Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    As mulheres sem cabeça de Hollywood: Blog denuncia objetificação feminina em cartazes
    Por João Vitor Figueira — 24/05/2016 às 14:28
    facebook Tweet

    Projeto visa atentar para a "prática padrão de fragmentar, fetichizar e desumanizar as imagens de mulheres" no cinema e na TV.

    1. +

    O que filmes tão distintos como a popular animação Minions, Vício InerenteSob a Pele têm em comum? Todos eles usaram, em alguma parte de sua campanha de divulgação, cartazes e banners que destacam aspectos de corpos femininos sem mostrar seus rostos.

    Para a comediante feminista Marcia Belsky, além de ser uma imensa falta de criatividade, a tendência da indústria cinematográfica evidencia uma visão objetificadora sobre os corpos de mulheres. Para provar isso, Belsky criou o tumblr The Headless Women of Hollywood, que agrupa os mais variados materiais de divulgação de filmes que reforçam esse fenômeno das "mulheres sem cabeça".

    O objetivo do blog é "trazer atenção para essa prática de fragmentar, fetichizar e desumanizar as imagens de mulheres que vemos em filmes, programas de TV, capas de livros e na publicidade".

    "A cabeça é a parte pensante do corpo humano, onde nossas motivações e sentimntos estão localizados. Então, essas imagens com as quais nos bombardeiam diariamente nos dizem, persistentemente, que os pensamentos femininos, seus sentimentos e sua iniciativa pessoal não existem ou não são interessantes", afirma Belsky.

    Para a ativista, as mulheres são frequentemente retratadas sob um prisma masculino o que é claro em muitos dos cartazes analisados, em que mulheres estão ali apenas para serem objetos passivos dos desejos masculinos.

