Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Alabama Monroe
    Nota média
    3,5
    15 publicações
    • Papo de Cinema
    • Almanaque Virtual
    • Cinema em Cena
    • Críticos.Com.Br
    • Folha de São Paulo
    • Preview
    • Screen International
    • Zero Hora
    • Cineplayers
    • Cineweb
    • The Guardian
    • Télérama
    • Variety
    • Critikat.com
    • Estado de São Paulo

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    15 críticas da imprensa

    Papo de Cinema

    por Iliriana Rodrigues

    "Alabama Monroe" é um filme a flor da pele, intenso e ao mesmo tempo triste. Revela emoções e sentimentos humanos dolorosos. Aqueles que surgem diante dos caminhos que a vida nos dá e que não podemos escolher, pois é o destino. 

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    Almanaque Virtual

    por Gabriela Nascimento

    Esteja preparado para as lágrimas. Passar pela história dessa família, embalados por uma trilha sonora belíssima, é de derreter até os corações menos sensíveis.

    A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

    Cinema em Cena

    por Pablo Villaça

    Com uma estrutura que salta de forma fluida entre passado, presente e futuro ao longo da narrativa, o filme emprega a falta de linearidade cronológica de maneira inteligente para aliviar pontualmente a pesada carga dramática da história ao mesmo tempo em que nos torna mais familiarizados com os personagens.

    A crítica completa está disponível no site Cinema em Cena

    Críticos.Com.Br

    por João de Oliveira

    Melodrama que alterna com maestria momentos de alegria e de tristeza com algumas pitadas de humor sem jamais cair no dramalhão, Alabama Monroe é uma reflexão pungente, metafísica e de grande sensibilidade sobre o amor, o sentimento de perda e o peso da religiosidade (ou de sua ausência) na vida das pessoas.

    A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

    Folha de São Paulo

    por Thales de Menezes

    Dramalhão sobre doença, boas canções de música country, cenas de sexo bem quentes, momentos fofinhos. Tem tudo isso, bem misturado na edição, a ponto de causar estranheza ao pular de um clima para outro [...] A radiante Veerle Baetens derrete libidos na plateia. E Johan Heldenbergh, autor da peça que deu origem ao filme, vai bem no papel mais difícil, como o instável Didier.

    A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

    Preview

    por Suzana Uchôa Itiberê

    Além do elenco estupendo, o roteiro dá importância a cada detalhe - o fato de ela ser tatuadora e ele cantor de música country, por exemplo, serve de cola das muitas peças dessa inebriante história de amor.

    A crítica completa está disponível no site Preview

    Screen International

    por Mark Adams

    Um filme seguro, que vai arrancar lágrimas e agradar a plateia. "Alabama Monroe" é um filme muito sentimental, misturando amor, amizade, luto e drama com algumas melodias tristes.

    A crítica completa está disponível no site Screen International

    Zero Hora

    por Daniel Feix

    O apelo da fé, aqui, está no mesmo nível da propaganda que vende a América como uma terra de sonhos: cultua-se o que se convém cultuar, de acordo com cada contexto e com determinadas necessidades. É o que faz "Alabama Monroe", além de lindo em sua tristeza e inventivo em sua forma, um filme politicamente contundente.

    A crítica completa está disponível no site Zero Hora

    Cineplayers

    por Régis Trigo

    Se na primeira metade o filme equilibra bem o vai e vem narrativo e a mistura do romance do casal com a doença da filha, na segunda, infelizmente, a coisa sai um pouco do prumo. Sem qualquer motivo aparente, o roteiro passa a abordar o tema das células-tronco...

    A crítica completa está disponível no site Cineplayers

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    "Alabama Monroe" deixa-se levar pelas lágrimas fáceis em sua última parte, mas ainda assim encontra respaldo na atuação precisa do elenco e na dimensão humana dos personagens. 

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    The Guardian

    por Mike McCahill

    Os atores se entregam de coração, e sem dúvida o CD com a trilha sonora deve ser ótimo, mas van Groenigen precisa mais do que melodias para sustentar esta versão forçada e superficial da boemia.

    A crítica completa está disponível no site The Guardian

    Télérama

    por Frédéric Strauss

    Felix Van Groeningen parece querer explorar a emoção. Ele trabalho, no entanto, em profundidade: aos poucos, Alabama Monroe decola, e ultrapassa uma dramaturgia que poderia reduzir os seus personagens ao melodrama.

    A crítica completa está disponível no site Télérama

    Variety

    por Boyd van Hoeij

    A sofisticada edição sublinha o complexo aspecto emocional, embora as escolhas pouco convincentes do roteiro, na segunda parte do filme, atrapalhem mais do que ajudem.

    A crítica completa está disponível no site Variety

    Critikat.com

    por Marianne Fernandez

    "Alabama Monroe" tem todos os atributos do filme "cool": a música empolgante, o estilo contestador, os símbolos pop [...] O resultado é uma combinação evidente e lacrimosa, que nunca consegue fazer sentir a paixão que deveria bater no coração e nos corpos dos protagonistas.

    A crítica completa está disponível no site Critikat.com

    Estado de São Paulo

    por Luiz Zanin

    Esse ritmo do desencanto poderia ter sido pronunciado com mais sutileza e não da maneira abrupta e pouco convincente escolhida. Não é crível. O que não significa que não possa acontecer na vida real. 

    A crítica completa está disponível no site Estado de São Paulo
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top