Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo
    Média
    3,4
    33 notas e 5 críticas
    distribuição de 5 críticas por nota
    1 crítica
    0 crítica
    3 críticas
    1 crítica
    0 crítica
    0 crítica
    Você assistiu Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo ?

    5 críticas do leitor

    Andrea Almeida Campos
    Andrea Almeida Campos

    Segui-los Ler a crítica deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Gostaria de compartlhar com vocês a bela experiência que tive ao assistir ao filme "Viajo porque preciso, volto porque te amo" de nosso pernambucano Marcelo Gomes que já nos havia nos mostrado a sua habilidade em road movies com "Cinema, Aspirinas e Urubus" e do generoso cearence Karim Aïnouz que nos brindou com os não menos contundentes "Madame Satã" e "Sob o céu de Sueli".

    Perplexidade e encantamento. Um filme dialógico no qual o expectador lança-se junto ao protagonista em uma estrada rumo ao mais recôndito de si mesmo, em direção aos seus desertos afetivos. Nesse grande vazio pedregoso e cactáceo, arquiteta-se a construção de canais por onde possam fluir as ilusões que tornam possível o trânsito de si por sobre o solo seco do abandono.

    Faz-se o faz de conta do amor para poder represar-se a vida. Comove-se e derramam-se lágrimas, porções de oásis que oferecemos ao filme e à secura doce de seus personagens reais e fictícios. Personagens que na miséria sertaneada irmanam-se a nós, nos mesmos sonhos de uma "vida-lazer" que nada mais é do que a ventura preciosa que habita o cotidiano prosaico de amar e de ser amado. Muitos atingem esse nirvana e, assim como o protagonista, insistimos em congelá-los na tela de nossas almas, como que para nos convencer do verde da esperança na poeira bege da falta de sentido de tudo.

    Seguimos a viagem. Anoitecemos e amanhecemos. Transfiguramo-nos na luz crepuscular, na rosácea aurora. Esvaímo-nos sobre camas onde tilitam encontros corpóreos fugazes na busca da confirmação de que ainda estamos vivos...

    Ao final, a suprema mutação redentora, o resgate de si através do mergulho profundo no mar molhado da vida.

    Eis o que é este fime: um auto de fé no ser humano e na sua capacidade de atingir e suplantar o fundo deserto de seus abismos.

    Se, ainda não o fizeram, procurem assisti-lo, em silêncio, no cinema, no máximo escuro.

    Forte abraço a todos!
    Andrea Almeida Campos
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 37656 seguidores Ler as 1 862 críticas deles

    3,5
    Enviada em 22 de abril de 2021
    Bom exemplar de um filme estilo documental que expressa nosso Nordeste, com suas mazelas e belezas escondidas. Boa experiência.
    Luana O.
    Luana O.

    Segui-los 79 seguidores Ler as 393 críticas deles

    3,0
    Enviada em 7 de abril de 2021
    A câmera balançando me incomodava um pouco,não costumo assistir road movie. Mas retrata um cenário, que pra mim que moro no sudeste, é extremamente distante. Mostra de uma forma, não romântica, triste e solitária, um enredo cru e pertinente.
    Ana Paula Alves
    Ana Paula Alves

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 2 de abril de 2021
    Filme com fotografia maravilhosa!
    O ator, sem comentários para seu talento!
    Que orgulho que ainda podemos contar com filmes assim!
    Felipe d.
    Felipe d.

    Segui-los Ler a crítica deles

    3,5
    Enviada em 15 de junho de 2015
    Depois que se entende o ponto de vista do personagem e sua angústia, percebe-se uma bela obra que sai do fundo do coração do autor
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top