    "A consistente fragmentação de partes do corpo feminino, com um foco particular nos seiso, bunda e lábios, separa o corpo sexualizado da mulher de sua completude. Assim, como partes fragmentadas, o espectador não tem que se conectar moralmente com a mulher que está sendo objetificada e removida de sua humanidade", explica Belsky.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Ezco Musaos
      Você não é tudo quanto é ista não, é só machista e imbecil mesmo, como todo paranoico direitopata conspiracionista que acha que todos que discordam dos preconceitos ridículos que vomitam pela internet é socialista-comunista-comedor de criancinhas. E se soubesse tanta coisa sobre feminismo como alardeia, saberia que existem várias vertentes de feminismo, não apenas esse estereótipo que você conhece das páginas reacionárias que frequenta. Sim, existem feministas radicais e mesmo uma vertente que apoia o islã (algo com o qual não concordo), mas isso não representa todo o feminismo. Mas mesmo a mais radical das feministas não fica por aí ameaçando mulheres na internet e descarregando ódio contra os mais diversos grupos de pessoas que se encaixam no padrão homem-branco-heterossexual-cristão. Questão do aborto é questão de saúde pública e seu debate deveria ocorrer como em qualquer democracia, não ser paralisado pelos fundamentalistas religiosos tupiniquins. Questionar a objetificação feminina na mídia é necessário sim, pois é um dos fatores que fundamentam a naturalização da violência contra a mulher. Se o teu saco vai cair por ver a objetificação feminina na indústria cinematográfica ser abordada em páginas da internet, o problema é todinho teu. E mulheres não precisam que homens nem outras mulheres as deem valor, pois são seres humanos e todo ser humano já tem valor por si só, mesmo seres desprovidos de empatia que bostejam machismo na internet.
    • Lucas Machado Rodrigues
      Sou Machista , umbandista , taxista , motorista todo quanto é ista , na visão de esquerdopatas como vc , não vou nem me rebaixar a usar palavras de baixo calão com pessoas insignificantes igual a vc.Eu sei muito mais a respeito de feminismo do que vc , si vc fosse tão informado quanto vc se gaba saberia que as tais Ffeministas lá do oriente médio não ficam perdendo tempo com besteirinhas de rótulos de filmes , elas lá correm atrás daquilo que é certo e tentam se livrar da tirania de seu governo e de sua cultura . Em quanto as feminazis ocidentais as quais vc defende vivem de si vitimizar , fazer apologia ao aborto , vilipendiar atos e objetos de cultos entre muitos outros males a sociedade ocidental .Além do mais as feministas ocidentais que vc tanto ama e veio aqui defender , são aquelas que ao invés de apoiarem suas co-irmãs do oriente médio nessa batalha contra a tirania do seu governo e cultura , ao invés disso se entregam e defendem aquilo que suas irmãs querem combater .Nós Reacionarismos Machistas damos muito mais valor as mulheres do que Socialistazinhos de Iphone igual a vc.
    • Ezco Musaos
      O ser chama a autora da postagem de vadia e ainda vem dizer que a postagem é mimimi. É muita cara de pau. Quem não tem o que fazer, a não ser atacar mulheres na internet, é você.
    • Ezco Musaos
      E o que isso tem a ver? Ninguém disse que não existem pôsteres que não “cortam as cabeças” das mulheres. Quero ver é demonstrar que também é tão frequente a presença de homens “sem cabeça” em pôsteres.
    • Ezco Musaos
      A sensualidade é exclusiva do corpo feminino? Certamente a maioria desses filmes envolve algum tipo de interação sexual entre homens e mulheres. Por que só o corpo delas é usado para vender o produto?
    • Ezco Musaos
      Certamente tal ator não seria representado de formadesumanizada ou “sem cabeça”. O problema não é a objetificação em si, mas sim a frequência brutalmente desigual com que ela ocorre em relação a mulheres e homens.
    • Ezco Musaos
      O corpo do homem não é historicamente associado à objetificação para a venda de produtos. Ficar mencionando exceções, como modelos masculinos seminus em outdoors de marcas de cueca, não valida tua tese de que objetificação acontece para ambos os sexos. A questão não é a presença de homens objetificados em anúncios, mas sim a frequência com que nos deparamos com isso. Compare a quantidade de homens “objetificados” em cartazes de filmes com a de mulheres nessa situação. Qual é mais frequente? Já viu alguma marca, sei lá, de cerveja ou moto, que use homens seminus em outdoors? Pode até ter visto alguma rara propaganda assim, mas isso não anula o fato de que o corpo da mulher é o padrão nesse tipo de publicidade “sensual”.
    • Ezco Musaos
      Você é machista mesmo, seu verme (sem aspas nenhuma). Não sabe nada sobre feminismo, só lixo que certamente aprende em páginas reacionárias imundas que frequenta na internet. E não, ser desprovido de massa encefálica, misóginos da tua laia não representam mulheres, só existem para vomitar preconceito e passar vergonha na internet. Sobre o Oriente Médio, lá existe feminismo também, sabia? Elas estão lá, lutando diariamente por uma sociedade mais igualitária para seus países, enquanto vocês ficam aqui vomitando ódio contra feministas.
    • Ezco Musaos
      A pessoa chama de ignorantes, raivosas e preconceituosas minorias que só agora ganharam um pouco mais de voz simplesmente por uma postagem sobre uma desigualdade gritante na indústria cinematográfica e outro ser ainda tem a cara de pau de dizer que o outro respeita as minorias. O cinismo conservador é impressionante. Opinião não existem para serem aceitas, e sim debatidas e criticadas.
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Slideshows recomendados
    Terremoto: Desastre natural deixa os fãs apreensivos em pré-estreia (Sessão AdoroCinema)
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 5 de março de 2020
    Terremoto: Desastre natural deixa os fãs apreensivos em pré-estreia (Sessão AdoroCinema)
    The Batman: Fotos do set revelam uniforme completo do Homem Morcego
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020
    The Batman: Fotos do set revelam uniforme completo do Homem Morcego
    Mulher-Maravilha 1984 é capa de revista e ganha novas imagens
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2020
    Mulher-Maravilha 1984 é capa de revista e ganha novas imagens
    Oscar 2020: Confira os astros indicados pela primeira vez
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 8 de fevereiro de 2020
    Oscar 2020: Confira os astros indicados pela primeira vez
    Todos os Slideshows de Filmes
    Back to Top