Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Elenco de Queer as Folk se reúne pela primeira vez em 13 anos
    Por Felipe Ribeiro — 8 de jun. de 2018 às 13:53
    facebook Tweet

    Venha conferir as fotos desse encontro e como estão os atores e atrizes do show.

    1. +
    Da esqueda para a direita: Michelle Clunie, Thea Gill, Robert Gant, Hal Sparks, Gale Harold, Randy Harrison, Sharon Gless, Peter Paige e Scott Lowell.
    Leia mais

    Treze anos após o término da quinta temporada de Queer as Folk, o elenco principal da série se reuniu pela primeira vez após todo esse tempo para realizar uma sessão de fotos repleta de nostalgia e relembrar histórias do show.

    O encontro contou com a presença de Hal Sparks (48 anos), Gale Harold (48), Randy Harrison (40), Peter Paige (48), Scott Lowell (53), Thea Gill (48), Robert Gant (49), Michelle Clunie (48) e Sharon Gless (75). A reunião foi realizada pela revista Entertainment Weekly para uma edição especial voltada para a celebração do Dia Internacional do Orgulho LGBT, cuja data oficial é 28 de junho.

    Lançada em dezembro de 2000, a série é uma versão americana de um show homônimo lançado no Reino Unido em 1999. O seriado foi um marco para o público LGBT da época que não possui um programa que trouxesse esse nível de representatividade, com cinco protagonistas gays e duas lésbicas. A premissa do show é simples, acompanhar a vida desses personagens que moram na cidade de Pittsburgh, na Pensilvânia, mas aborda questões como sexualidade, questões de saúde, relacionamentos, amizade e crítica política.

    Entrevistados, os atores e as atrizes relembraram a união do elenco na época do show, falaram sobre as dificuldades com as cenas de sexo, a importância dos assuntos — sendo que alguns continuam —, como os papéis foram relevantes em suas carreiras e a dificuldade de produzir uma série como essa naquela época. Algumas das melhores falas foram as de Michelle Clunie e Randy Harrison:

    "Nós tivemos reuniões em que nos diziam que receberíamos emails de ódio e ameaças, e que tínhamos que estar preparados", relembrou Clunie.

    "Eu só queria ser a parte de uma representatividade gay na televisão. Sendo um adolescente que estava entrando de acordo com a sua sexualidadade, eu estava ansioso para que a mídia refletisse a minha experiência", afirmou Harrison.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Empty Space
      Ai que saudade. Estão todos lindos. Já quero revival...
    Mostrar comentários
    Back to Top