Minha conta
    O Quarto de Jack
     O Quarto de Jack
    18 de fevereiro de 2016 No cinema / 1h 58min / Drama, Suspense
    Direção: Lenny Abrahamson
    Roteiro Emma Donoghue, Emma Donoghue
    Elenco: Brie Larson, Jacob Tremblay, Joan Allen
    Título original Room
    Assista agora
    Imprensa
    4,1 32 críticas
    Usuários
    4,6 3096 notas e 161 críticas
    Adorocinema
    4,0
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Não recomendado para menores de 14 anos
    Em O Quarto de Jack, Joy (Brie Larson) e seu filho Jack (Jacob Tremblay) vivem isolados em um quarto. O único contato que ambos têm com o mundo exterior é a visita periódica do Velho Nick (Sean Bridgers), que os mantém em cativeiro. Joy faz o possível para tornar suportável a vida no local, mas não vê a hora de deixá-lo. Para tanto, elabora um plano em que, com a ajuda do filho, poderá enganar Nick e retornar à realidade.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
      NetflixInscrições
      TelecineInscrições
    Veja todas as ofertas de streaming

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    O Quarto de Jack

    Poesia e trauma

    por Renato Hermsdorff
    Com O Quarto de Jack, o diretor Lenny Abrahamson (Frank) tinha pela frente um projeto tido por muitos como “inadaptável”: traduzir em imagens as palavras que compõem o romance homônimo escrito por Emma Donoghue – lançado em 2010. O livro conta a história de uma mulher (Brie Larson, de United States of Tara) e seu filho, Jack (Jacob Tremblay), de apenas cinco anos, confiados em um pequeno quarto. Ela foi sequestrada há sete anos, quando tinha apenas 17 e, com a ajuda do menino, elabora um plano para tentar fugir do cativeiro.O fator complicador? Room (no original) é narrado sob a perspectiva da criança. A solução? Convidar a própria autora para ser roteirista do filme – cuja trama, por sua vez, é levemente inspirada no caso real revelado em 2008 (e que ganhou o noticiário internacional) de uma jovem que foi mantida em cativeiro na Áustria pelo pai (e abusada sexualmente por ele) durante 2
    Ler a crítica
    O Quarto de Jack Teaser Original 1:30
    9.587 visualizações
    O Quarto de Jack Trailer Legendado 2:24
    O Quarto de Jack Trailer Legendado
    149.569 visualizações
    O Quarto de Jack Trailer Original 2:30
    9.128 visualizações
    O Quarto de Jack Trailer (2) Original 2:22

    Entrevista, making-of y clip

    O Quarto de Jack Comercial de TV Original 0:30
    O Quarto de Jack Comercial de TV Original
    658 visualizações
    O Quarto de Jack Comercial de TV (2) Original 1:00
    O Quarto de Jack Comercial de TV (2) Original
    322 visualizações
    O Quarto de Jack - Making of Adaptando o Romance 2:03
    O Quarto de Jack - Making of Adaptando o Romance
    960 visualizações
    7 videos
    Pela web

    Elenco

    Brie Larson
    Personagem : Joy
    Jacob Tremblay
    Personagem : Jack
    Joan Allen
    Personagem : Avó
    William H. Macy
    Personagem : Avô
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Jake D.
    Jake D.

    Segui-los 76 seguidores Ler as 109críticas deles

    5,0
    Enviada em 20 de fevereiro de 2016
    O Quarto de Jack... mais um dos grandes concorrentes ao óscar 2016, e na real, se dependesse de mim, esse filme seria o vencedor na categoria de melhor filme. Conta a história de Joy (Brie Larson) e seu filho Jack (Jacob Tremblay) que vivem isolados em um quarto, mas um dia, Joy elabora um plano para os dois escaparem daquele lugar. Não vou revelar muito sobre a sinopse, pois é um filme que deve ser assistido, e principalmente, ser entendido. ...
    Leia Mais
    Danilo S.
    Danilo S.

    Segui-los 3 seguidores Ler a crítica deles

    2,5
    Enviada em 22 de fevereiro de 2016
    Fiquei interessado em assistir o filme inspirado pelas inúmeras críticas favoráveis, quase que unânimes em indicá-lo como uma obra 5 estrelas, mas ao terminar de assistir fiquei com a sensação de que as pessoas superestimaram o filme, talvez pelo fator emocional que o tema trata. O filme tem bons momentos sim, como a atuação de Brie Larson e do garoto Jacob Tremblay, porém como sensação geral, notei que o roteiro não se apega a ...
    Leia Mais
    Cine Cartolas ..
    Cine Cartolas ..

    Segui-los 8 seguidores Ler as 8críticas deles

    4,5
    Enviada em 22 de fevereiro de 2016
    Sem duvidas, adaptar um livro não é tarefa fácil, Alice no pais das maravilhas, Eragon(2006), Bussula de ouro(2007) e Hobbit(2012-2014) são alguns títulos que provam que adaptar uma obra literária para a tão amada sétima arte pode ser uma tarefa sufocante e bem árdua, em alguns casos, a participação do autor na produção gera muito mais desafios para o produtor, diretor e todo os outros profissionais envolvidos, pois em casos como o ...
    Leia Mais
    Anderson  G.
    Anderson G.

    Segui-los 980 seguidores Ler as 294críticas deles

    4,5
    Enviada em 1 de julho de 2016
    Com ótima direção,atuação,fotografia. O filme é quase perfeito, pena que o primeiro ato é meio longo demais, e o suspense poderia ser um pouco mais explorado, mas são pequenos aspectos, pois no geral o filme é perfeito.
    161 Comentários do leitor

    Fotos

    16 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Adaptação literária

    Baseado na obra "Quarto", de Emma Donoghue.

