Minha conta
    Doutor Sono
    Nota média
    3,1
    publicações
    • Cineplayers
    • Cinepop
    • ScreenCrush
    • Críticos.Com.Br
    • Observatório do Cinema
    • O Globo
    • Omelete
    • Screen International
    • The Hollywood Reporter
    • Variety
    • Papo de Cinema
    • The Guardian
    • Cineweb

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    críticas da imprensa

    Cineplayers

    por Rodrigo Cunha

    Sem se escorar na nostalgia o tempo todo, "Doutor Sono" consegue a proeza de ser uma sequência direta ao filme de 1980, mas sem ficar totalmente dependente dele.

    A crítica completa está disponível no site Cineplayers

    Cinepop

    por Renato Marafon

    Unindo os elementos do livro ‘O Iluminado‘ e do filme de Kubrick, o terceiro ato da produção é um gigante fan-service para os adoradores da franquia, com direito a inúmeros easter eggs, referências, aparições surpresas e cenas que te deixarão tenso.

    A crítica completa está disponível no site Cinepop

    ScreenCrush

    por Matt Singer

    Mike Flanagan parece totalmente desinteressado em fazer um filme de terror. Em vez disso, ele usa principalmente seu material de origem como veículo para contar uma história muito diferente sobre trauma, ciclos de abuso e mortalidade. Às vezes, também é um filme profundamente emocional.

    A crítica completa está disponível no site ScreenCrush

    Críticos.Com.Br

    por Clara Ferrer

    Adapta a obra de Stephen King e volta ao universo imortalizado por Kubrick, ficando mais forte ao ignorar os mestres e andar com as próprias pernas.

    A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

    Observatório do Cinema

    por Caio Lopes

    Sequência de "O Iluminado" tem sucesso ao explorar ideias diferenciadas e o psicológico das personagens, mas empalidece quando tenta recriar momentos do original e perde o impacto no desfecho.

    A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

    O Globo

    por Mario Abbade

    “Doutor Sono” é uma viagem nostálgica a esse universo e uma espécie de cachimbo da paz entre os dois geniais autores, cada um no seu campo de trabalho.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    Omelete

    por Arthur Eloi

    A trama segue a risca a obra de King, mas adota a estética de Kubrick por inteira. O nível de homenagem é impressionante, mas é o que causa confusão e perda de identidade ao filme. [...] Os momentos que dão certo, porém, vêm pela habilidade de Flanagan.

    A crítica completa está disponível no site Omelete

    Screen International

    por Tim Grierson

    O filme não tenta imitar o clássico de Stanley Kubrick de 1980, concentrando-se nas consequências emocionais de Danny e explorando as implicações daquilo que outros como ele deve enfrentar no mundo. [...] É uma sequência suficientemente boa que não cumpre inteiramente seu potencial.

    A crítica completa está disponível no site Screen International

    The Hollywood Reporter

    por Todd McCarthy

    Não tem Jack Nicholson, Stanley Kubrick ou mesmo muito do Overlook Hotel, mas Rebecca Ferguson e outros bons atores dão um brilho especial a "Doutor Sono",  um acompanhamento prolongado e raramente acelerador de "O Iluminado".

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    Variety

    por Owen Gleiberman

    "Doutor Sono" , é ao mesmo tempo uma adaptação da sequela de King e uma brincadeira de terror de parque temático que trata o Overlook como um playground de pesadelos que agora revisitamos. [...] é um filme prosaico, mas que ganha ondas de choque de emoção.

    A crítica completa está disponível no site Variety

    Papo de Cinema

    por Bruno Carmelo

    O resultado é uma produção competente, muito cuidadosa ao lidar com um filme querido, e comandada por bons atores – Ewan McGregor sempre encarna com destreza os homens traumatizados. Entretanto, Doutor Sono modifica substancialmente a essência do clássico.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    The Guardian

    por Peter Bradshaw

    É mais de meia hora a mais que o filme de Stanley Kubrick, embora pareça mais do que isso - trabalhoso, sem direção e densamente povoado com novos personagens chatos entre os quais o foco narrativo é confuso e dividido.

    A crítica completa está disponível no site The Guardian

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    Nem a própria ideia de Danny como o Doutor Sono é bem explorada, deixando tudo meio vago. Ele se torna um personagem sem graça. Ao invés de tomar "O Iluminado" e "Doutor Sono" para si e fazer “seu” filme, o diretor quis agradar a todos. Com isso, corre o risco de não agradar a ninguém.

    A crítica completa está disponível no site Cineweb
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top