    Lu Abilio Osboune
    Lu Abilio Osboune

    Segui-los 1 seguidor Ler as 25críticas deles

    1,5
    Enviada em 20 de julho de 2021
    Filme deprimente. Como se a única saída para problemas de saúde da velhice fosse o suicídio. Imagino uma pessoa que está com câncer ou tem alguém com Alzheimer na família vendo esse final patético.
    Me decepcionei com esse desfecho horrível
    Rafa R
    Rafa R

    Segui-los Ler as 4críticas deles

    3,5
    Enviada em 15 de março de 2021
    Ah que filme bom, doce, forte, humano e real. Que atuações fantásticas também dessas duas grandes lendas. Uma reflexão spoiler: sobre as nossas escolhas e sobre o fim da vida
    .
    SERGIO R.
    SERGIO R.

    Segui-los Ler as 3críticas deles

    3,5
    Enviada em 5 de julho de 2018
    Pode um filme falar sobre problemas da velhice sem soar chato ou didático demais? É extremamente difícil, mas pode. ELLA & JOHN consegue. Sem ser um grande filme, emociona e faz pensar. Domando a pieguice, o diretor tem sob sua batuta dois memoráveis intérpretes. Mesmo se fosse ruim, já valeria a pena por Donald Sutherland e Helen Mirren. A partir de temas delicados como o câncer e a senilidade, tem momentos de grande ternura e de fino humor. Donald, discreto, dá o tom exato a um homem sempre com ar perdido e carente. Helen, inglesa de nascimento, faz uma tenaz dona-de-casa norte-americana, lidando com o lento alheamento de seu marido e, de quebra, a sua própria despedida de uma vida feliz. Grandes interpretações num filme pequeno, mas de tocante simplicidade.
    Clovis Saldanha
    Clovis Saldanha

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 21 de agosto de 2021
    Um filme realista quanto ao envelhecimento do casal e o desafio da convivência e a importância do amor e companheirismo.
    Uma visão do viver o momento presente, as formas de conviver com doenças terminais com alegria e coragem e um pouco de picardia.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top