Minha conta
    Fragmentado
    Média
    4,2
    3010 notas
    Você assistiu Fragmentado ?

    143 Críticas do usuário

    5
    26 críticas
    4
    61 críticas
    3
    35 críticas
    2
    10 críticas
    1
    6 críticas
    0
    5 críticas
    Jake D.
    Jake D.

    Seguir usuário 81 seguidores Ler as 109 críticas

    4,5
    Enviada em 7 de maio de 2017
    Fragmentado... o diretor M. Night Shyamalan está cheio de altos e baixos em sua carreira, filmes excelentes como O Sexto Sentido e Sinais, mas também filmes terríveis como O Último Mestre do Ar e Depois da Terra. Em 2015 ele surpreendeu bastante com A Visita, mas é agora que ele finalmente retorna. Kevin (James McAvoy) possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento, e elas passam a viver em cativeiro e ao mesmo tempo tentam achar alguma maneira de escapar. A direção do filme é do M. Night Shyamalan e ele conduz o filme de maneira impecável, as cenas mais tensas são muito bem feitas, os movimentos de câmera são extraordinários. O roteiro é muito inteligente e original, com diálogos extraordinários e um final sensacional, o único problema são os flashbacks do filme, que não funcionam, mas não chega a te tirar do filme. O James McAvoy dá uma excelente interpretação, sendo a melhor coisa do filme, ele convence que há 23 personalidades em seu corpo. Outra que está muito bem é a Anya Taylor-Joy que já havia surpreendido no filme A Bruxa, e aqui mais uma vez ela dá um show de atuação. A cinematografia do filme é muito bonita, o visual em si é excelente, não há nada do que reclamar aqui. Fragmentado marca o retorno do cineasta M. Night Shyamalan, sendo bem dirigido e bem escrito, além de uma interpretação impecável de James Mcavoy, um ótimo suspense. Recomendo!
    Anderson  G.
    Anderson G.

    Seguir usuário 1.042 seguidores Ler as 328 críticas

    3,5
    Enviada em 9 de junho de 2017
    Apos 12 anos de trabalhos mal sucedidos, M. night shyamalan, volta ao seu melhor campo de atuação, o suspense psicológico, mesmo que o roteiro se perca, temos um filme tecnicamente muito bom e com boas atuações, "Fragmentado" é um filme sobre a prisão impostas a nossas vidas e a tentativa de ser livre. O roteiro do filme conta a historia de Kevin (James McAvoy), um homem que tem 23 personalidades que sequestra 3 jovens para as preparar para receber uma nebulosa, brutal e selvagem vigésima quarta personalidade, o roteiro do filme ´poderia seguir um caminho completamente diferente, a partir do terceiro ato a onde é introduzido o elemento do sobrenatural (nem sempre as reviravoltas de Shyamalan são boas), o telespectador se desconecta completamente da película, e o roteiro até então que era assustador, claustrofóbico e incomodo, se transforma em um sc-fi mal explicado, mesmo abrancaçando com todas as forças a pincelada de explicação racional que o filme expõe, fica desconexo e invariavelmente fraco. Temos uma moral legal tratada no filme, há um questionamento sobre liberdade, não á física, mas a psicológica, na visão de Kevin, todos aqueles que já experimentaram a liberdade, já desfrutaram dos prazeres e pecados da vida o que os torna impuros, é uma visão radical que se torna interessante quando Kevin começa a usar suas personalidades dominantes para criar um ambiente e uma personalidade que vai poder aplicar esse conceito, e essa personalidade é justamente uma inspirada em animais ferozes (Kevin vivia em um zoológico) justamente a personalidade que em tese é irracional por se tratar de um animal, esse é um paralelo e uma critica, pois só tal personalidade animalesca poderia impor um conceito tão absurdo de liberdade em pratica, no meio de tudo isso, suas outras personalidades pedem socorro. Tecnicamente o filme é muito bem acabado, com uma fotografia fria, uma trilha sonora que aparece nos momentos certos, uma boa mixagem e ótimas edições e montagem que criam uma das melhores coisas do filme que é o ritmo, o ritmo é muito bem acertado, não peca, mesmo em cenas que se repetem, é sempre progressivo e adora instigar o telespectador, sempre mantendo uma grande áurea de suspense no ar. James McAvoy está otimo, fazendo caras e bocas, ele realmente sabe dar tons diferentes a cada personagem, e anya taylor-joy também está muito bem, inclusive, todo seu arco narrativo funciona em perfeita sincronia com a de James, algo difícil de se alcançar num filme. Por fim, "Fragmentado" é um bom filme que recoloca M. night shyamalan como um dos maiores nomes da industria, a película tem seus erros, é verdades, mas seus 2 primeiros atos são primorosos.
    Ryan
    Ryan

    Seguir usuário 296 seguidores Ler as 332 críticas

    5,0
    Enviada em 26 de novembro de 2019
    Achei a ideia do filme tão diferente e integrante. As atuações são incrivelmente boas, vale muito a pena.
    Ric Brandes
    Ric Brandes

