Minha conta
    O Troco
     O Troco
    26 de março de 1999 No cinema / 1h 40min / Policial, Ação, Drama
    Direção: Brian Helgeland
    Roteiro Brian Helgeland, Donald E. Westlake
    Elenco: James Coburn, Isaac Bardavid, Mel Gibson
    Título original Payback
    Assista agora em HBO Max
    Usuários
    4,0 507 notas e 13 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Porter (Mel Gibson) e Val Resnick (Gregg Henry) assaltam uma gangue de chineses e roubam 140 mil dólares. Porter se dá por satisfeito, apesar de esperar entre 350 mil e meio milhão de dólares, mas Val não, pois precisava de 130 mil dólares para saldar suas dívidas e ser aceito na "Organização". Assim, com a ajuda de Lynn (Deborah Unger), a esposa de Porter, Val o trai e Porter é baleado e dado como morto. Mas após algum tempo ele reaparece, decidido a receber os 70 mil dólares da sua parte, mesmo que para isto tenha de enfrentar toda a "Organização". Mas existe uma forte possibilidade que ele morra tentando e nesta louca tentativa conta apenas com Rosie (Maria Bello), uma garota de programa bastante exclusiva com quem tinha se envolvido, quando era seu segurança e motorista.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
      HBO MaxInscrições
    Veja todas as ofertas de streaming

    Trailer

    O Troco Trailer Original 2:21
    O Troco Trailer Original
    8.480 visualizações
    Pela web

    Últimas notícias

    Vingadores, Jack Ryan e +: Veja quais filmes a Globo exibirá no fim de semana
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 26 de junho de 2020

    Elenco

    James Coburn
    Personagem : Justin Fairfax
    Mel Gibson
    Personagem : Porter
    Gregg Henry
    Personagem : Val Resnick
    David Paymer
    Personagem : Arthur Stegman
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Gabriel B.
    Gabriel B.

    Seguir usuário 3 seguidores Ler as 20 críticas

    5,0
    Enviada em 11 de novembro de 2013
    Esse filme é sensacional....a história é muito bem escrita, não é cansativo, tem a verdadeira ação que se espera de um filme e a atuação sempre impressionante de Mel Gibson que é um dos melhores atores do mundo.
    A ação é frenética com muitos tiros, traições e uma pitada de humor. Mel arrebenta com uma atuação digna de Oscar.
    Vale a pena ver.
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Seguir usuário 22.468 seguidores Ler as 1.082 críticas

    3,5
    Enviada em 12 de julho de 2016
    Mel Gibson nunca teve uma presença física brucutu igual a Stallone e Schwarzenegger, mas nem por isso deixava de mandar bem na ação. E aqui talvez seja o seu personagem mais descolado e fodão. Gostei do filme, demora para ganhar ritmo, e tem um terceiro ato espetacular. Recomendo!
    Willer L.
    Willer L.

    Seguir usuário 7 seguidores Ler as 14 críticas

    5,0
    Enviada em 13 de abril de 2013
    Podem falar de coração selvagem , maquina mortifera , mais não tem como O TROCO e o melhor filme do Mel Gibson na minha opinião , ele arrebento nesse filme , Historia muito clichê , mais ele com o talento q têm conseguiu criar um personagem sarcastico e teimoso , mais porem bastante Humano , por isso digo o TROCO e uma otima pedida pra aquela sexta feira a noite , tomando aquela cervejinha , pq aqui amigo a violência e ABSOLUTA ...
    anônimo
    Um visitante
    2,0
    Enviada em 29 de janeiro de 2014
    Mais um péssimo filme de MEL GIBSON.Muito barato e tosco.NÃO ASSISTA.
    13 Comentários do leitor

    Fotos

    20 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Saiu de cena

    O diretor Brian Helgeland e o ator Mel Gibson tiveram sérias divergências durante as filmagens, que resultaram no afastamento de Helgeland na parte final das filmagens. Entretanto, é o nome de Helgeland que aparece nos créditos de O Troco. Cerca de 30% do longa foi refilmado pelo diretor substituto.

    Premiado e desempregado

    Brian Helgeland foi demitido da direção de O Troco dois dias depois de ganhar o Oscar de Mellhor Roteiro Adaptado, ao lado de Curtis Hanson, pelo filme Los Angeles - Cidade Proibida.

    Homem sem - o primeiro - nome

    O primeiro nome de Porter não é revelado em nenhum momento do filme. Até mesmo pessoas próximas dele, como sua esposa e namorada, o chamavam pelo sobrenome. Quando Val Resnick é perguntado sobre o misterioso primeiro nome de Porter, responde "Eu não sei. Ele nunca se apresentou com um nome diferente."
    curiosidades

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade EUA
    Distribuidor WARNER BROS.
    Ano de produção 1999
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 5 curiosidades
    Orçamento 50 000 000 $
    Remake de À Queima-Roupa
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    • Leandro S.
      Esse filme é ótimo, muito divertido, não me canso de assistir, Mel gibson esta ótimo, parece muito a vontade no papel.
    • Andries Viljoen
      Payback é um filme de crime americano neo-noir ... é um gênero cinematográfico inspirado e análogo ao gênero literário de ficção policial. Filmes deste gênero geralmente envolvem vários aspectos do crime e sua detecção. Estilisticamente, o gênero pode se sobrepor e combinar com muitos outros gêneros, como drama ou filme de gângster , mas também inclui comédia, e, por sua vez, é dividido em muitos sub-gêneros, como mistério , suspensão ou noir .Neo-noir é uma versão cinematográfica moderna ou contemporânea do film noir . O termo film noir (popularizado por dois críticos franceses, a saber, Raymond Borde e Etienne Chaumeton, em 1955) foi aplicado a filmes de crime das décadas de 1940 e 1950, a maioria produzida nos Estados Unidos. Significava filme escuro, indicando uma sensação de algo sinistro e sombrio, mas também expressando um estilo de cinematografia. O gênero film noir inclui elegantes dramas policiais de Hollywood , muitas vezes com um humor negro distorcido. Neo-noir tem um estilo similar, mas com temas atualizados, conteúdo, estilo, elementos visuais ou mídia.Neo-noir, como o termo sugere, é noir contemporâneo. Os diretores de cinema se referem, conscientemente, ao 'noir clássico' no uso de ângulos de câmera inclinados, interação de luz e sombras, enquadramento desequilibrado; obscurecer as linhas entre o bem e o mal, o certo e o errado , e um motivo de vingança , paranoia e alienação , entre outras sensibilidades .
    • Andries Viljoen
      Mel Gibson genial nesse filme como ator e diretor. Um dos Melhores filmes da sua autoria Paixão de Cristo.- Pearl: Eu tenho alguns minutos..... - Porter: Entao vai lavar uma roupa. Rsrsrs!!! Rsrsrs! Rsrsrs!!
    • Ivan Sousa
      Nada de tão maravilhoso ronda O Troco.Apenas um filme policial,em que Mel Gibson está em uma ótima atuação,quer dizer,nem tanto.O filme traz tudo que já conseguimos presenciar em filmes onde o principal procura vingança.E as sequências de ação,são a melhor parte do filme.
    • leonard S.
      por favor quero ver o filme!!
    • Andr? L.
      quero ver o filme
    • Sergio G.
      cade o filme ?????????????????????????????????????????????????
    Mostrar comentários
    Back to Top