    Experiência completa

    Brie Larson isolou-se por um mês e seguiu uma rigorosa dieta, a fim de ter uma noção do que Ma e Jack passaram.

    "When I say jump..."

    Jacob Tremblay não conseguia gritar com Brie Larson na cena em que está irritado por seu bolo de aniversário não ter velas. Sendo assim, o diretor pediu para que todo o elenco e equipe começassem a pular e gritar, a fim de que Tremblay se sentisse menos acanhado.
    curiosidades

    Últimas notícias

    Dia das Mães: Presentes com frete rápido e descontos na Amazon Brasil
    NOTÍCIAS - Negócios
    quinta-feira, 6 de maio de 2021
    Aproveite o frete rápido e presenteie sua mãe nesse domingo (9) com os melhores produtos disponíveis no catálogo da Ama1
    Dia das Mães: Produtos para melhorar sua maratona de filmes e séries disponíveis na Amazon
    NOTÍCIAS - Negócios
    sexta-feira, 30 de abril de 2021
    Tenha a melhor experiência no Dia das Mães ao assistir a filmes e séries com os produtos disponíveis no catálogo da Ama1
    65 Notícias e Matérias Especiais

    Detalhes técnicos

    Nacionalidades Canadá, Irlanda, EUA, Reino Unido
    Distribuidor UNIVERSAL PICTURES
    Ano de produção 2015
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 13 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Jonas Furtado Bittencourt
      Poxa, eu gostava tanto da Brie Larson na época de Scott Pilgrim, mas aí depois que ela ganhou o Oscar por esse filme ela começou a ficar insuportável. Virou apenas mais uma dessas super celebridades hipócritas e arrogantes de Hollywood, vide os pitis nas entrevistas durante o lançamento de Capitã Marvel, até seu pseudo ativismo feminista-liberal-esquerdista, tudo pra se entrosar na tchurminha boa da elite hollywoodiana, virando mais uma SJW da cultura woke. Lastimável o que a fama faz com as pessoas, como diria o Sr. Omar : Trágico! Trágico! Trágico!...
    • Ido M
      Filme excelente. Pra quem quer se emocionar muito, vale a pena. Sem dúvida, um dos melhores filmes que já assisti. Nota 10.
    • Bruno Z.
      Nota: 8/10.
    • Bernardo Delucca
      Muito bom. A história é muito boa e mexe com a cabeça da gente. A atuação da trinca principal, Jacob Tremblay, Brie Larson e Joan Allen é sensacional.Nota 8/10. Assistido em 21/04/2019.
    • Jonas S
      Um filme lindo e triste. Pode não retratar as consequências do trauma de cativeiro de forma apurada nem segura o peso dramático o tempo inteiro. Mas é um filme marcante sobre o poder do amor materno. 9.0/10
    • Jonas S
      Agridoce e poético.
    • Jonas S
      Oh my God
    • Nelson Jr
      Um filme um tanto perturbador.,, uma história que choca , traz uma certa agonia .., o final é perfeito.,trilha sonora perfeita, uma filme marcante, um tanto poético., em razão de ser narrado pelo menino ..Meritos par o ator Jacob Tremblay que faz o menino Jack,
    • Melissa M.
      Coloquem o ator de Léo na relação do elenco!
    • Jerffson C.
      Filme altamente comovente. A atuação do garoto (Jack) é excepcional, assim como a da Mãe do garoto..Filme reflexivo, onde nos remete a uma analise sobre as prisões da vida...Vale a pena assistir..
    • Fabih.A
      Filme muito bom. Comecei a assistir por acaso, e me prendi totalmente. Nos faz refletir sobre as coisas simples da vida. Me fez chorar.
    • Matheus P.E
      Um filme que te faz refletir sobre as mínimas coisas da vida, que é o mundo. Apesar de uma coisa tão grande, não damos a devida atenção. Grande atuação do menino.
    • T W.
      O enredo é bom mas a verdadeira joia desse filme é Jacob, não tem como não se surpreender com a atuação desse menino
    • Emerson Rocha
      filme muito bom, nota 7.dah pra assitir de casalsinho em casa....rs
    • vanda l.
      Excelente filme! A inocência do menino diante da realidade terrível em que ele e a mãe viviam é comovente! Focar na vítima ao invés do psicopata é um diferencial importante. Outro ponto a ser observado é a insensibilidade da imprensa ao lidar com a situação, tem perguntas que os jornalistas fazem que mostram o valor do silêncio!!
    • shoegazer
      Adorei o filme pelo fato de mostrar a vida dos personagens depois de saírem do quarto,a maioria dos filmes com essa temática chegam ao fim no resgate das vítimas,mas esse foi muito além.Dou nota 9
    • Jackson Lovato
      O filme é muito bom, mas termina na metade. Atuação de Jacob Tremblay simplesmente magnifica. Durante as cenas no quarto o filme envolve de maneira surpreende com a dupla de atores confinada. Após a saída, o filme passa a retratar o trauma de retornar à sociedade, que não é nada fácil, principalmente depois de longos anos fora do convívio familiar. Não é que eu não ache interessante, a tentativa de demonstrar a vida fora do cárcere foi válida, pois muitas pessoas que sofrem esse tipo de abuso nunca conseguirão se recuperar e voltar a ter uma vida normal, mas apenas acho que ficou pouco aprofundado o tema. Poderiam ter mostrado mais como Joy foi parar naquele quarto, como conheceu seu raptor, o que aconteceu com ele, etc, etc, etc... Mas ainda assim minha nota seria pelo menos um 8, ainda que não tenha mantido o mesmo nível após a soltura de Joy e Jack.
    Mostrar comentários
    Back to Top