Minha conta
    Garotas Sem Rumo
    Média
    3,4
    89 notas
    Você assistiu Garotas Sem Rumo ?

    10 Críticas do usuário

    5
    0 crítica
    4
    1 crítica
    3
    2 críticas
    2
    4 críticas
    1
    3 críticas
    0
    0 crítica
    Pollyanna d.
    Pollyanna d.

    Seguir usuário 13 seguidores Ler as 9 críticas

    1,5
    Enviada em 3 de fevereiro de 2013
    Mesmo o filme retratando os conflitos da decadência da adolescência, drogas, sexo, aonde parecem não trazer consequências, elas existem... Mas o filme em si, não gostei, perdido e um fim que deixou a desejar.
    Não recomendo.
    Jéssica F.
    Jéssica F.

    Seguir usuário 28 seguidores Ler as 58 críticas

    2,0
    Enviada em 2 de março de 2012
    O pior desse filme é o Joseph Gordon-Levitt fazendo um personagem idiota rs
    Brincadeiras a parte, o filme não é ruim. Mas se perde.
    O começo é bem empolgante, mas ele vai se desenvolvendo de forma apressada, as coisas vão acontecendo sem muito sentido.
    Quanto a Anne Hathaway,não consegui ainda enxergar ela como uma "garota sem rumo", ainda vejo a Anne do Diário de Princesa mesmo com toda diferença da personagem.
    E o final, putz achei mto ruim :S
    Dead Lucas
    Dead Lucas

    Seguir usuário 94 seguidores Ler as 147 críticas

    1,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Esperava mais...
    História futil...
    Felipe
    Felipe

    Seguir usuário 8 seguidores Ler as 73 críticas

    1,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    O filme retrata a decadencia da adolescencia americana, em cima de drogas e sexo. No qual a história do filme entra em foco nas cenas sensuais e clichês do que para a própria critica. Fora que o elenco não ajuda muito a engatar o filme.
    Isis Lourenço
    Isis Lourenço

    Seguir usuário 5.905 seguidores Ler as 766 críticas

    3,0
    Enviada em 26 de maio de 2020
    História fácil e superficial de patricinhas querendo ser rebeldes,indo se juntar a um grupo de traficantes.
    Mostra que mesmo com dinheiro,as pessoas não ficam satisfeitas e não acham o amor que tanto sonham e que quando se é adolescente você faz ou irá fazer muita merda,ninguém fica impune.
    O final hoje em dia seria outro,claro,mas há 15 anos foi aceitável e para mim foi mal aproveitado,ficou meio que aberto.
    Kamila A.
    Kamila A.

    Seguir usuário 6.095 seguidores Ler as 732 críticas

    2,5
    Enviada em 10 de abril de 2016
    A história por trás de Garotas Sem Rumo, filme dirigido por Barbara Kopple, é muito interessante. O longa foi escrito por Jessica Kaplan, quando ela tinha somente 16 anos, tendo como base as adolescentes que ela conheceu quando frequentava um colégio em Los Angeles. Kaplan faleceu em 2003, aos 24 anos, num acidente de avião, pouco tempo antes das filmagens de Garotas Sem Rumo começarem, e o roteiro acabou sendo finalizado por Stephen Gaghan (de Syriana: A Indústria do Petróleo).

    O filme segue a história de adolescentes, filhos de famílias ricas de Los Angeles, que, influenciados pela cultura do hip hop, se comportam como verdadeiras gangues. Garotas sem Rumo acaba colocando o foco principal em Allison Lang (Anne Hathaway) e Emily (Bijou Phillips), que flertam com o lado mais perigoso desse estilo de vida ao se misturarem com as verdadeiras gangues latinas que dominavam o tráfico de drogas naquela área.

    Apesar de tratar de temas bastante delicados (como o uso desenfreado de drogas e o comportamento sexual promíscuo), a verdade é que Garotas Sem Rumo não consegue se destacar, quando comparado a outros filmes que tratam do mesmo tema, como Aos Treze, de Catherine Hardwicke. O longa acaba valendo mais pela oportunidade de ver jovens atores que são bem sucedidos, atualmente, como a já citada Anne Hathaway, Joseph Gordon-Levitt e Channing Tatum, no início de suas carreiras.

    Um outro detalhe salta à mente enquanto assistimos a Garotas Sem Rumo: o que uma diretora como Sofia Coppola, que adora essas histórias de "pobres meninos (e meninas) ricos (e ricas)" teria feito se tivesse se deparado com essa história antes de Barbara Kopple, que é uma boa diretora, mas se sai melhor no gênero de documentários, como comprova o seu trabalho em Shut Up & Sing, que ela dirigiu com Cecilia Peck.
    anônimo
    Um visitante
    2,5
    Enviada em 10 de novembro de 2014
    Esse é uma dos mais importantes trabalhos da diretora Barbara Kopple,mesmo antes tendo trabalhado em algo sobre,Woody Allen.Assim como os jovens,a história do filme também não se preocupa com absolutamente nada.Pois somente tenta mostrar a farra que os jovens se metem ao longo daquela idade.Ou seja,contém mesmo,muito sexo sem compromisso,drogas,brigas entre gangues rivais.O centro das atenções,fica com Anne Hathaway.Ela até consegue se empenhar bastante.Talvez esse seja o seu filme mais adulto,ao analisar os anteriores.Se mostra bem competente e profissional.Mais ali no final falta algo que possa fechar com chave de ouro.
    Artur Ian I.
    Artur Ian I.

    Seguir usuário 34 seguidores Ler as 15 críticas

    3,0
    Enviada em 12 de dezembro de 2014
    filme com bons atores e com bom desenvolvimento. uma descrição da vida da roteirista, porem nao tem final , o filme acaba de repente
    Osmar J.
    Osmar J.

    Seguir usuário 10 seguidores Ler as 45 críticas

    2,5
    Enviada em 5 de julho de 2016
    Filme de começo de carreira da bela Anne Hathaway, mas percebemos em sua atuação o quanto de talento já possuía num filme bem apático em enredo e interpretações.
    Fer G
    Fer G

    Seguir usuário Ler as 9 críticas

    4,0
    Enviada em 5 de outubro de 2022
    QUALQUER FILME QUE TENHA A Anne Hathaway EU PARO PRA ASSISTIR PORQUE ELA É SEM DUVIDA UMA DAS ATRIZES MAIS LINDAS E TALENTOSAS DA NOSSA GERAÇÃO ELA SEMPRE SE DESTACA !!!
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top