Minha conta
    Bruna Surfistinha
    Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Bruna Surfistinha" e da sua filmagem!

    Inspiração

    Bruna Surfistinha foi baseado no livro "O Doce Veneno do Escorpião", best-seller que vendeu cerca de 300 mil cópias no Brasil.

    Primeira vez

    Estreia de Marcus Baldini na direção de um longa-metragem.

    A primeira Bruna Surfistinha

    Inicialmente seria Karen Junqueira a intérprete de Bruna Surfistinha, mas o papel ficou com Deborah Secco.

    Dificuldades da personagem

    Em entrevista, Deborah revelou que as cenas de nudez, sexo, beijos em outra atriz, rebolado vulgar em balcão de bar, entre outras, não foram considerados desafios para ela, que considerou as cenas com uso de drogas muito mais complicadas pelo seu total distanciamento deste universo. Além disso, a atriz teve de engordar 10 kg para este papel.

    Doença

    Em entrevista Drica Moraes revelou que rodou o filme com leucemia, apesar de não saber ainda da doença. Ela passou mal por vários dias e foi diagnosticada apenas após o término das filmagens.

    Filmagens

    Foram nove e meia semanas de filmagens, entre outubro e dezembro de 2009.

    A cobertura onde Bruna Surfistinha e suas colegas de trabalho moravam ficava na Cracolândia, na cidade de São Paulo, em um prédio de 12 andares que não tinha eletricidade.

    Trilha sonora

    A trilha sonora inclui músicas das bandas paulistanas Cansei de Ser Sexy e Groove Armada.

    Com o aval de Thom Yorke

    Os músicos da banda Radiohead exigiram assistir ao filme antes de seu lançamento para decidir se autorizariam a utilização da música "Fake Plastic Trees" no longa. A canção toca no momento em que a Rachel deixa tudo para trás e entra na prostituição.

    A verdadeira Bruna Surfistinha

    Raquel Pacheco, a verdadeira Bruna Surfistinha, aparece em uma ponta como a garçonete na cena em que Bruna e Hudson jantam fora.

    Ela não teve qualquer contato com Deborah Secco antes do filme.

    Nos cinemas

    O lançamento nos cinemas seria em julho de 2010, sendo adiado para 25 de fevereiro de 2011.

    - Levou 400.412 pessoas aos cinemas em seu primeiro fim de semana. Trata-se da sétima melhor estreia de um filme brasileiro na história.

    Atacante ou ponta?

    O jogador de futebol Bruno Ferreira Bonfim, mais conhecido como Dentinho, na época atleta do Corinthians, fez pequena participação no filme.

    Prêmios

    Prêmio Contigo de Cinema

    2011
    Ganhou
    Melhor Filme - Júri Popular
    Melhor Atriz - Júri Popular - Deborah Secco
    Melhor Atriz - Júri Oficial - Deborah Secco

    Indicações

    Melhor Filme - Júri Oficial
    Melhor Diretor - Marcus Baldini
    Melhor Atriz Coadjuvante - Júri Popular
    Melhor Atriz Coadjuvante - Júri Oficial - Fabíula Nascimento



    Curiosidades de filmes mais lidas dos últimos 30 dias
    • Não! Não Olhe! (2022)
    • After 4 – Depois da Promessa (2022)
    • O Telefone Preto (2021)
    • Órfã 2: A Origem (2022)
    • Ingresso para o Paraíso (2022)
    • A Mulher Rei (2022)
    • Thor: Amor e Trovão (2022)
    • Predestinado - Arigó e o Espírito de Dr. Fritz (2018)
    • A Órfã (2009)
    • Elvis (2022)
    • Minions 2: A Origem de Gru (2020)
    • Não Se Preocupe, Querida (2022)
    • Top Gun: Maverick (2022)
    • Adão Negro (2022)
    • Trem-Bala (2022)
    • Sorria (2022)
    • Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (2021)
    • Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo (2022)
    • Estrelas Além do Tempo (2016)
    • DC Liga Dos Super Pets (2022)
    Back to Top