    Seguir usuário 101 seguidores Ler as 102 críticas

    4,5
    Enviada em 28 de março de 2017
    Após Sexto sentido, A vila, Dama na água, Sinais, Corpo Fechado, entre outros, Fragmentado surge como novo filme do diretor M. Night Shyamalan, atingindo grande sucesso de público e crítica em todo o mundo. E no Brasil, não foi diferente.
    O filme traz um thriller psicológico repleto de tensão, com a história de Kevin (Em uma atuação brilhante de James McAvoy, digna de um Oscar), que sofre de transtorno de múltiplas personalidades. 23, pra ser exato. (Achou muito? Não queira saber da 24ª personalidade de Kevin!). Para dar veracidade a história, o diretor se baseou em casos reais para compor seu personagem, fazendo extensas pesquisas com psicólogos e especialistas da área. E no fim de todo este trabalho, surge um filme com todos os elementos clássicos de M. Night Shyamalan.
    O mote do filme gira em torno do sequestro de três adolescentes, que terão que lidar com as múltiplas personalidades do transtornado Kevin, para tentar escapar de seu cativeiro, conhecendo suas várias facetas. Entre as três, destaca-se a atuação de Anya Taylor-Joy (de A Bruxa), uma jovem atriz em ascensão, que também merece elogios.
    Ah, cabe lembrar que Bruce Willis (Corpo fechado) também está em fragmentado, mas aparece somente para trazer uma charada aos espectadores. Fato comum nos filmes do diretor M. Night Shyamalan , as surpresas finais em seus filmes acabam despertando a atenção dos espectadores, e em Fragmentado não seria diferente.
    Se você ficar em dúvida, curioso com o final (sem spoilers! O próprio diretor fez o anúncio, em sua visita recente ao Brasil), saiba que Fragmentado fará parte de uma trilogia, iniciada com Corpo fechado, e que terminará com o próximo filme. O que virá na sequencia? Assista Corpo fechado, Fragmentado, e aguarde o capítulo final de mais um genial trabalho do diretor que adora surpreender (e provocar) seus fãs!
    Cristiano C.
    Cristiano C.

    Seguir usuário 4 seguidores Ler as 28 críticas

    2,5
    Enviada em 31 de março de 2017
    Filme um pouco confuso. O início trás a tona uma realidade cotidiana de um sequestro relâmpago. As vítimas o tempo todo agem por impulso, tendo a vítima principal como destaque, como se fosse muito mais esperta ou entendesse a mente do psicopata. As 23 personalidades não aparecem, na verdade, apenas 10 no máximo são expostas no filme. Focado mais nas três personalidades banidas, a "horda" chama mais a atenção por se tratar de uma mulher, um perfeccionista é uma criança. O final trás a tona uma certa mudança de direção. Já que a realidade "distorcida" da mente vinha sendo bem conduzida até então. O diretor então resolve transformar o desequilibrado em uma fera com superpoderes e cai em uma ironia e até cômica é pífia tentativa de surpresa. O filme deixa de ser interessante para ser vulgar e broxante. As falas finais do roteiro sugerem frases de efeito que possam dar um vislumbre de algo complexo como q mente humana, mas mais uma vez cai na mesmice e falha ao ser um discurso desconexo.
    Rafael B.
    Rafael B.

    Seguir usuário Ler as 3 críticas

    3,5
    Enviada em 23 de maio de 2017
    Gostei principalmente pelas atuações de James McAvoy (Kevin) e Anya Taylor-Joy (Casey) elas seguram o filme fazendo você assistir até o ultimo minuto, a historia achei fraca, principalmente o final, mesmo assim recomendo pelas atuações e considero um bom filme.
    lucas B.
    lucas B.

    Seguir usuário 1 seguidor Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 13 de abril de 2017
    Sensacional!! O ator é muito bom em interpretar várias personagens num único filme...............................
    Dagoberto M.
    Dagoberto M.

    Seguir usuário 204 seguidores Ler as 202 críticas

    4,0
    Enviada em 14 de maio de 2017
    O filme choca e tem uma certa previsibilidade desde o seu começo, mas mesmo assim é muito bom. A sensação que tenho é que conheço um monte de pessoas assim.
    Henrique L.
    Henrique L.

    Seguir usuário Ler as 4 críticas

    4,0
    Enviada em 23 de maio de 2017
    Ótima estória, gostei de como a ela flui e nos prende. Adorei a representação da ator principal, consegue entrar em cada personagem como se nos convencesse.
    Gustavo F.
    Gustavo F.

    Seguir usuário Ler a crítica

    3,0
    Enviada em 19 de agosto de 2018
    Tinha tudo para ser otimo‚ mas o diretor não aproveitou a história. o Ator (McAvoy) salvou o filme com sua atuação simples fantástica
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top